Curso Online de FENÔMENO BULLYING

Curso Online de FENÔMENO BULLYING

O bullying como um fenômeno que vem sendo tema de preocupação e de interesse nos meios educacionais e sociais em todo o mundo, assim o bu...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O bullying como um fenômeno que vem sendo tema de preocupação e de interesse nos meios educacionais e sociais em todo o mundo, assim o bullying Escolar, o mesmo pode acontecer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, entre vizinhos e em locais de trabalho.O bullying é utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica contra alguém em desvantagem de poder, sem motivação aparente e que causa dor e humilhação a quem sofre. Diante disto levanta-se o seguinte questionamento: Quais as origens e implicações do Bullying?

Pedagoga formada pelo Instituto Federal do Pará, Licenciada em Letras, professora concursada há 10 anos no governo de Roraima, atuante no Sindicato Dos Trabalhadores em Educação de Roraima,E Diretora do departamento de Mulheres ( SINTER).



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • O FENÔMENO BULLYING

    2013

  • Ao nos deparar com um universo de hostilidade em sala de aula, muitas vezes não sabemos de que maneira agir diante de tais situações. A partir desta leitura poderemos refletir sobre esse fenômeno “bullying”, que tantos têm trazido prejuízos para nossa juventude.

    ARAMIS LOPES/RJ

  • É importante analisar e verificar como o bullying se instala na escola e como pode ser percebido no ambiente escolar pelos professores e funcionários. O Bullying deve ser tratado pela escola, família e sociedade como um fator de violência que promove consequências físicas e emocionais de curto e longo prazo, e que podem causar dificuldades acadêmicas, sociais, emocionais e legais. Esses são alguns motivos e reflexões por meio dos quais surgiu o interesse pelo bullying, ou seja, em pesquisar para conhecer mais sobre esta forma de violência no ensino fundamental

    ARAMIS LOPES/RJ

  • Principal objetivo:
    Tentar compreender e discutir o fenômeno bullying e suas consequências na aprendizagem e desenvolvimento dos discentes.

  • BULLIYNG

    CONCEITO E DEFINIÇÃO
    ORIGENS DO BULLYING
    O BULLIYNG E A ESCOLA
    CIBERBULLYING

  • ARAMIS LOPES/RJ

    Mas, uma questão paira no ar: o que é bullying? De acordo com o dicionário Oxford (2010) o referido termo tem origem do inglês bully que apresenta basicamente duas acepções como substantivo e como verbo. Assim sendo, como substantivo o termo bully pode ser compreendida no sentido de “agressor”, e com o verbo significa intimidar. Desse modo, a palavra derivada bullying pode ser definido como comportamento agressivo. No mais, o termo pode apresentar outras conceituações como: valentão, brigão, brutal, tirano, insolente, dentre outros.

  • ARAMIS LOPES/RJ

    Na década de 2000 o fenômeno do bullying ganhou projeção na mídia nacional e internacional, sendo largamente difundido nos meios digitais, com a criação de inúmeros sites na internet sobre a temática – a palavra bullying retorna no buscador Google cerca de 12 milhões de páginas, sendo que apenas 2,5% delas são de sites em língua portuguesa.

  • ARAMIS LOPES/RJ

    No Brasil o fenômeno é objeto de poucos estudos e, apenas recentemente, uma pesquisa nacional promovida pelo Ministério da Educação abordou o tema, ainda que de forma indireta. O termo "violência escolar”, por sua vez, é mais abrangente, envolve o bullying e muito mais.

    Brasil, Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Estudo sobre ações discriminatórias no âmbito escolar. São Paulo, 2009.
     
     

  • PRINCIPAIS TEÓRICOS:
    Cléo Fante
    José Augusto Pedra
    Ana Beatriz Barbosa Silva.
    ABRAPIA

  • Histórico:

    Histórico:

    Os primeiros trabalhos sobre bullying nas escolas vieram dos países nórdicos, a partir dos anos 60, por Dan Olweus, na Noruega, e Heinz Leymann, na Suécia.

    ARAMIS LOPES/RJ

  • O interesse em torno da questão logo se ampliou para outros países Escandinavos e, no final de 1982, foi noticiado o suicídio de três crianças entre 10 e 14 anos no norte da Noruega, que teria sido motivado por situação de maus-tratos na escola. Esse fato gerou grande tensão e repercussão, atingindo toda a população e levou em 1983 a uma campanha nacional na Noruega contra agressões entre alunos nas escolas, conforme relata Fante (2005).

    Os países nórdicos compõem uma região da Europa setentrional e do Atlântico Norte, que consiste na Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia, e seus territórios associados, que incluem as Ilhas Faroé, Gronelândia, Svalbard e Aland. "Escandinávia" é por vezes utilizado como sinônimo para os países nórdicos, embora dentro desses países os termos sejam considerados distintos.

    ARAMIS LOPES/RJ


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Histórico:
  • CYBERBULLYING