Curso Online de FERIDAS E COBERTURAS
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de FERIDAS E COBERTURAS

TRATAMENTO DE FERIDAS E COBERTURAS ULTIMAS TENDENCIAS O QUE A DE MAIS MODERNO EVOLUÇÃO HISTÓRICA ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE CLASSIFICA...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 40 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

TRATAMENTO DE FERIDAS E COBERTURAS
ULTIMAS TENDENCIAS
O QUE A DE MAIS MODERNO
EVOLUÇÃO HISTÓRICA
ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE
CLASSIFICAÇÃO DAS FERIDAS
CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TIPO DE TECIDO
Tudo sobre feridas e coberturas mais de cem slides para vc aprender a fazer curativos como ninguém....

Enfermeiro Pós Graduado.


- Francileide Ciriaco Tavares

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • 3ª SEMANA DE ENFERMAGEM “ A ENFERMAGEM COMO PROTAGONISTA NO PROCESO DE CUIDAR”
    Amanda Rodrigues

    TRATAMENTO DE FERIDAS E COBERTURAS

  • EVOLUÇÃO HISTÓRICA

    EVOLUÇÃO HISTÓRICA

    Pré-historia – utilizavam cataplasmas para estancar hemorragias e em feridas abertas;
    2.700 a.C egípicios – quanto mais a ferida supurava mais rápida era a cicatrização;
    800 a.C os gregos trataram 147 militares feridos cauterizando as feridas com ferro quente – alta taxa de mortalidade
    300 a.C hipócrates – princípios de assepsia.
    200 d.C na era cristã, celsius classificou as feridas, definiu tratamentos, descreveu os sinais inflamatórios, desbridamento e sutura.

  • CATAPLASMA

    CATAPLASMA

  • EVOLUÇÃO HISTÓRICA

    EVOLUÇÃO HISTÓRICA

    Período medieval – galeno ligava as lesões ulceradas com figos – continham papaína
    Guerra da criméia – as feridas causadas por pólvora era necessário amputar a parte lesada e cauterizar o coto com óleo fervente.
    DESCOBERTAS IMPORTANTES
    1676 – microscópio
    1862 – pauster – a falta de limpeza como causa da infecção;
    1880 – 1ª ESTUFA –Esterilização por calor seco
    1890 – luvas e máscaras

  • ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE

    ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE

    Maior órgão do corpo, corresponde a 15% do peso corporal.

    FUNÇÕES

    Revestir e proteger;
    Manutenção da temperatura;
    Percepção
    Secretora - líquidos e eletrólitos
    Sustentação-órgãos e estruturas

  • ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE

    ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE

    CAMADAS DA PELE

    melanina

  • CLASSIFICAÇÃO DAS FERIDAS

    CLASSIFICAÇÃO DAS FERIDAS

    Feridas – é caracterizada pela perda de continuidade dos tecidos, podendo ser superficiais ou profundas

    CLASSIFICAÇÃO DA LESÃO

    Comprometimento tecidual
    Como foram produzidas
    Grau de contaminação

  • Comprometimento tecidual

    Comprometimento tecidual

    Quanto a localização anatômica;
    Quanto ao tamanho, comprimento, largura, profundidade e formação de túneis;
    Drenagem, cor e consistência;
    Dor ou hipersensibilidade a temperatura

  • COMO FORAM PRODUZIDAS

    COMO FORAM PRODUZIDAS

    CONTUSAS – produzido por objeto rombo traumático das partes moles, hemorragia.

    INCISAS – produzidas por um instrumento cortante. Feridas limpas geralmente fechadas por sutura

  • COMO FORAM PRODUZIDAS

    COMO FORAM PRODUZIDAS

    LACERADAS - com margens irregulares

    PERFURANTES – pequenas aberturas na pele

  • GRAU DE CONTAMINAÇÃO

    GRAU DE CONTAMINAÇÃO

    3. Infectadas - presença de bactérias, com presença de sinais flogísticos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • EVOLUÇÃO HISTÓRICA
  • CATAPLASMA
  • EVOLUÇÃO HISTÓRICA
  • ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PELE
  • CLASSIFICAÇÃO DAS FERIDAS
  • Comprometimento tecidual
  • COMO FORAM PRODUZIDAS
  • GRAU DE CONTAMINAÇÃO
  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TIPO DE TECIDO
  • ÚLCERAS
  • MEDIDAS DE PREVENÇÃO
  • FISIOLOGIA DA CICATRIZAÇÃO
  • FASE INFLAMATÓRIA
  • Fase Proliferativa
  • Fase maturação
  • Tipos de cicatrização
  • FATORES QUE INTERFEREM NA CICATRIZAÇÃO
  • COMPLICAÇÕES DA CICATRIZAÇÃO
  • Finalidade dos Curativos
  • TIPOS DE CURATIVOS
  • Técnica para curativo
  • IMPORTANTE
  • MATERIAIS E SOLUÇÕES NECESSÁRIAS PARA REALIZAR UM CURATIVO
  • DESBRIDAMENTO
  • COBERTURAS
  • PRODUTOS DERIVADOS DO IODO (ANTISSÉPTICO)
  • SULFADIAZINA DE PRATA.
  • AGE(Ácidos Graxos Essenciais)
  • MEMBRANAS OU FILMES DE POLIURETANO
  • PAPAÍNA
  • COLAGENASE
  • INDICAÇÃO
  • Alginato de Cálcio
  • Ferida fechada com alginato
  • CARVÃO ATIVADO
  • BOTA DE UNNA
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS