Curso Online de Hepatite

Curso Online de Hepatite

Para aumento do conhecimento dos profissionais de saúde.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Para aumento do conhecimento dos profissionais de saúde.

graduação em enfermagem especialização em saúde da família



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • insuficiência hepática

  • CIRROSE HEPÁTICA

    cirrose hepática

    anatomicamente é definida como um acometimento difuso do fígado com fibrose
    e formação de nódulos de regeneração.

  • CIRROSE HEPÁTICA

    cirrose hepática

    a cirrose hepática, independente de aspectos peculiares relacionados a sua etiologia, resulta em dois grandes eventos: insuficiência hepática e hipertensão portal.

    insuficiência hepática: icterícia, encefalopatia, ascite, síntese de albumina, hipoglicemia, distúrbio na coagulação, fetor éticos, hipogonadismo e ginecomastia.

    hipertensão portal: esplenomegalia, circulação colateral e varizes esôfago-gástrico.

  • vírus: hepatite c (34,6%), citomegalovirus
    hepatite b (20,1%)
    álcool:(15,8%)
    doenças autoimunes:(3,9%)
    doenças metabólicas:(1,4%)- obesidade, dislipidemias;
    causas medicamentosas:também de prod.naturais.

    principais causas da insuficiência hepática

  • SÍNTESE DE ALBUMINA

    síntese de albumina

  • síntese da albumina

    o plasma permite o livre fluxo dos diversos componentes sanguíneos com o líquido intersticial, através de poros existentes na membrana capilar.

    as proteínas plasmáticas, devido às dimensões da sua molécula, em condições habituais, não atravessam a membrana capilar, permanecendo no plasma.

    outras substâncias dissolvidas no plasma e as moléculas de água, contudo, se difundem livremente.

  • a saída da água do plasma através dos capilares é controlada pela pressão coloido-osmótica e pelo estado da permeabilidade das membranas.

    síntese da albumina

    as proteínas do plasma não são capazes de atravessar facilmente as paredes dos capilares, o seu efeito na pressão osmótica no interior dos capilares irá balancear a tendência do fluido vazar dos capilares.

    em condições onde as proteínas plasmáticas estão reduzidas, o resultado é a pressão oncótica muito baixa podendo ter a saída de água para o líquido intersticial, provocando o edema por acúmulo anormal de líquido no espaço intersticial ou ascite.

  • Albumina ● Albumina → 12g/dia, → 25% da produção total de proteína → Meia vida de 17-20 dias. ● Síntese de Albumina depende da presença de aminoácidos precursores (triptofano). ● A concentração plasmática depende também da distribuição e da perda (renal, peritoneal e nas fezes) de albumina.

    síntese da albumina

    albumina ● albumina → 12g/dia, → 25% da produção total de proteína → meia vida de 17-20 dias. ● síntese de albumina depende da presença de aminoácidos precursores (triptofano). ● a concentração plasmática depende também da distribuição e da perda (renal, peritoneal e nas fezes) de albumina.

  • síntese da albumina

    ● principais funções da albumina são:
    1- manutenção da pressão oncótica.
    2- capacidade de ser um carreador não especifico
    para drogas e substâncias endógenas.
    ● a síntese de albumina pelo fígado é afetada pela
    pressão oncótica.
    ● pacientes com cirrose hepática possuem uma
    diminuição da capacidade de síntese de albumina.

  • HIPOGLICEMIA

    hipoglicemia

  • HIPOGLICEMIA

    hipoglicemia

    metabolismo de carboidrato no fígado:
    o armazenamento do glicogênio permite ao fígado remover a glicose em excesso no sangue, armazenar e devolvê-la ao sangue quando o nível de glicemia começar a cair para valores muito baixos.
    tampaonamento da glicose

    a gliconeogênese no fígado esta relacionada com a manutenção dos níveis normais da glicemia.
    ocorrendo somente em grau significativo quando a concentração de glicose cai a baixo da faixa normal.
    grande quantidade de aminoácidos e glicerol são convertido em glicose para manter os níveis normais de glicose no sangue.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CIRROSE HEPÁTICA
  • SÍNTESE DE ALBUMINA
  • Albumina ? Albumina ? 12g/dia, ? 25% da produção total de proteína ? Meia vida de 17-20 dias. ? Síntese de Albumina depende da presença de aminoácidos precursores (triptofano). ? A concentração plasmática depende também da distribuição e da perda (renal, peritoneal e nas fezes) de albumina.
  • HIPOGLICEMIA
  • ASCITE
  • FISIOPATOGENIA
  • Icterícia
  • Bilirrubina
  • Manifestação Clinicas
  • Tratamento
  • FISIOLOGIA HEPÁTICA
  • Fatores que participam da coagulação do sangue
  • DISTÚRBIOS DA CIRCULAÇÃO
  • DISTURBIOS DA CIRCULAÇÃO
  • SINAIS CLÍNICOS
  • ENCEFALOPATIA HEPÁTICA
  • ENCEFALOPATIA HEPÁTICA
  • Fetor Hepaticus:
  • Abordagem Nutricional
  • Referências Bibliográficas: