Curso Online de Depilação Cosmética

Curso Online de Depilação Cosmética

Curso de depilação cosmética profissional Métodos de depilação pela raiz Depilação elétrica, depilação a cera e depilação com luz - Las...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso de depilação cosmética profissional

Métodos de depilação pela raiz

Depilação elétrica, depilação a cera e depilação com luz - Laser

Aplica-se cera quente ou fria sobre a pele no sentido do crescimento dos pelos. Solidificada, colocam-se tiras de papel por cima e retiram-se logo em seguida no sentido contrário ao do crescimento, puxando o pelo com as respectivas tiras ou retirando com as mãos vestidas de luvas a placa da cera,

Possui graduação em Tecnologia, Estética, Beleza e Imagem Pessoal pela Universidade Estácio de Sá RJ(2007) e formação técnica de Esteticista pelo SENAC/RIO (1991). Ex. Presidente da FEBRAPE - Federação Brasileira dos Profissionais Esteticicistas, direção técnica - R.F.Petini Centro Estético/ PELE BONITA, Presidente do SINDETTERJ - SIndicato dos Esteticistas Técnicos e Tecnólogos do Estado do Rio de Janeiro, , Autora do livro Estética Contemporânea Editora Rubio - ISBN : 8587600249 Tem experiência na área de divulgação científica, política e educacional na estética aplicada. ************************ Confira as novidades da estética e beleza no meu site:http://historiadaestetica.com.br/ ************OBSERVAÇÃO IMPORTANTE************** Os cursos de estética anexado no site do BUZZERO por mim Rosângela Façanha, "NÃO HABILITAM" para o exercício da estética. Todos os meus cursos do BUZZERO são para esteticistas formadas.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • DEPILAÇÃO COSMÉTICA

    DEPILAÇÃO COSMÉTICA

    Por Rosângela Façanha

  • História da Depilação

    A história nos revela que em 1500 a.C. os homens já removiam os pelos com um depilador feito de sangue de diversos animais, gordura de hipopótamo, carcaça de tartaruga e trissulfeto de antimônio.
    Os romanos também se referem as composições depiladoras, algumas das quais continham soda cáustica como ingrediente. Cleópatra utilizava faixas de tecidos com uma cera quente. Embora os depilatórios químicos sejam considerados uma invenção contemporânea, o processo para remoção dos pelos através de decomposição química surgiu na antiguidade.

    História da Depilação

  • Egito

    Conta-se que, na época, as mulheres retiravam os pelos do corpo com um instrumento chamado estrígil (strigilis), que tinha o formato de uma pequena foice. O estrígil era um pequeno instrumento, usado na Roma e Grécia antigas, feito de metal recurvado, usado para raspar a sujeira e pelos do corpo.

  • Anatomia e fisiologia do Pelo

    Todos os mamíferos apresentam corpo coberto por pelo em alguma fase da vida. Essa estrutura é encontrada em quase toda a superfície do nosso corpo. O pelo é uma estrutura queratinizada que está relacionada principalmente com a proteção contra atrito, agentes externos e raios UV.
    O pelo é composto por três partes básicas: a cutícula, o córtex e a medula. A parte mais externa é cutícula, que é formada por várias camadas de células sobrepostas sem pigmentos parecidas com escamas. Essa camada é fundamental para o pelo, pois é ela que protege a região do córtex contra a ação de produtos químicos, entre outros fatores.

    Anatomia e fisiologia do Pelo

  • Depois da cutícula, encontra-se o chamado córtex, que é formado por uma grande quantidade de células com aspecto de fibras responsáveis por 90% do peso do pelo. A cor do pelo é determinada pela melanina encontrada nessa porção do fio, que é proveniente de melanócitos células produtoras de pigmentos. A coloração é determinada por uma grande quantidade de fatores genéticos.

    Na porção mais interior do pelo, encontramos a medula, que é formada por várias células dispostas lado a lado que contêm porções de ar entre elas. A estrutura do pelo varia de acordo com sua espessura, sendo que, em pelos mais finos, por exemplo, não encontramos a medula.

  • A haste é a parte do pelo que pode ser observada externamente, já a raiz é a parte que está situada no interior da pele, em uma região denominada folículo piloso. Os folículos pilosos são invaginações do epitélio que apresentam formato de taça de vinho invertida quando o pelo está em crescimento. Estima-se que, na pele humana, sejam encontrados cerca de cinco milhões de folículos pilosos.
    Na base do folículo piloso está o bulbo, que contém a matriz germinativa, responsável pelo crescimento do pelo. Ela recobre uma papila formada de tecido conjuntivo que recebe o nome de papila dérmica, uma região onde encontramos uma grande quantidade de vasos sanguíneos e terminações nervosas.

  • Durante o crescimento do pelo, as células da matriz dividem-se e migram em direção à superfície da pele, sendo que
    progressivamente, durante sua ascensão, essas células vão se queratinizando.
    O ciclo capilar pode ser dividido em três fases distintas, crescimento, regressão e repouso. A fase de crescimento, também chamada de anágena, é responsável pelo aumento do crescimento do pelo e varia de acordo com fatores genéticos. Nessa fase, que é a mais longa do ciclo, a matriz está trabalhando continuamente. A fase de regressão, também chamada de catágena, caracteriza-se pela involução do folículo piloso (início da atrofia). Terminada essa fase, o folículo encontra-se completamente atrofiado. A fase de repouso ou telógena ocorre à queda do pelo. Todo esse processo tem duração aproximadamente de cinco anos.

  • A – anágena B – catágena
    C – telógena

  • Estrutura do Pelo

    Estrutura do Pelo

  • Patologia Dermatólogicas

    Patologia Dermatólogicas

  • Cosmética da Cera Depilatória

    Cosmética da Cera Depilatória

    A formulação da cera depilatória é de suma importância. O depilador (a) pode precisar fazer sua própria cera em algum momento de sua vida profissional. Desta forma vamos apresentar a fórmula da cera.
    Ingredientes:
    Breu ou colofónia - é a resina residual na destilação da terebentina para lhe extrair a essência em temperatura ambiente se apresenta como um sólido amorfo, de coloração amarelada e com um odor de pinho devido à terebintina ainda presente. A matéria prima para a produção do breu é a goma resina, uma mistura viscosa composta de breu, terebintina e água. Essa goma é extraída pela resinagem de árvores coníferas, no Brasil, as árvores mais utilizadas para tais fins são o pinus elliottii e o pinus tropicalis.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • DEPILAÇÃO COSMÉTICA
  • História da Depilação
  • Anatomia e fisiologia do Pelo
  • Estrutura do Pelo
  • Patologia Dermatólogicas
  • Cosmética da Cera Depilatória
  • Depilação por Roll on
  • Depilação Virilha
  • Depilação Buço
  • Depilação Pernas
  • Depilação Coxas
  • Depilação Joelho
  • Depilação Sobrancelhas
  • Depilação Masculina - Formas
  • Depilação Feminina - Formas
  • Depilação das Axilas
  • Depilação Axila com Roll on
  • DEPILAÇÃO A LASER
  • Led Azul e Vermelho
  • Profundidade do Laser
  • Aquecimento no Bulbo Capilar
  • Aplicação com controle de segurança, através de óculos apropriados e treinamento da empresa fornecedora do equipamento.
  • Bons Estudos! Lembre-se de usar uniforme descartáveis, a fim de ter segurança no trabalho e respeitar a saúde do seu cliente. Touca, máscara, luvas, jaleco descartáveis são obrigatórios.