Curso Online de Hemodinâmica
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Hemodinâmica

Hemodinâmica é o capítulo da Fisiologia que estuda a circulação do sangue.Um curso importantíssimo de de muita necessidade aos profission...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 40 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Hemodinâmica é o capítulo da Fisiologia que estuda a circulação do sangue.Um curso importantíssimo de de muita necessidade aos profissionais de saúde.
Indicado para estudantes e profissionais de saúde como para demais interessados no assunto.

Estude aqui na MIP CURSOS, cursos on line de Segurança do Trabalho, Meio Ambiente, Medicina do Trabalho, Ergonomia, Primeiros Socorros, Prevenção e Combate a Incêndios, Prevenção de Acidentes e vários outros temas atuais, baseados em Normas Regulamentadoras, legilações e procedimentos. Conheça os desafios enfrentados no dia-a-dia e perceba que a qualificação é essencial para o perfeito funcionamento de uma grande, media ou pequena empresa. Entenda como os profissionais atualizados, qualificados e capacitados são importantes para as operações dentro de diversos estabelecimentos Industriais e Comerciais. Estude a distância e aprenda conosco. Matricule-se e comece a aplicar coisas simples na sua empresa, evitando acidentes e garantindo o bem estar dos funcionários. CORPO DOCENTE: Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Ambiental, Engº Mecânico, Engº Produção, Fisioterapeuta do Trabalho, Gestor Ambiental, Técnico Segurança do Trabalho, técnico em Enfermagem do Trabalho, Bombeiro Civil.


- Luis Henrique Correia De Lima

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Hemodinâmica

    Hemodinâmica é o capítulo da Fisiologia que estuda a circulação do sangue. Para termos uma idéia, é o equivalente da hidrodinâmica se o líquido fosse água e não sangue.
    A hemodinâmica, estudada em fisiologia durante o curso de medicina, é estudada de uma maneira mais aprofundada na especialidade de cardiologia.

    Pode ser separada em três grandes capítulos:

    1 Hemodinâmica venosa
    2 Hemodinâmica cardíaca
    3 Hemodinâmica arterial

  • Hemodinâmica venosa

    A hemodinâmica venosa é mais complexa pois não há uma bomba a criar um gradiente de energético para assegurar um fluxo sanguíneo.

    Assim o sistema venoso, sobretudo dos membros inferiores, está sujeito não só à energia hidrostática mas também à força da gravidade que favorecem a estase nas regiões de declive.

  • Sendo a função do sistema venoso a drenagem do sangue venoso em direcção centrípeta (para o coração), devemos salientar que ela se faz de baixo para cima e da superfície para a profundidade.

    O sangue venoso flui, portanto, das veias superficiais para as profundas, através das veias perfurantes e das crossas das veias safenas, estas recebendo todas as colaterais numa organização e hierarquia que se assemelha muito ao que conhecemos dos rios.

    Há duas exceções em que o sangue drena da profundidade para a superfície, a saber:

  • 1 - a drenagem da planta do pé que, em posição de pé, drena da palmilha para o dorso do pé;

    2- as colaterais da crossa da safena interna que drenam do abdômen para a esta safena.

  • As redes venosas principais estão organizadas: (N) da palavra inglesa "Network“

    N1 Sistema venoso profundo, situado em profundidade em relação à fascia profunda. Também é chamado de compartimento AC1;

    N2 Safenas interna (magna) e externa (parva), veia anterior da coxa ( ou veia acessória anterior) e veia de Giacomini, Situadas entre as fascias superficial e profunda, ou compartimento AC2;

    N3 ou compartimento AC3, superficial à fascia, constituído pelas colaterais das safenas;

    N4, usado sobretudo na terminologia CHIVA e importante para a cartografia e estratégia cirúrgica por esta técnica, é constituído por veias superficiais à fascia mas que unem entre si duas veias da rede N3.

