Curso Online de Introdução à Bioestatística
3 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Introdução à Bioestatística

Este curso possibilitará ao aluno obter informações sobre os conteúdos básicos na área da bioestatística. A linguagem é clara e objetiva,...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 230,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso possibilitará ao aluno obter informações sobre os conteúdos básicos na área da bioestatística. A linguagem é clara e objetiva, o que possibilita um aprendizado correto e rápido. Serão disponibilizados exercícios, bem como suas correções por meio do e-mail do autor, que estará a disposição do aluno. Ao final do curso ao aluno será concedido o certificado de conclusão do curso.

Bióloga formada pela Universidade estadual de Montes Claros/MG; especialista em Nutrição Humana e Saúde pela Universidade Federal de Lavras/MG; Mestre em Medicina Veterinária pela Universidade federal de Minas Gerais e atual Doutoranda pela mesma. Foi professora na Universidade Estadual de Montes Claros e Faculdades integradas pitágoras - campus Montes Claros, no curso de Enfermagem. Consultora em estatística com 10 anos de experiência e professora dos cursos de nutrição, farmácia e biomedicina das Faculdades Integradas do Norte de Minas.


- Ave Regina De Azevedo Silva

- Eduardo Fleury

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • INTRODUÇÃO À BIOESTATÍSTICA

    introdução à bioestatística

    profa.: bárbara borges

  • - na área de saúde...

    busca de respostas sobre agravos e o contexto que estão inseridos

    necessidade de informações para planejamento e gestão em saúde

    estudo da distribuição, condicionantes e determinantes dos eventos ou padrões de saúde em populações definidas, bem como da aplicação deste estudo no controle de problemas de saúde.

    epidemiologia

    pesquisa

  • coleta de grandes volumes de dados

    técnicas para organização e síntese dos dados - verificar padrão nos dados

    análise descritiva

    inferências e intervenções

    pesquisa epidemiológica

    estatística

  • estatística ???

    inúmeras definições, variantes da mesma idéia.

    seria o manejo de dados numéricos ?

    seria experimentação e pesquisa?

  • duplo papel da estatística:

    reunir e sumariar dados numéricos para torná-los compreensíveis

    2. usada para retirar conclusões a partir de dados numéricos

    estatística descritiva

    inferência estatística

  • estatística descritiva

    inferência estatística

    +

    na prática pesquisa estatística:

    processo de identificação, obtenção, tratamento, análise, apresentação e disseminação de informações estatísticas para atender uma demanda.

  • ASSIM... Pesquisa epidemiológica

    assim... pesquisa epidemiológica

    deve-se definir:
    o que estudar;
    a que ou a quem se refere a informação: pessoas, domicílios, empresas etc.
    a finalidade e o uso das informações.

    ex: pesquisa para conhecer as características dos moradores de bh que fazem uso de internet.
    hipótese: os moradores em idade escolar são os que mais acessam a internet.
    objetivo: testar a hipótese
    unidade de referência: pessoa

  • estatística

    x

    profissionais de saúde

    má utilização de dados numéricos;

    interpretações errôneas ou mal intencionadas;

    grande ceticismo em relação à estatística;

    “´ter bom senso é suficiente”

    “qualquer coisa procuro um estatístico”

  • - séc. xx - modernização da estatística, especialmente a usada por pesquisadores.

    a estatística moderna está relacionada com os princípios de planejamento da observação até a análise dos resultados.

    a estatística inclui o raciocínio ou seja a lógica do pesquisador!

    assim, seu conhecimento é essencial tanto para fazer como para compreender e criticar uma pesquisa.

    tentativas....

  • objetivos das aulas de bioestatística

    1 - saber avaliar o que lêem e ouvem sobre assuntos relativos a área da saúde;

    2 – conhecer os métodos básicos de observação, análise e raciocínio necessários para aprender , a partir da experiência clínica;

    3 – familiarização com as tendências estatísticas mais simples, aplicáveis aos tipos de observação cotidianas;

    4 – conhecer técnicas e termos estatísticos;

    5 – adquirir perspectiva estatística para melhor compreensão da epidemiologia.

  • - a bioestatística torna o observador mais crítico - atitude científica

    provar

    1º - definição do problema : saber exatamente aquilo que se pretende pesquisar;

    2º - planejamento : como levantar informações ? que dados obter ? qual levantamento usar ? censitário ? amostragem ? e o cronograma? os custos? etc.

    3º - coleta de dados : fase operacional. registro sistemático de dados, com um objetivo determinado.

    fases do método estatístico


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 230,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • INTRODUÇÃO À BIOESTATÍSTICA
  • ASSIM... Pesquisa epidemiológica
  • Inferir sobre possibilidades em populações
  • COMO DEFINIR UMA AMOSTRA?
  • PLANEJAMENTO DA AMOSTRA
  • PLANO AMOSTRAL
  • Medidas descritivas
  • Quartis
  • Diagrama em caixas - BOXPLOT
  • Medidas de Dispersão
  • Como medir a dispersão?
  • DESVIO MÉDIO
  • Desvios Quadráticos
  • VARIÂNCIA S2
  • DESVIO PADRÃO (S)
  • Cálculo de S
  • Comparação das três turmas pela média e desvio padrão