Curso Online de Capacitação Em Sala De Vacinação
4 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Capacitação Em Sala De Vacinação

As ações de vacinação se constituem nos procedimentos de melhor relação custo e efetividade no setor saúde. O declínio acelerado da morbi...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 7 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 150 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

As ações de vacinação se constituem nos procedimentos de melhor relação custo e efetividade no setor saúde. O declínio acelerado da morbimortalidade por doenças imunopreveníveis nas décadas recentes, em nosso país e em escala mundial serve de prova inconteste do enorme benefício que é oferecido às populações através de vacinas. A sala de vacinação é o local destinado à administração dos imunobiológicos, cujas atividades devem ser desenvolvidas por uma equipe de enfermagem, com treinamento específico no manuseio, conservação e aplicação dos imunobiológicos. Por tal motivo, este curso foi criado para estar reciclando os profissionais de enfermagem.

Enfermeira especialista em Saúde Pública. Funcionária da Fundação Hemopa (Banco de Sangue). Preceptora de Estágio Supervisionado (Saúde Pública) do Curso de Graduação de Enfermagem da Escola Superior da Amazônia (ESAMAZ). Possui vasto conhecimento em Análises Clínicas e Hemostasia.É membro associado da Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. Possui o TÍTULO de Proficiência Técnica de Enfermagem em Hematologia e Hemoterapia pela Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia.


- Manisete Rodrigues Novais Alencar

- Rita De Cassia Dos Santos Carvalho

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Capacitação Em Sala De Vacina

    capacitação em sala de vacina

    enfª esp. thaís figueiredo

  • O QUE EU PRECISO SABER PARA ABRIR UMA SALA DE VACINA?

    o que eu preciso saber para abrir uma sala de vacina?

    o que eu preciso ter para abrir uma sala de vacina?

  • conhecer a população, a clientela
    quem são
    quantos são
    onde estão
    condição ou estado vacinal

    planejamento

    conhecimento técnico-científico
    organização

    -diagnóstico
    -divisão de tarefas
    -implementação
    -avaliação de resultados

  • IMUNIZAÇÃO:

    imunização:

    - aquisição de proteção imunológica contra uma doença infecciosa. tem como objetivo aumentar a resistência de um indivíduo contra infecções.

    imunização passiva (soros e imunoglobulinas)

    imunização ativa (vacinas)

  • VACINAS:

    vacinas:

    são substâncias produzidas a partir de agentes patogênicos (vírus ou bactérias), ou ainda de toxinas, previamente enfraquecidos. ao inserir no organismo, fazemos com que o corpo combata o agente estimulando a síntese de anticorpos, que protegem o nosso organismo, além de desenvolver a chamada memória imunológica, tornando mais fácil o reconhecimento do agente patogênico em futuras infecções e aumentando a eficiência do sistema imune em combatê-lo.

  • PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES PNI:

    programa nacional de imunizações pni:

    ações descontínuas
    caráter episódico
    cobertura reduzida
    1973 pni instituído
    estabelece normas de:
    - conservação
    - transporte
    - administração dos imunobiológicos
    - aspectos de programação e avaliação

  • REDE DE FRIO:

    rede de frio:

    os imunobiológicos são produtos termolábeis
    processo de recebimento,
    armazenamento,
    conservação,
    manipulação,
    distribuição e
    transporte dos imunobiológicos do laboratório produtor até sua utilização

    temperatura ideal: entre +2°c e +8°c

  • CONTROLE E MONITORAMENTO DA TEMPERATURA:

    controle e monitoramento da temperatura:

    refrigerador doméstico com capacidade mínima de 280 l
    termômetro digital de momento, máxima e mínima
    termômetro analógico de momento, máxima e mínima (capela)

    anotação diária no mapa no início e no final da jornada de trabalho

    caixas térmicas de poliuretano
    termômetro analógico de cabo extensor

  • SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA:

    situações de emergência:

    interrupção no fornecimento de energia
    manter o refrigerador fechado e monitorar a temperatura
    se não restabelecer num prazo de 2 h ou a temp. se aproximar de +8°c transferir os imunos para outro equipamento na temperatura recomendada (refrigerador ou caixa térmica)
    idem para falha no equipamento

    nas situações de emergência é necessário que a unidade comunique a instância superior imediata para as devidas providências.

  • ORGANIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS:

    organização dos equipamentos:

    refrigerador:

    afixar o mapa de controle diário de temperatura

    usar exclusivamente para imunobiológicos

    ligar em tomada exclusiva

    instalar distante de fonte de calor ou luz solar direta

    instalar um termômetro digital na porta e um analógico na segunda prateleira

    colocar gelox no congelador

    primeira prateleira: armazenar as vacinas que podem ser submetidas à temperatura negativa – vop, sr, scr, fa

    segunda prateleira: armazenar as vacinas que não podem ser submetidas a temperatura negativa – dt, dtp, hep b, influenza, bcg, pneumococo, contra raiva humana, vip, dtpa, rotavírus, tetravalente.

    terceira prateleira diluentes e/ou soros, tendo o cuidado de permitir a circulação do ar entre os mesmos e entre as paredes das geladeiras.

    colocar mínimo de três garrafas de 1 litro com água e corante na gaveta de legumes. não substiruir as garrafas por bobinas de gelo reutilizável.

    limpeza – pg 7 apostila

  • caixas térmicas:

    manter a temperatura interna da caixa entre +2ºc e +8ºc, monitorando-a com termômetro de cabo extensor trocando as bobinas de gelo reutilizável sempre que necessário;

    arrumar os imunobiológicos no centro da caixa, deixando-os circundados pelos gelox (preparo do gelox).

    manter a caixa térmica fora do alcance da luz solar direta e distante de fontes de calor;

    ao final da jornada de trabalho retornar os gelox ao congelador, lavar a caixa térmica, enxugá-la e guardá-la sem tampa.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Capacitação Em Sala De Vacina
  • O QUE EU PRECISO SABER PARA ABRIR UMA SALA DE VACINA?
  • IMUNIZAÇÃO:
  • VACINAS:
  • PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES PNI:
  • REDE DE FRIO:
  • CONTROLE E MONITORAMENTO DA TEMPERATURA:
  • SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA:
  • ORGANIZAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS:
  • IMUNOBIOLÓGICO SOB SUSPEITA:
  • CALENDÁRIOS BÁSICOS DE VACINAÇÃO:
  • CALENDÁRIO BÁSICO DE VACINAÇÃO DA CRIANÇA
  • CALENDÁRIO BÁSICO DE VACINAÇÃO DO ADOLESCENTE:
  • CALENDÁRIO BÁSICO DE VACINAÇÃO DO ADULTO E DO IDOSO
  • CONTRA-INDICAÇÕES GERAIS:
  • SITUAÇÕES PARA ADIAMENTO DA VACINAÇÃO:
  • INFORMAÇÕES TÉCNICAS SOBRE AS VACINAS DO CALENDÁRIO BÁSICO
  • VACINA CONTRA TUBERCULOSE BCG –ID:
  • VACINA CONTRA HEPATITE B:
  • VACINA TETRAVALENTE ( DTP + HIB):
  • VACINA CONTRA POLIOMIELITE (VOP):
  • VACINA CONTRA ROTAVÍRUS (VORH):
  • VACINA CONTRA FEBRE AMARELA:
  • VACINA CONTRA SARAMPO, CAXUMBA E RUBÉOLA (TRÍPLICE VIRAL – SCR):
  • VACINA CONTRA DIFTERIA, TÉTANO E COQUELUCHE (TRÍPLICE BACTERIANA – DTP):
  • VACINA CONTRA TÉTANO E DIFTERIA (dT – DUPLA ADULTO):
  • VACINA CONTRA INFLUENZA (GRIPE):
  • VACINA PNEUMOCÓCICA 10 VALENTE CONJUGADA:
  • VACINA MENINGOCÓCICA C CONJUGADA:
  • VACINA ANTIRRÁBICA HUMANA:
  • ROTINA DA SALA DE VACINA: