Curso Online de Cuidando de Feridas
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Cuidando de Feridas

Ferida: indica solução de continuidade de qualquer tecido mole, produzida por traumatismo direto, com ou sem perda de substância.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Ferida: indica solução de continuidade de qualquer tecido mole, produzida por traumatismo direto, com ou sem perda de substância.

Mestre em Ensino na Saúde - UFF Especialista em Educação a Distância - UFF Especialista em Ativação de Processos de Mudanças na Formação Superior em Saúde - ENSP Especialista em Formação Pedagógica - ENSP Especialista em CTI Cardiológico - UFF Pós graduanda em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos - ENSP lattes: http://lattes.cnpq.br/2401227655072032 Professora do ensino médio em enfermagem e preparatório para concursos. Enfermeira assistencial do setor de Pediatria.


"O MATERIAL É DE OTIMA QUALIDADE E BEM EXPLICADO!"

- Marta Rosa De Almeida Cardoso

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • atualização em tratamento de feridas

    cuidado de enfermagem

    palestrante: prof. adriane das neves

  • a pele

    a pele é composta de duas camadas primárias: epiderme e derme.

    adrianeneves@bol.com.br

    2

  • a epiderme

    a epiderme, a camada mais externa da pele, e fina e avascular; e costuma regenerar-se em 4 a 6 semanas.

    adrianeneves@bol.com.br

    3

    suas funções básicas são manter a integridade da pele e atuar como barreira física.

    a epiderme contém cinco subcamadas – o estrato córneo, mais externo; o estrato lúcido; o estrato granuloso; o estrato espinhoso, e a camada mais interna, o estrato germinativo, ou camada de células basais.
    o estrato germinativo liga a epiderme a segunda e mais espessa das camadas da pele, a derme.

  • adrianeneves@bol.com.br

    4

    derme

    a camada interna, a derme, é uma camada composta primariamente de tecido conjuntivos fibrosos de colágeno e elastina.

    a função da derme é oferecer resistência, suporte, sangue e oxigênio à pele. essa camada contém vasos sanguíneos, folículos pilosos, vasos linfáticos, glândulas sebáceas e glândulas sudoríparas.

  • adrianeneves@bol.com.br

    5

    abaixo da derme há tecido conjuntivo frouxo e tecido adiposo, chamados de camada subcutânea.

    a espessura da epiderme, da derme e subcutâneo variam entre diferentes pessoas e partes do corpo.

    tecido subcutâneo

  • adrianeneves@bol.com.br

    6

    fisiologia da pele

    a pele é o maior órgão do corpo humano, constituindo cerca de 10% do peso corporal. está constantemente exposta a agressões físicas, químicas e mecânicas, que podem ter conseqüências físicas permanentes ou não.

    funções da pele

    - proteção: a pele atua como barreira física contra microrganismos e outras substâncias estranhas, protegendo contra infecções e perda excessiva de líquidos.

    sensibilidade: as terminações nervosas da pele permitem que a pessoa sinta dor, pressão, calor e frio.

    termorregulação: a pele ajuda a regular a temperatura corporal .

    mediante vasoconstrição, vasodilatação e sudorese.

  • adrianeneves@bol.com.br

    7

    - excreção: a pele ajuda na termorregulação, mediante a excreção de resíduos, como eletrólitos e água.

    metabolismo: a síntese de vitamina d na pele exposta à luz solar, por exemplo, ativa o metabolismo de cálcio e fosfato, minerais que desempenham um papel importante na formação óssea.

    imagem corporal: a pele detalha a nossa aparência, identificando de modo único cada indivíduo.

  • adrianeneves@bol.com.br

    8

    ferida: palavra de origem latina (ferife) que indica solução de continuidade de qualquer tecido mole, produzida por traumatismo direto, com ou sem perda de substância.

    ferida

    classificação de feridas

    quanto ao diagnóstico etiológico: define a origem da doença que propiciou o aparecimento da lesão cutânea.

    quanto à causa: define o mecanismo de ação, por exemplo: traumáticas, cirúrgicas, patológicas etc.

  • adrianeneves@bol.com.br

    9

    cirúrgica

    traumática

  • adrianeneves@bol.com.br

    10

    quanto à evolução da ferida: aguda ou crônica.

    aguda: hemostasia imediata na presença da ruptura da vascularização;

    crônica: o processo cicatricial sofre um desvio e pode resultar da perpetuação de um processo agudo.

  • adrianeneves@bol.com.br

    11

    - quanto ao grau de contaminação: limpa, contaminada ou infectada.

    - quanto a presença ou não de ruptura da superfície da pele ou mucosa: fechadas e abertas.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • A pele
  • A epiderme
  • Derme
  • Tecido subcutâneo
  • Fisiologia da pele
  • Ferida
  • Fases cicatriciais
  • Formas de cicatrização
  • Fatores que interferem na cicatrização
  • Aspectos éticos no tratamento de feridas
  • Etapas do tratamento de feridas
  • Limpeza
  • O desbridamento
  • Tipos de desbridamento
  • Curativo
  • Limpeza solução fisiológica
  • Limpeza mecânica
  • Procedimento de enfermagem
  • O curativo ideal
  • Fatores que pensam na escolha do curativo
  • Critérios para seleção da cobertura
  • Coberturas
  • Gases
  • Hidrocolóide e Alginato de cálcio
  • Curativo Aliviador de pressão
  • Alginato de cálcio
  • Características e Benefícios
  • Ácido graxo
  • Sulfadiazina de prata
  • Collagenase
  • Carvão ativado
  • Filme transparente
  • Papaína
  • Soro fisiológico