Curso Online de Classificação Internacional de Funcionalidade  - CIF

Curso Online de Classificação Internacional de Funcionalidade - CIF

curso voltado para estudantes e profissionais de saúde com material sobre Classificaçao Internacional de Funcionalidade - CIF e questões ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas


Por: R$ 32,50
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

curso voltado para estudantes e profissionais de saúde com material sobre Classificaçao Internacional de Funcionalidade - CIF e questões de concursos sobre o assunto.

FORMADA EM FISIOTERAPIA. DIVERSOS CURSOS NA SAUDE DA CRIANÇA, ORTOPEDIA, NEUROFUNCIONAL. ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA INTENSIVA EM NEONATAL E PEDIATRICA.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL
    DE
    FUNCIONALIDADE
    CIF

  • Mostrar o conceito da CIF;

    Demonstrar a importância da CIF no diagnóstico cinético funcional.
    Objetivos do Curso

  • A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) é uma ferramenta para descrição e organização de informações sobre a funcionalidade e a incapacidade.

    Ele fornece uma linguagem padrão, uma base conceitual para a definição e a classificação da saúde e da incapacidade.

  • A CIF pertence à “família” das classificações internacionais desenvolvida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para aplicação em vários aspectos da saúde.
    A CIF foi aprovada para uso pela Assembléia Mundial da Saúde, em 2001, após testes extensivos em todo o mundo envolvendo as pessoas com incapacidades e profissionais de uma variedade de disciplinas e áreas relevantes.
    Uma classificação secundária, para crianças e jovens (CIF-CJ), foi publicada em 2007.

  • Ela foi criada pela necessidade da implantação de um sistema internacional classificatório e descritivo das alterações funcionais, pois só tinha a Classificação Internacional de Doenças (CID) que fornece uma estrutura de base etiológica.

    A CIF integra os principais modelos de incapacidade. Reconhece o papel de fatores ambientais na criação das limitações, bem como, a relevância das condições de saúde
    associadas e seus efeitos.

  • A CID e a CIF fazem parte da família de classificações internacionais da OMS.

    Essas classificações proporcionam um sistema para a codificação de uma ampla gama de informações sobre saúde (e.g. diagnóstico, funcionalidade e incapacidade, motivos de contato com os serviços de saúde) e utiliza uma linguagem comum padronizada que permite a comunicação sobre saúde e cuidados de saúde em todo o mundo, entre várias disciplinas e ciências.

  • A CIF classifica a funcionalidade e a incapacidade associadas aos estados de saúde, ou seja, avalia o impacto da doença sobre o ser, descrevendo a restrição funcional determinada pela doença.

    Os objetivos da CIF, segundo a Organização Mundial da Saúde, são: fornecer uma base científica para compreender e estudar a saúde e estados relacionados, os resultados de intervenções, determinantes e alterações no nível de saúde e funcionalidade.

  • Tem sido utilizada para vários fins, por exemplo:
    como uma ferramenta estatística na colheita e registo de dados;
    como uma ferramenta na investigação para medir resultados, a qualidade de vida ou os fatores ambientais;
    como uma ferramenta clínica avaliar necessidades, compatibilizar os tratamentos com as condições específicas, avaliar as aptidões profissionais, a reabilitação e os resultados;
    como uma ferramenta de política social no planeamento de sistemas de segurança social, de sistemas de compensação e nos projetos e no desenvolvimento de políticas;
    como uma ferramenta pedagógica na elaboração de programas educacionais, para aumentar a consciencialização e realizar ações sociais.

  • Objetivos da CIF

    proporcionar uma base científica para a compreensão e o estudo dos determinantes da saúde, dos resultados e das condições relacionadas com a saúde;
    estabelecer uma linguagem comum para a descrição da saúde e dos estados relacionados com a saúde, para melhorar a comunicação entre diferentes utilizadores, tais como, profissionais de saúde, investigadores, políticos e decisores e o público, incluindo pessoas com incapacidades;

  • Objetivos da CIF

    permitir a comparação de dados entre países, entre disciplinas relacionadas com os cuidados de saúde, entre serviços, e em diferentes momentos ao longo do tempo;

    proporcionar um esquema de codificação para sistemas de informação de saúde.

  • Quatro princípios gerais são essenciais para o desenvolvimento da CIF

    Universalidade
    Paridade e neutralidade etiológica
    Neutralidade
    Influência ambiental


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 32,50
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Objetivos da CIF
  • Quatro princípios gerais são essenciais para o desenvolvimento da CIF
  • Componentes da CIF e seu conteúdo
  • Definições da CIF
  • Qualificação
  • Capítulos dos componentes
  • Qualificadores
  • Fatores ambientais