Curso Online de Insuficiência Renal Aguda

Curso Online de Insuficiência Renal Aguda

A IRA é a supressão abrupta da função renal em conseqüência de alterações renais agudas, caracterizada pela oligúria (volume urinário men...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A IRA é a supressão abrupta da função renal em conseqüência de alterações renais agudas, caracterizada pela oligúria (volume urinário menor que 20ml/h) ou anúria (ausência de urina).

Há três tipos de IRA dependendo do local onde se dão as alterações agudas: antes do rim, no rim e depois do rim: pré-renal, renal ou pós-renal.

Em andamento ? MBA Farmácia Estética ? Ipuco PR Pós Graduação / Especialização - Manipulação Magistral Alopática - RS - 2013 Bacharelado em Farmácia Generalista no Centro Universitário de Caratinga .2012



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

    - inabilidade dos rins em exercer funções básicas - excreção, manutenção da homeostase hidroeletrolítica
    - caracteriza-se por redução abrupta da função renal
    - índices de mortalidades elevados- 50%
    - etiologia  pré-renal
     renal
     pós-renal
    deterioração fluxo sanguíneo renal
    parênquima renal
    vias excretoras extra-renais
    pré-renal  rapidamente reversível se corrigida a causa
     resulta da  na perfusão renal
     do volume circulante
     do fluxo sanguíneo renal
    ex: desidratação (vômitos, diarréia, febre)
    uso de diuréticos
    insuficiência cardíaca
     habitualmente leve, oligúria, domínio do médico generalista, cede com correção das causas básicas.

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda


    pós-renal

     obstrução do trato urinário (trânsito da urina)

     transmissão retrograda de hiperpressão
    - hipertrofia prostática
    - câncer de próstata ou cervical
    - distúrbios retroperitoneais ou bexiga neurogênica
    - fatores intraluminais (cálculo renal)
    - fatores extraluminais (fibrose retroperitoneal, tumor colorretal)
    - obstrução intratubular (precipitação de cristais)

     reversibilidade relacionada ao tempo de obstrução

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

    renal  ir parenquimatosa ou nta

    duas categorias:

    a) alteram processos bioquímicos celulares dependentes de o2
    isquémicas (choques, acidentes transfusionais, coagulopatia de consumo, hemólise, hepatopatias, glomerulopatias, ic grave)

    b) substâncias nefrotóxicas que atingem túbulos renais
    antibióticos aminoglicosídeos, contrastes iodados, quimioterápicos
    - ira por nefrite instersticial
    reação alérgica a drogas
    - ira por drogas nefrotóxicas freqüentemente causadas em associação de um ou mais mecanismos

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

     isquemia + nefrotóxinas causa de ira em pacientes mais graves

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

     fisiopatologia
    ira isquêmica ou tóxica  alterações estruturais e bioquímicas  comprometimento vascular e/ou celular  vasoconstrição
    alteração da função e/ou morte celular
    descamação do epitélio tubular
    obstrução intraluminal
    vazamento transtubular do filtrado
    inflamação

    - fatores vasculares e hemodinâmicos
     vasoconstrição intra renal por desequilíbrio entre fatores vasoconstritores e vasodilatadores por ação sistêmica e local de agentes vasoativos
     com consequente modificações importantes na hemodinâmica glomerular e intra renal (importante na ira por drogas nefrotóxicas)
    ativação de hormônios vasoconstritores (at2, endotelina, etc) e/ou inibição dos vasos dilatadores (prostaglandinas, óxido nítrico)

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda




    vasoconstrição das arteríolas aferentes e eferentes
    contração da célula mesangial
     do coeficiente de filtração glomerular
    ocorre  cálcio intracelular em células vasculares e mesangiais
    cálcio é um dos mediadores importantes da vasoconstrição intrarenal
     do cálcio livre na musculatura lisa,  tônus vascular - vasoconstrição
    cálcio também participa na contração da célula mesangial
    o  do cálcio é devido interação de hormônios vasoconstritores com seus receptores ou pela ação direta das toxinas

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

    - lesão tubular
    ira isquêmica e nefrotóxica  dano às células tubulares  lesões do epitélio tubular  necrose tubular aguda
    intensidades diferentes de agressão  diferentes lesões  reversíveis ou não (intensidade, tempo e tipo do evento desencadeado)
    isquemia  efeito precoce redução intracelular de atp no túbulo proximal e alça ascendente de henle (alta taxa de reabsorção tubular com gasto energético) muito suscetíveis a isquemia por elevado consumo de atp  desequilíbrio na concentração intracelular de eletrólitos na+, k+ e ca++ e edema celular  desencadeia série de eventos  cumulando com morte celular
    apesar da gravidade ira na maioria é evento transitório e reversível, mas pode ser irreversível
    células tubulares tem capacidade de regeneração e diferenciação, restabelecendo o epitélio

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda


    - curso clínico da ira com ênfase na nta

    quatro fases diferentes - inicial
    - oligúrica
    - poliúrica
    - recuperação funcional

    fase inicial - exposição a drogas ou insulto isquêmico
    - duração variável – depende da exposição
    - isquemia – curta
    - drogas nefrotóxicas – alguns dias
    - volume urinário – normal ou 
    -  da excreção de compostos nitrogenados

  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA

    insuficiência renal aguda

    fase oligúrica - variável em grau e duração
    - sedimento urinário pode conter hemácias, leucócitos, células epiteliais isoladas ou em cilindros
    - pequena perda protéica
    - volume urinário < 500ml/dia
    - concentração urinária/concentração plasmática da uréia 50 a 100:1
    na ira  10:1 ou menos
    por lesão tubular a concentração urinária do na+ > 20meq/l
    - recuperação do volume de urina em 10 à 14 dias do inicio da oligúria
    - ira não oligúrica – elevação na fração de filtração de água apesar de pequena filtração glomerular, pequena reabsorção tubular  comum em drogas nefrotóxicas, agentes anestésicos e sepse


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INSUFICIÊNCIA RENAL AGUDA