Curso Online de FISIOTERAPIA NEUROPEDIÁTRICA

Curso Online de FISIOTERAPIA NEUROPEDIÁTRICA

Apresentar os conceitos das principais doenças que envolvem o desenvolvimento motor na neopediatria; Identificar as características das ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas


Por: R$ 40,20
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Apresentar os conceitos das principais doenças que envolvem o desenvolvimento motor na neopediatria;

Identificar as características das doenças na neopediatria.

Mostrar os tratamentos fisioterapêuticos nessas doenças.

FORMADA EM FISIOTERAPIA. DIVERSOS CURSOS NA ÁREA DA SAUDE DA CRIANÇA, ORTOPEDIA, NEUROFUNCIONAL. ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA INTENSIVA EM NEONATAL E PEDIÁTRICA. Aproveitem para se atualizar profissionalmente, cursos de ótima qualidade, temas diversos. CURSOS DE QUALIDADE, COM EMBASAMENTO CIENTIFICO PARA FAZER UMA ATUALIZAÇÃO/EXTENSÃO DE QUALIDADE.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • FISIOTERAPIA NEUROPEDIÁTRICA

  • OBJETIVOS

    Apresentar os conceitos das principais doenças que envolvem o desenvolvimento motor na neopediatria;

    Identificar as características das doenças na neopediatria.

    Mostrar os tratamentos fisioterapêuticos nessas doenças.

  • ASSUNTOS:

    Paralisia cerebral
    Síndrome Cri-du-cht
    Artrogripose
    Microcefalia / Zika Vírus
    Síndrome de West
    Distrofia Muscular de Duchenne

  • PARALISIA CEREBRAL

  • PARALISIA CEREBRAL

    A Paralisia Cerebral (PC) foi descrita em 1843, quando Willian John Little estudou 47 crianças, portadoras de rigidez espástica.
    O termo “Paralisia Cerebral” foi introduzido por Freud, em 1853, que unificou as diversas manifestações clínicas da Paralisia Cerebral numa única.

    Encefalopatia crônica não progressiva da infância.
    Decorrente de hipóxia cerebral antes, durante ou após o nascimento.

  • PARALISIA CEREBRAL

    A PC é definida como “um grupo de desordens permanentes do desenvolvimento do movimento e da postura, causando limitações em atividades, que são atribuídas a distúrbios não progressivos que ocorreram no cérebro em desenvolvimento do feto ou do lactante; essas desordens podem ser acompanhadas de distúrbios de sensação, percepção, cognição, comunicação e comportamento, além de epilepsia e outros problemas musculoesqueléticos.”

  • INCIDÊNCIA DA PARALISIA CEREBRAL

    Está estimada entre 1,5 a 3 a cada 1000 nascimentos, porém essa incidência pode ser maior em nascidos com baixo peso e/ou prematuros, podendo ser 70 vezes maior quando o peso ao nascer é inferior a 1.500g.

  • ETIOLOGIA DA PARALISIA CEREBRAL

    Pré- natais
    25 a 45%

    Peri- natais
    45 a 65%

    Pós natais
    10% (ate 03 anos de idade)

  • PRÉ-NATAIS

    Genéticas e/ou hereditárias
    Maternas
    Circulatórias
    Eclâmpsia
    Hemorragias
    Desprendimento prematura da placenta
    Má posição do cordão umbilical
    Tratamento de fertilidade
    Má nutrição
    Infecções
    Tóxicos

    Físicas

  • PERI- NATAIS

    Asfixia
    Hemorragia intracraniana
    Prematuridade e baixo peso
    Icterícia grave
    Infecções pelo canal do parto
    Síndrome de aspiração de mecônio
    Indução de parto;
    Parto demorado;
    Uso de fórceps.

  • PÓS-NATAIS

    Meningancefalites bacterianas e virais
    TCE
    Síndromes epiléticas
    Doenças do sistema respiratório
    Suporte ventilatório artificial
    Hemorragia intracraniana
    Hiperbilirrubinemia
    Convulsões


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,20
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • FISIOTERAPIA NEUROPEDIÁTRICA
  • OBJETIVOS
  • ASSUNTOS:
  • PARALISIA CEREBRAL
  • INCIDÊNCIA DA PARALISIA CEREBRAL
  • ETIOLOGIA DA PARALISIA CEREBRAL
  • PRÉ-NATAIS
  • PERI- NATAIS
  • PÓS-NATAIS
  • DIAGNÓSTICO
  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS PELA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇAS (CID -11)
  • TOPOGRAFIA
  • SÍNDROME CRI-DU-CHT
  • PREVALÊNCIA
  • DIAGNÓSTICO
  • CARACTERÍSTICAS
  • ARTROGRIPOSE
  • CONCEITO
  • ETIOLOGIA
  • FETAIS
  • MATERNAS
  • CLASSIFICAÇÃO
  • TIPO I
  • TIPO II
  • TIPO III
  • QUADRO CLÍNICO
  • AMIOPLASIA
  • DIAGNÓSTICO
  • PROGNÓSTICO
  • TRATAMENTO
  • TRATAMENTO COM FISIOTERAPIA
  • MICROCEFALIA
  • RELAÇAO ENTRE ZIKA VÍRUS E MICROCEFALIA
  • ZIKA VÍRUS
  • SEQUELAS DA MICROCEFALIA
  • ESTIMULAÇÃO PRECOCE
  • SÍNDROME DE WEST
  • SINONÍMA
  • INCIDÊNCIA
  • ETIOLOGIA
  • QUADRO CLÍNICO
  • FISIOPATOLOGIA
  • DIAGNÓSTICO
  • DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
  • EVOLUÇÃO
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE(DMD)
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE
  • QUADRO CLÍNICO
  • QUADRO CLÍNICO
  • DIAGNÓSTICO
  • EVOLUÇÃO E PROGNÓSTICO:
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS