Curso Online de SISTEMA DE ARQUIVOS

Curso Online de SISTEMA DE ARQUIVOS

A Equipe Promovendo Conhecimento está melhorando os cursos e aceitamos sugestões e criticas via painel de contato O curso oferecido acim...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A Equipe Promovendo Conhecimento está melhorando os cursos e aceitamos sugestões e criticas via painel de contato

O curso oferecido acima é totalmente completo e garantimos que os usuários tenham um excelente desempenho e aprendizado

Atenciosamente,
Promovendo Conhecimento

ESTAMOS OFERECENDO CURSOS DE TODAS AS AREAS A MAIORIA DELES EM TI (TECNOLOGIA DA INFORMAÇAO) POREM OFERECEMOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, GESTÃO EM GERAL, ANALISE, DESENVOLVIMENTO, ENGENHARIA E MUITOS OUTROS CONFIRAM



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Sistema de Arquivos

    sistema de arquivos

  • Introdução

    introdução

    problema
    como armazenar grandes quantidades de informação, de forma permanente, em um suporte que permita fazer isso: disquete, disco, cd, etc. ?

    solução
    sobrepor à organização física do "meio" (setores, ...) uma organização em "peças" de informação lógica: arquivos

    é da responsabilidade do so criar esta organização lógica

  • Introdução

    introdução

    sistema de arquivos (file system)
    é uma abstração do disco
    trilha/setor  arquivos
    para um processo usuário
    um arquivo se parece como um bloco de bytes contíguos
    um sistema de arquivos provê uma visão coerente de de um grupo de arquivos
    a forma como o so organiza o suporte físico em arquivos
    formatação do disco, localização dos arquivos no disco, ...
    proporciona os mecanismos para os "usuários" (programas) lidarem com eles
    acesso: criação, leitura/escrita
    proteção
    buffering ...

  • Arquivos vs. Disco

    arquivos vs. disco

    arquivos

    disco

    ???

  • Arquivos – Nome

    arquivos – nome

    nome - forma de identificação do arquivo
    o primeiro aspecto visível de utilização de um arquivo
    ex: comandos
    > cp um_arquivo outro_arquivo
    dimensão
    ms/dos – tamanho fixo – 8+3 (extensão)
    linux – tamanho variável (limite de 255 caracteres)
    extensão – formal ou informalmente indicia a natureza (ou conteúdo) do arquivo
    case sensitive – distinguir letras maiúsculas e minúsculas
    unix: case sensitive
    windows : case insensitive (por razões de compatibilidade com versões anteriores e ms/dos)

  • Arquivos – Extensão

    arquivos – extensão

    extensão
    windows
    extensões têm significado formal no so
    ex: arquivo.exe – um executável
    pode-se relacionar uma extensão com uma aplicação (registry)
    permite invocar uma aplicação (isto é executar um programa) abrindo um arquivo com a extensão correspondente
    ex: arquivo.doc => executar programa winword.exe (passando o arquivo como argumento)
    unix
    as extensões são convencionais (tratadas pelo utilizador) e, eventualmente, forçadas pelos programas que tratam determinado tipo de arquivos
    ex: compilador .c ou .o;

  • Arquivos – Extensão

    arquivos – extensão

    extensões – alguns exemplos
    .c .cpp .h .java
    arquivos fonte c/c++, java (texto);
    .o .obj .lib
    objeto; bibliotecas compiladas; (binário);
    .htm .html .xml
    arquivos com texto marcado para internet (texto);
    .bmp .jpeg .mp3 .mpg
    imagens;conteúdos multimídia; (binário);
    .doc .xls .mdb .ppt
    aplicações microsoft windows; (binário)
    .zip .z
    contém outros arquivos, comprimidos; (binário);

  • Arquivos – Conteúdo

    arquivos – conteúdo

    conteúdo físico classificação pelo conteúdo físico do arquivo, independentemente do conteúdo funcional
    arquivos de texto
    conteúdo físico:
    sequência de caracteres ascii, incluindo alguns caracteres especiais: 10 (line feeder), 13 (carriage return)
    conteúdo visível diretamente:
    ex: > cat /etc/passwd
    o conteúdo funcional pode ser o mais diverso:
    ex: fonte c; script shell; dados xml

  • Arquivos – Conteúdo

    arquivos – conteúdo

    conteúdo físico
    arquivos binários
    conteúdo “físico” não interpretável como um conjunto de caracteres ascii
    não é visível diretamente;
    ex: > cat /bin/cat; reset
    tratáveis apenas por programas (ou os próprios arquivos são programas)

  • Arquivos – Conteúdo

    arquivos – conteúdo

    exemplo: registo de dados em formato de texto e formato binário

    /* escrever o número 37 num arquivo, em formato de texto */
    #include
    int main()
    {
    int i = 37;
    file *fp = fopen ( "teste.txt", "w");
    fprintf ( fp, "%d", i );
    fclose(fp);
    }

    /* escrever o número 37 num arquivo, em formato binário */
    #include
    int main()
    {
    int i = 37;
    file *fp = fopen ( "teste.txt", "w");
    fwrite ( &i, sizeof(i), 1 , fp );
    fclose(fp);
    }

    resultado:
    arquivo com 2 bytes
    código do caractere '3' e
    código do caractere '7'

    resultado:
    arquivo com 4 bytes
    representando o número
    37 em binário
    (numa máquina com inteiros de 32 bit´s)

  • Arquivos – Acesso

    arquivos – acesso

    arquivos de acesso sequencial
    localizar lendo o arquivo, desde o início até à posição pretendida
    ex: é dado um arquivo de texto com vários números inteiros, um em cada linha – para obter o 13º número:

    #include
    main()
    {
    int i, n;
    file *fp = fopen("teste.txt", "r";
    for ( i=1; i, &n);
    }


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Sistema de Arquivos
  • Introdução
  • Arquivos vs. Disco
  • Arquivos – Nome
  • Arquivos – Extensão
  • Arquivos – Conteúdo
  • Arquivos – Acesso
  • Arquivos – Atributos
  • Arquivos – Operações
  • Diretórios
  • Discos e partições
  • Arquivos vs. Disco
  • Implementação do Sistema de Arquivos
  • Arquivos vs. Disco
  • Implementação do Sistema de Arquivos
  • Alocação indexada: UNIX File
  • Implementação do Sistema de Arquivos
  • Questões de Implementação
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos FAT
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos NTFS
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos NTFS - MFT
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos FAT
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Arquitetura
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Protocolos
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Implementação
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Proteção de Arquivos
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Transparência
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS: Escalabilidade
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Sun NFS
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Ext2
  • Sistemas de Arquivos - Exemplos Ext2 X Ext3
  • Sistema ISO 9660 – CD-ROMs
  • ISO 9660 – CD-ROMs
  • MS-DOS e Windows 98 – FATs
  • Linux – ext2
  • Windows 2000 – NTFS