Curso Online de QUÍMICA FARMACÊUTICA
5 estrelas 3 alunos avaliaram

Curso Online de QUÍMICA FARMACÊUTICA

Neste curso a Química Farmacêutica é abordada de maneira bem ampla e de fácil compreensão. Bons estudos!

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 49 horas


Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso a Química Farmacêutica é abordada de maneira bem ampla e de fácil compreensão.
Bons estudos!

Graduada em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e graduanda em Biomedicina (Unopar). Possui Pós-graduação em Docência no Ensino Superior (FEBAC) e em Gestão Ambiental aplicada à Indústria (UNOPAR). Atualmente é Docente da Faculdade Pitágoras Bacabal Mearim e Coordenadora da Vigilância Sanitária do município de Bom Lugar/MA.


- Fillipe Andrade Da Silva

- Tiago De Souza Silva

- FÁbio Luis Marcilio

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • QUÍMICA FARMACÊUTICA

    QUÍMICA FARMACÊUTICA

    Prof.ª Esp. Delzianny Oliveira Santos
    Graduada em Química Industrial - UFMA
    Pós-graduada em Docência no Ensino Superior - FEBAC

  • Fármaco disponível para absorção (Disponibilidade farmacêutica)

    DOSE

    I FASE FARMACÊUTICA

    Desintegração da forma farmacêutica
    Dissolução da substância ativa

    II FASE
    FARMACOCINÉTICA

    Absorção
    Distribuição
    Metabolismo
    Excreção

    Fármaco disponível para ação (Disponibilidade biológica)

    III FASE
    FARMACODINÂMICA

    EFEITOS

    INTERAÇÃO FÁRMACO - RECEPTOR

    Figura 1 Fases importantes da ação dos fármacos.

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    1) HIDROSSOLUBILIDADE

    A solubilidade dos fármacos é uma propriedade importante para a sua absorção e,
    conseqüentemente, para a sua atividade.

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    1) HIDROSSOLUBILIDADE

    MORFINA
    Insolúvel em água na foram neutra

    Solúvel em água

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    Graf. 1 - Níveis sangüíneos de fenobarbital em função do tempo,
    após injeção intramuscular de três dosagens distintas.

    A velocidade de absorção de fármacos depende da velocidade
    de dissolução que, entres outras propriedades, depende
    também do tamanho das partículas

    1) HIDROSSOLUBILIDADE

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    2) LIPOFILICIDADE (Log P)

    Relacionada com a passagem através de membranas plasmáticas - ABSORÇÃO

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    3) COEFICIENTE DE PARTIÇÃO

    É definido pela: concentração da substância na fase orgânica/concentração da substância na fase aquosa (Corg/Caq).

    Normalmente o teste é realizado a 25ºC ou 37ºC.
    A fase orgânica pode ser: n-octanol (o mais usado) outros: metanol, clorofórmio, butanol, óleo de oliva etc.
    Fase aquosa: água ou um tampão fosfato pH 7,4.

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    3) COEFICIENTE DE PARTIÇÃO

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    4) GRAU DE IONIZAÇÃO

    (Fármaco Ácido) (Fármaco Básico)
    HA H+ + A- B + H+ BH+

    HA H+ + A- B + H+ BH+

    MEIO EXTRACELULAR

    MEIO INTRACELULAR

  • IONIZAÇÃO DE BASES FRACAS E ÁCIDOS FRACOS

    C12H11CIN3NH3+ C12H11CIN3NH2 + H+

    Cátion de Pirimetamina Próton
    Pirimetamina neutra

    C8H7O2COOH C8H7O2COO- + H+

    Aspirina Ânion de Próton
    neutra aspirina

    Adicionalmente, essa propriedade físico química é fundamental importância na fase farmacodinâmica, devido á formação de espécies ionizadas que podem interagir complementarmente com resíduos de aminoácidos complementares do sitio ativo do receptor.

  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS

    4) GRAU DE IONIZAÇÃO

    Piroxicam
    pKa = 6,3
    Coeficiente de partição = 1,8
    (octanol/tampão pH 1,4)

    % de ionização () mucosa gástrica

    % de ionização () mucosa intestinal

    % de ionização () plasma

    % de ionização () tecido inflamado

    = 0,0005 %

    = 4,7 %

    = 92,6 %

    = 4,7 %


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • INTRODUÇÃO À QUÍMICA FARMACÊUTICA.
  • FATORES RELACIONADOS AS PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DOS FÁRMACOS.
  • Formulação do medicamento.
  • Classificação dos medicamentos.
  • Descoberta e Desenvolvimento de Fármacos.
  • Passos do processo da descoberta e desenvolvimento de um fármaco.
  • Identificar os bioensaios.
  • Testes in vivo.
  • Uso do RMN.
  • Compostos condutores extraídos das plantas.
  • Compostos sintetizados por bactérias e fungos.
  • Compostos de origem animal.
  • Venenos e toxinas.
  • Medicina tradicional.
  • Novos fármacos a partir dos já existentes.
  • Relação estrutura-atividade.
  • Grupos funcionais existentes nos fármacos.
  • Testes clínicos.
  • Mecanismos de transporte através de membranas.
  • PH DOS COMPARTIMENTOS BIOLÓGICOS.
  • INFLUÊNCIA DO PH NA ABSORÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DROGAS.
  • LIGAÇÃO DAS DROGAS A PROTEÍNAS PLASMÁTICAS.
  • LIGAÇÃO TECIDUAL.
  • REDISTRIBUIÇÃO.
  • PERMEABILIDADE CAPILAR.
  • VOLUMES REAL E APARENTE DE DISTRIBUIÇÃO.
  • CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DAS DROGAS.
  • ELIMINAÇÃO METABOLISMO E EXCREÇÃO.
  • METABOLISMO DAS DROGAS.
  • Reações de Fase I
  • Tipos de Reações de Fase I
  • Oxidação
  • Redução
  • Hidrólise
  • Ciclização
  • Desciclização
  • Reações de Fase I
  • METABOLISMO DAS DROGAS.
  • Princípios Farmacocinéticos
  • Farmacocinética.
  • Princípios Farmacocinéticos.
  • CLASSES TERAPÊUTICAS.
  • Farmacodinâmica.
  • Cinética da interação fármaco-receptor.
  • O que são as enzimas?
  • Reação enzimática.
  • Equilíbrio químico.
  • Especificidade enzimática.
  • Cinética enzimática.
  • ISOMERIA ÓPTICA.
  • Medicamentos genéricos no Brasil: histórico e panorama atua