Curso Online de Enfermagem em nefrologia - Métodos Dialíticos

Curso Online de Enfermagem em nefrologia - Métodos Dialíticos

A função renal é necessária para a manutenção da vida, sendo necessário que todos os orgãos do sistema urinário estejam em bom funcioname...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A função renal é necessária para a manutenção da vida, sendo necessário que todos os orgãos do sistema urinário estejam em bom funcionamento para a remoção das escórias urinárias.

Mestre em Ensino na Saúde - UFF Especialista em Educação a Distância - UFF Especialista em Ativação de Processos de Mudanças na Formação Superior em Saúde - ENSP Especialista em Formação Pedagógica - ENSP Especialista em CTI Cardiológico - UFF Pós graduanda em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos - ENSP lattes: http://lattes.cnpq.br/2401227655072032 Professora do ensino médio em enfermagem e preparatório para concursos. Enfermeira assistencial do setor de Pediatria.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • MÉTODOS DIALÍTICOS

    métodos dialíticos

    cuidados de enfermagem

    prof. adriane das neves

  • anatomia do sistema urinário

    adrenal

    rim

    veia cava
    inferior

    aorta

    ureter

    bexiga

    uretra

    2

    adrianeneves@bol.com.br

  • adrianeneves@bol.com.br

    3

    está constituído pelos rins, que produzem a urina; os ureteres, que transportam a urina para a bexiga urinária, onde ela é armazenada temporariamente; e a uretra, que transporta a urina para o meio externo.
    para se manter a homeostase as concentrações de substâncias como a água, sódio, potássio, cálcio e hidrogênio devem permanecer relativamente constantes, bem como as concentrações de uma grande variedade de produtos e nutrientes celulares

    sistema urinário

    dois rins
    dois ureteres
    uma bexiga urinária
    uma uretra

  • adrianeneves@bol.com.br

    4

    os rins, como principais órgãos excretores, são decisivamente importantes na manutenção do balanço das substâncias exigidas para a constância do meio interno. os rins eliminam do corpo uma grande quantidade de produtos de metabolismo tais como uréia, o ácido úrico e a creatinina.
    caso ocorra falência dos rins, não há meios para se remover do sangue as várias substâncias que eles normalmente excretam. como conseqüência, essas substâncias se acumulam no sangue e no líquido extracelular.

  • 5

    adrianeneves@bol.com.br

    estrutura interna do rim

  • funções do rim

    filtração: pressão hidrostática do sangue sobre as paredes do glomérulo. são barradas as células sangüíneas e proteínas plasmáticas, passando água e alguns solutos = filtrado glomerular

    reabsorção: água, nacl, glicose, aminoácidos.

    secreção: algumas moléculas estranhas passam direto do sangue para os túbulos. ex.: drogas, remédios.

    cápsula de bowman

    glomérulo

    túbulo renal

    reabsorção

    secreção

    filtração

    excreção: k+, h+
    água, exc. nitrogenadas

    6

    adrianeneves@bol.com.br

  • nefron
     unidade funcional

    7

    adrianeneves@bol.com.br

    funções: -filtração glomerular
    -reabsorção tubular
    -secreção tubular

  • Funções

    adrianeneves@bol.com.br

    8

    funções

    elimina substâncias tóxicas pela urina.

    regulam os níveis iônicos no sangue de sais, glicose, proteína e água.

    balanço ácido / base - ph sanguíneo (h+/ hc03)

    regular o volume e a pressão sangüínea. renina

    homeostasia

    formação dos eritrócitos. eritropoetina

    produz substâncias que convertem um precursor da vitamina d em vitamina ativa.
    (calcitrol)

    contração do músculo liso
    prostaglandinas

  • controle hormonal

    adh: hormônio anti-diurético (vasopressina). aumenta a absorção de água pelos túbulos coletores
    * a secreção de adh é inibida pelo álcool e pela cafeína.

    aldosterona: ao detectar a queda de pressão sangüínea, as células do rim secretam hormônios que estimula a adrenal a produzir aldosterona.
    estimula a reabsorção de sódio que aumenta a reabsorção de água que, por sua vez, aumenta o volume e a pressão sangüínea.

    9

    adrianeneves@bol.com.br

  • disfunções urinárias e renais

    1. oligúria e anúria

    denomina-se oligúria a excreção de vo­lume de urina inferior às necessidades de excreção de solutos.

    anúria é o estado patológico caracterizado pela ausência completa ou quase completa de urina na bexiga

    2. poliúria e disúria

    a poliúria corresponde e eliminação de um volume urinário superior a 2.500 ml por dia.

    denomina-se disúria a micção associada à sensação de dor, ardência ou desconforto.

    10

    adrianeneves@bol.com.br

  • 3. urgência e polaciúria

    a urgência corresponde à necessidade súbita e imperiosa de urinar, podendo, in­clusive, ocorrer esvaziamento involuntário da bexiga.

    quando a necessidade de urinar ocorre repetidas vezes, com intervalos entre as micções inferior a 2 horas e sem apresentar concomitante aumento do volume urinário, diz-se que o cliente está com polaciúria.

    4. nictúria

    necessidade de esvaziar a bexiga durante a noite.

    5. retenção urinária

    é a incapacidade de esvaziar a bexiga, apesar de os rins estarem produzindo urina normalmente e a pessoa apresentar vontade de esvaziá-ia.

    11

    adrianeneves@bol.com.br


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • MÉTODOS DIALÍTICOS
  • Funções