Curso Online de Curso de Língua Portuguesa
4 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Curso de Língua Portuguesa

Morfologia:Estrutura e processo de formação de palavras.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Morfologia:Estrutura e processo de formação de palavras.

Graduada em Língua Portuguesa e Pós- graduada e educação: Supervisão Escolar. Professora de Educação Básica: Ensino Médio


"deu para aprender muitas coisa muito obrigado"

- Jose Antonio Da Silva Filho

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso de língua portuguesa

    curso de língua portuguesa

    morfologia: estrutura e formação das palavras

    prof. ª vilma soares

  • Parte 1- Estrutura das palavras - Morfemas da língua

    parte 1- estrutura das palavras - morfemas da língua

    os morfemas são elementos que compõem uma palavra e podem ser assim classificados:
    radical
    vogal temática
    tema
    desinências
    afixos
    vogal e consoante de ligação

  • 1.Radical

    1.radical

    trata-se da unidade de maior significação da palavra. segundo o gramático celso cunha, é o radical que irmana palavras da mesma família (palavras cognatas):
    ex: ferro
    ferreiro
    ferrugem
    enferrujar
    ferragem

  • 2. Vogal temática

    2. vogal temática

    a vogal temática é a vogal que se junta ao radical para que ele possa receber as desinências,

    a) nos verbos, a vogal temática indica a conjunção verbal:
    a – 1ª conjugação: cantar; falar.
    e – 2ª conjugação: vender; receber.
    i – 3ª conjugação: partir; dividir.

    b) nos nomes, as vogais temáticas são a, e, o átonas finais.
    ex: rosa, mesa, cadeira; livro, caderno; dente, pente, gerente.

  • 3.Tema

    3.tema

    é o radical acrescido da vogal temática
    (morfema que caracteriza nomes e verbos).
    ferr + o cant + a

    rad. v.t. rad. v.t.

    tema tema

  • 4.Desinências

    4.desinências

    trata-se do morfema indicativo das flexões das palavras.
    a) nominais – servem para indicar o gênero (masculino ou feminino) e o número ( plural ou singular) de substantivos , adjetivos e alguns pronomes.
    gat + a + s

    gênero número

  • verbais- indicam o número e a pessoa dos verbos.
    exemplo:
    cant + á + va + mos

    desinência desinência
    modo-temporal número-pessoal

  • 5.Afixos

    5.afixos

    os afixos são morfemas que se juntam ao radical para mudar o seu sentido ou acrescentar uma ideia secundária. há os prefixos, antepostos ao radical, e os sufixos, pospostos a ele.
    5.1.prefixos
    em desleal, o morfema des- acrescenta ao significado da palavra “leal” a ideia de “negação,falta, carência”. é, dessa forma, criada uma nova palavra, cujo sentido é de “ ausência de lealdade”.

  • os prefixos de nossa língua são de origem latina ou grega e , ao contrário dos sufixos, normalmente se associam a verbos e a adjetivos. alguns apresentam alteração em contato com o radical, assim o prefixo an- indicador de privação, transforma-se em em a- diante de consoante.
    exemplos:
    an-estesia a-patia
    o radical estesia significa sentidos; anestesia, privação de sentidos. o radical patia origina-se do grego pathos, paixão; apatia significa ausência de emoção, de paixão.
    muitos prefixos são polissêmicos, assumem vários significados.

  • como:
    desvario despregar

    excesso ação contrária

    os prefixos possuem mais independência que os sufixos, pois se originam, em geral, de advérbios ou preposições, que têm ou tiveram vida independente. veja:
    agiu contra todos. não se contrapôs.
    preposição prefixo

  • 5.2.os sufixos
    os sufixos podem ser nominais, verbais ou adverbiais. formam, respectivamente, nomes( substantivos, adjetivos), verbos e advérbios ( a partir de adjetivos).
    realismo afrancesar levemente

    sufixo nominal sufixo verbal sufixo adverbial
    os sufixos nominais se apresentam das seguintes formas:
    l. grau ( aumentativo, diminutivo e superlativo);
    ll.noção de quantidade;
    lll.noção de ação;
    lv.naturalidade;


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Curso de língua portuguesa
  • Parte 1- Estrutura das palavras - Morfemas da língua
  • 1.Radical
  • 2. Vogal temática
  • 3.Tema
  • 4.Desinências
  • 5.Afixos
  • I.Grau aumentativo
  • I.Grau diminutivo
  • I.Grau superlativo
  • II. Noção de quantidade
  • III.Noção de ação
  • IV. Naturalidade
  • V. Agente
  • VI. Noção de lugar
  • VII. Nomenclatura científica
  • Sufixos verbais
  • Sufixo adverbial
  • Vogal e consoante de ligação
  • 1ª Atividade para fixação
  • Gabarito
  • Parte 2- Formação das palavras
  • Agora leia o poema abaixo, de Murilo Mendes
  • 1.Derivação
  • 2. Composição
  • A composição pode realizar-se de dois modos:
  • 3.Outro exemplos
  • 2ª Atividade para fixação
  • Gabarito
  • Bibliografias