Curso Online de ORGANIZAÇÃO DE SISTEMAS DE COMPETIÇÕES DE LUTAS: Montando Chaves de competições.

Curso Online de ORGANIZAÇÃO DE SISTEMAS DE COMPETIÇÕES DE LUTAS: Montando Chaves de competições.

Com este curso básico você estará habilitado a montar chaves de eliminatória simples, para competições de lutas. Entenderá a funcionalida...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Com este curso básico você estará habilitado a montar chaves de eliminatória simples, para competições de lutas. Entenderá a funcionalidade da organização de competições de lutas.

-Bacharel e Licenciado em Educação Física pela - UNOESC - UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA. -Especialista em Educação a Distância, pela ESAF - ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA. -Diretor Técnico e Presidente do Clube Olímpico Catanduvense - COCA. De 01/01/1991 a 31/07/2003. -Diretor Técnico e Presidente da Associação Instituto Bushido de Karatê Shotokam a partir de 01/10/1991. -Técnico da modalidade de Karatê da Comissão Municipal de Esportes de Catanduvas, de 01/01/1991 até 31/12/2001. -Técnico da modalidade de Karatê da Fundação de Esportes e Eventos de Joaçaba a partir de 2001. -Diretor Técnico da Federação Catarinense de Karatê - FCK, de 28/02/2005 a 31/12/2005. -Técnico da modalidade de Karatê da Fundação de Esportes de Capinzal de Janeiro a Dezembro de 2008. -Presidente da Federação de Karatê Shotokan de Santa Catarina - FKS-SC, a partir de 01/02/2006. -Graduado Sandan (3º DAN / Preta) em 21/09/2005, pela Confederação Brasileira de Karatê. CBK . -Árbitro Registrado da CBK. Currículo completo poderá ser acessado pelo link HTTP://lattes.cnpq.br/1072553801221609



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • organização de sistemas de competições de lutas: montando chaves de competições.

    prof. edu oscar santos filho

    página 1

  • a competição está ligada diretamente à origem do homem. está ligado a reprodução, caça, abrigo, sobrevivência.
    com o fim das guerras da idade média e falta de estímulos gerou as simulações.
    posteriormente vieram as olimpíadas modernas, reacendendo a chama da disputa e a competição virou esporte, um ato calculado em busca da felicidade e contentamento.

    página 2

    introdução

  • as primeiras modalidades de competição foram as lutas, pois transportavam, de modo fictício, o homem novamente ao campo de batalha.
    como os atletas competem sob as diretrizes, regras e métodos de diversas federações, que utilizam sistemas de disputas diferentes, isto acaba provocando duplas interpretações e desentendimentos quanto às regras e os próprios sistemas.

    página 3

    introdução

  • página 4

    revisão da literatura

    conforme poit (2004) e rezende (2007) podemos alencar que os principais e mais citados sistemas de disputas nas competições de lutas são:

  • página 5

    revisão da literatura

    - eliminatório simples
    - eliminatório com repescagem simples
    - eliminatório com repescagem dupla
    - eliminatório com repescagem olímpica
    - rodízio único

  • neste processo o competidor é eliminado após sofrer sua primeira derrota. segundo poit (2004, p. 128), este sistema é o ideal para competições em que o tempo é reduzido em relação ao número de participantes.

    página 6

    eliminatório simples

  • página 7

    eliminatório simples

    organograma 1: chave de eliminatória simples com 12 jogadores.
    fonte: organização de sistemas de disputa de competições azevedo (2007, p.31).

  • o sistema eliminatório de repescagem simples é oriundo do sistema de eliminatória simples e é também o mais utilizado pela maioria dos esportes de lutas. por ex. karatê, judô, jiu-jitsu, luta greco-romana, taekwondo, entre outras.

    página 8

    eliminatório com repescagem simples

  • neste sistema organiza-se uma disputa complementar entre os derrotados pelos dois competidores que chegaram a final, sempre invertendo a posição deste na chave de repescagem. os vencedores dos perdedores disputam diretamente os 3º e 4º lugares. (poit, 2004).

    página 9

    eliminatório com repescagem simples

  • página 10

    eliminatório com repescagem simples

    organograma 1: chave de eliminatória com repescagem simples com 12 jogadores.
    fonte: poit (2004).

  • este processo é considerado o mais justo, pois permite que o jogador derrotado uma única vez, tenha uma segunda chance de competir, o qual será eliminado somente na sua segunda derrota (poit, 2004, p.138).
    a partir de uma chave de eliminação simples, organiza-se uma chave dos perdedores. de onde, segundo poit (2004, p.142) teremos o vencedor dos perdedores, que conquista o direito de disputar o ouro com o vencedor dos vencedores.

    página 11

    eliminatório com repescagem dupla


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail: