Curso Online de Controle de Infecção Hospitalar
5 estrelas 4 alunos avaliaram

Curso Online de Controle de Infecção Hospitalar

Educação em Controle de Infecção Hospitalar - O objetivo deste curso é oferecer subsídios aos profissionais da área da saúde que garantam...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Educação em Controle de Infecção Hospitalar - O objetivo deste curso é oferecer subsídios aos profissionais da área da saúde que garantam o desenvolvimento das atividades voltadas para o Controle das Infecções Hospitalares, beneficiando a sociedade através do uso de medidas de proteção e promoção à saúde.

Embasamento Legal: nossos cursos têm base legal constituída pelo Decreto Presidencial nº 5.154 e nossa metodologia segue as normas do MEC através da Resolução CNE nº 04/99. Grupo de técnicos a serviço da propagação do conhecimento - Constituído por Engenheiro Ambiental e Técnico em Segurança do Trabalho - Auditor Interno OHSAS 18.001.Implantador da Norma OHSAS 18.001.Instrutor e palestrante de CIPA, treinamentos de EPIs, Direção defensiva, Transporte e Movimentação de cargas NR 11 e 12, Empilhadeira, Prevenção e Combate a Incêndios, entre outros. Técnico em Processamento de Dados - Graduado em Engenharia Ambiental, Graduando em Educação Física e Administração de Empresas.**** Dúvidas e maiores esclarecimentos também pelo e-mail: edmaguee@hotmail.com.br ==== Ou pela aba "Contato" do curso. Chat,por questão de tempo e bom atendimento a todos, será apenas em horários pré-definidos através de contato prévio.


- Kitt Emanuelle Almeida Fonseca

"O CURSO É BASTANTE INTERESSANTE,EM SE TRATANDO DE MERCADO DE TRABALHO."

- Francieli PerpÉtua De Oliveira GuimarÃes

"Como busco aperfeiçoamento na área de infecção hospitalar, achei muito proveitoso o conteúdo abordado, porém gostaria de opinar para que pudesse ser mais amplo o conteúdo, e mais aprofundado."

- Leticia Maria Senhorin

- Auriany Maria De Araujo Souza

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • controle de infecção hospitalar

  • Controle de Infecção hospitalar

    controle de infecção hospitalar

    o objetivo deste curso é oferecer subsídios aos profissionais da área da saúde que garantam o desenvolvimento das atividades voltadas para o controle das infecções hospitalares, beneficiando a sociedade através do uso de medidas de proteção e promoção à saúde.

    bom curso!!!

  • Introdução

    introdução

  • Controle de Infecção hospitalar

    controle de infecção hospitalar

    historicamente, no brasil, o controle das infecções hospitalares teve seu marco referencial com a portaria ms nº 196, de 24 de junho de 1993, que instituiu a implantação de comissões de controle de infecções hospitalares em todos os hospitais do país, independente de sua natureza jurídica .
    na ocasião, o ministério da saúde optou por treinar os profissionais de saúde credenciando centros de treinamento (cts) para ministrar o curso de introdução ao controle de infecção hospitalar.
    atualmente, as diretrizes gerais para o controle das infecções em serviços de saúde são delineadas pela agência nacional de vigilância sanitária (anvisa), na gerência geral de tecnologia em serviços de saúde , através da unidade de controle de infecções em serviços de saúde (ucisa), e novo impulso tem sido dado no sentido de enfrentar a problemática das infecções relacionadas à assistência .

  • Direito à Saúde

    direito à saúde

    no brasil todos têm direito à saúde (constituição de 1988)

    contradições na prática
    8ª economia no mundo
    40% da população na faixa da pobreza
    4,5% do pib em saúde
    argentina: 8%; usa 12,2%

    saúde é uma mercadoria de consumo
    40 milhões de brasileiros tem plano de saúde
    carências, exclusões e restrições
    campeões de reclamações em órgãos de defesa do consumidor

  • Relação Profissionais de Saúde com a Clientela

    relação profissionais de saúde com a clientela

    profissionais de saúde
    insatisfação
    baixa remuneração
    múltiplos empregos
    sistema educacional deficitário

    novos integrantes interagindo com a relação médico paciente

    desumanização da relação entre profissionais de saúde e pacientes

    denúncias e processos contra atendimento à saúde

  • Denúncias e Processos Contra Profissionais de Saúde

    denúncias e processos contra profissionais de saúde

    principais reclamações
    falhas técnicas no diagnóstico e tratamento
    erros administrativos e defeitos na organização
    omissão de socorro

    principais causas
    conseqüências da super-especialização fragmentando e desumanizando o atendimento
    diminuição do conformismo e passividade da clientela diante da doença
    super-valorização da tecnologia (a morte como erro)
    papel dos meios da comunicação

  • Atendimento à Saúde

    atendimento à saúde

    atuação dos profissionais de saúde é realizada dentro de margens de probabilidades estatísticas
    sempre há incerteza de resultados 100% positivos
    insucesso não é sinônimo de erro

    eticamente se exige qualidade no diagnóstico e tratamento

    não é aceitável a negligência, imprudência e imperícia

    humanização dos serviços de saúde
    importante tendo em vista a fragmentação da assistência

    sociedade pluralista com diferentes princípios e valores éticos-sociais
    o cliente sabe o que o atendimento à saúde pode oferecer?
    o profissional valoriza os princípios éticos e valores da clientela?

  • Reportagem

    reportagem

  • Alguns desafios do nosso sistema de saúde

    alguns desafios do nosso sistema de saúde

    ambiente de alta concorrência, caracterizado por custos progressivos, cuja eficácia é questionada.

    maior complexidade do atendimento através do uso crescente de tecnologia, com procedimentos cada vez mais sofisticados.

    sistema de saúde caracterizado por repressão da demanda, baixa resolutividade dos serviços com escassez e desperdício de recursos, reflexos da ausência de uma política eficaz de saúde pública, favorecendo, pela falência, a privatização do atendimento, privilegiando o controle do mercado pelos financiadores privados dos serviços de saúde, que procuram impor condições, inclusive os preços.

  • Alguns desafios do nosso sistema de saúde

    alguns desafios do nosso sistema de saúde

    aumento progressivo da demanda, com usuário mais exigente e informado quanto aos seus direitos, influenciado pela mídia que idolatra a tecnologia, dando aos recursos humanos e às organizações, responsabilidades exclusivas sobre o insucesso.

    profissionais de saúde insatisfeitos com sua baixa remuneração, com múltiplos empregos, sem tempo para atualização.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Controle de Infecção hospitalar
  • Introdução
  • Controle de Infecção hospitalar
  • Direito à Saúde
  • Relação Profissionais de Saúde com a Clientela
  • Denúncias e Processos Contra Profissionais de Saúde
  • Atendimento à Saúde
  • Reportagem
  • Alguns desafios do nosso sistema de saúde
  • Infecção Hospitalar
  • O que é a infecção hospitalar
  • Desafios para o controle de infecção 7
  • Bases Teóricas das Precauções Padrão e Precauções por Modo de Transmissão
  • Precauções de Isolamento
  • Lavagem das mãos
  • Precauções de Isolamento
  • Recursos humanos e avanços tecnológicos
  • Humanização do atendimento hospitalar
  • O atendimento à saúde e o controle de infecção
  • Qualidade do atendimento hospitalar
  • Mudando comportamentos nos hospitais
  • Qualidade e controle de infecção
  • Qualidade e Controle de Infecção: abordagem comparativa
  • Aprimoramento dos recursos humanos hospitalares
  • Educação e mudança de comportamento
  • Controle da infecção hospitalar (reaportagem)
  • Educação e mudança de comportamento
  • Principais técnicas para educação do adulto
  • Fatores que interferem na educação e novo comportamento do adulto
  • Propostas educacionais
  • Ensino individual Instrução programada
  • Exposição oral
  • Demonstração (ensino individual e grupal)
  • Estudo de caso
  • Dinâmica de grupo
  • Dramatização
  • Psicodrama
  • Role-playing
  • Brainstorming
  • Painel / Simpósio
  • Perfil do agente de mudanças
  • Prevenção de Infecções Risco Biológico
  • Prevenção de Infecções - PI: Objetivos
  • Princípios
  • PI: Princípios
  • PI: Risco de Transmissão de Doenças
  • PI: Exposição Acidental a Sangue Infectado pelo HBV
  • PI: Práticas para Reduzir o Risco de Transmissão de Doenças
  • PI: Lavagem de Mãos
  • PI: Maneiras de Lavar as Mãos
  • PI: Material para o Escovamento Pré-Cirúrgico das Mãos
  • Solução Alcoólica para o Escovamento Pré-Cirúrgico das Mãos
  • PI: Prepado da Pele Antes de Procedimentos Cirúrgicos
  • PI: Preparo da Pele e Mucosas
  • PI: Preparo da Cérvice e Vagina
  • Barreiras Protetoras
  • Eficácia dos Métodos de Processamento de Instrumentos
  • Processamento de Instrumentos Contaminados
  • Descontaminação
  • Instruções para Preparar Soluções Diluídas de Cloro
  • Instruções para Preparar uma Solução de Cloro a Partir de um Pó
  • Limpeza
  • Esterilização
  • Esterilização continuação
  • Desinfecção de Alto Nível
  • Recipiente Usado para Desinfecção de Alto Nível
  • Desinfecção de Alto Nível Química
  • Preparando um Recipiente para Material Submetido a Desinfecção de Alto Nível
  • Descarte de Resíduos
  • Fluxo do Tráfico e Normaturas das Atividades
  • Controle de Infecção e o Profissional da Área da Saúde
  • CCIH
  • Controle de Infecção e o Profissional da Área da Saúde
  • Bibliografia utilizada