  • Cardiologia intervencionista

    Hemodinâmica cardíaca

    A Cardiologia Intervencionista é um conjunto de procedimentos médicos invasivos para estudar a hemodinâmica cardíaca e arterial com a finalidade de efetuar um diagnóstico e tratamento de cardiopatias e arteriopatias.

    No entanto podemos ter uma avaliação hemodinâmica com exames não invasivos como o ecodoppler e a cintilografia miocárdica, se bem que os resultados sejam menos precisos.

    O ecodoppler venoso é um exemplo de um exame não invasivo para estudar a hemodinâmica venosa e não há exame invasivo que o possa subtituir (a flebografia é obsoleta e a pletismografia gasosa é usada para fins de investigação científica).

  • A Cardiologia Intervencionista utiliza o cateterismo, prática que introduz finos cateteres nas artérias , possibilitando assim o diagnóstico pela medição de pressões e gradientes de pressão e por introdução de contraste radiológico.

    Possibilita também tratar estenoses das válvulas cardíacas, isquemias coronárias pela desobstrução mecânica do vaso (angioplastia) bem como a introdução de próteses (stent) que impeçam a reestenose e mesmo o tratamento não cirúrgico de alguns aneurismas da aorta.

  • Hemodinâmica arterial

    Cardiologia intervencionista

    A Cardiologia Intervencionista é um conjunto de procedimentos médicos invasivos para estudar a hemodinâmica cardíaca e arterial com a finalidade de efetuar um diagnóstico e tratamento de cardiopatias e arteriopatias.

    No entanto podemos ter uma avaliação hemodinâmica com exames não invasivos como o ecodoppler e a cintilografia miocárdica, se bem que os resultados sejam menos precisos.

    O ecodoppler venoso é um exemplo de um exame não invasivo para estudar a hemodinâmica venosa e não há exame invasivo que o possa subtituir (a flebografia é obsoleta e a pletismografia gasosa é usada para fins de investigação científica).

  • A Cardiologia Intervencionista utiliza o cateterismo, prática que introduz finos cateteresnas artérias , possibilitando assim o diagnóstico pela medição de pressões e gradientes de pressão e por introdução de contraste radiológico.

    Possibilita também tratar estenoses das válvulas cardíacas, isquemias coronárias pela desobstrução mecânica do vaso (angioplastia) bem como a introdução de próteses (stent) que impeçam a reestenose e mesmo o tratamento não cirúrgico de alguns aneurismas da aorta.

  • HEMODINÂMICA INVASIVA A BEIRA DO LEITO

    HEMODINÂMICA INVASIVA A BEIRA DO LEITO

    A monitorização é uma parte integral do manuseio de pacientes fisiologicamente instáveis. Compõe-se pelo registro das seguintes pressões:
    PVC,
    Pressão intra-arterial,
    PAP (Pressão da Artéria Pulomonar),
    PCP (Pressão de Capilar Pulmonar), PAE (Pressão de Átrio Esquerdo)
    DC (Débito Cardíaco).

  • HEMODINÂMICA INVASIVA A BEIRA DO LEITO

    HEMODINÂMICA INVASIVA A BEIRA DO LEITO

    O propósito da monitorização hemodinâmica à beira do leito é ajudar no estabelecimento de um diagnóstico, guiar e optimizar a terapia e promover informação diagnóstica.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • -Definição de Hemodinâmica;
  • -Hemodinâmica venosa;
  • -Hemodinâmica arterial;
  • -Hemodinâmica Invasiva a Beira do Leito;
  • -METODOLOGIA PARA MENSURAÇÃO DAS PRESSÕES;
  • -Monitorização das Pressões;
  • -Cuidados de Enfermagem;
  • -PVC - Pressão Venosa Central;
  • -Pressão de Átrio Esquerdo;
  • -Cateter de Swan-Ganz e Monitorização da Pressão da Artéria Pulmonar;
  • -Interpretação das pressões;
  • -Parâmetros Obtidos com o uso do Cateter de Swan-Ganz;
  • -Valores normais de avaliação hemodinâmica;