Curso Online de Fisioterapia na Mastectomia

Curso Online de Fisioterapia na Mastectomia

Atuação da Fisioterapia na paciente mastectomizada.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Atuação da Fisioterapia na paciente mastectomizada.

Bacharel em Fisioterapia, ex-monitor de Avaliação Fisioterapêutica, ex- Membro da Liga de Traumatologia e Ortopedia da Estácio-FATERN,ex- membro da base de pesquisa de Laserterapia de baixa potência em doenças reumatologicas...



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Iury Douglas Aciole

    Iury Douglas Aciole

    Prevenção do Câncer de Mama e Atuação da Fisioterapia na Mastectomia

    2013

  • MAMAS

    MAMAS

    1.1 Anatomia das Mamas:
    Estruturas complexas constituídas por: tecido glandular, adiposo, tecido conectivo (sustentação) e aponeurose (ligamento de Cooper).

    Alvéolos: unidades básicas do tecido glandular onde é produzido o leite (ácinos). Se agrupam formando os lóbulos. O conjunto de 20 a 40 lóbulos formam os lobos. Cada mama possui cerca de 20 lobos.

    Mamilo: onde desembocam os ductos.

    Aréola: possui glândulas de Montgomery mantém os mamilos suaves e limpos.

  • Rede Linfática da Mama

    Rede Linfática da Mama

    Suprimento Sanguíneo e rede linfática:

    Artérias mamárias internas (60%) e mamária externa ou torácica lateral (30%);

    1. Linfonodos da cadeia axilar
    2. Linfonodos da cadeia mamária interna
    3. Linfonodos da cadeia supraclavicular

  • Fisiologia das Mamas

    Fisiologia das Mamas

    Hipófise anterior

    Prolactina

    Ácinos

    Hipófise Posterior

    Apojadura

    Ocitocina

    Mistura de água, açúcares, proteínas e outras substâncias - o leite materno.

    Contração das células mioepiteliais dos alvéolos e ejeção do leite, aumento do diâmetro dos ductos lactóforos e o movimento do leite para o mamilo.

  • Câncer de Mama

    Câncer de Mama

    1.3.1 Etiologia do CA de Mama:
    Causas Internas: Prevalece os carcinomas medulares (mutações no gene BRCA1 – japonesas - ou tubulares e lobulares (gene BRCA2 - americanas).
    Causas Externas

    Dois tipos de câncer de mama podem ser relacionados com a idade:
    1 - Ocorre na pré-menopausa, mais agressivo, estrogênio receptor (ER) negativo;
    2 - Ocorre na pós-menopausa, é ER positivo.

  • 1.3.2 Sinais e Sintomas:

    Nódulo palpável ou identificável;
    Secreção mamilar;
    Alterações da pele;
    Dor;

    Pode ficar na fase subclínica (menos que 1 cm) por cerca de 10 anos. Depois que o tumor se torna palpável, a duplicação é facilmente perceptível (3 a 4 meses), se não tratado, desenvolve metástases geralmente para os ossos, pulmões e fígado. (MS, 2006).

    http://www.medcenter.com/Medscape/uploadedImages/Content/Clinical_Case/clip_image001.jpg

    http://www.ufv.br/dbg/BIO240/AC%20059.htm

  • Estratégias de rastreamento:

    Estratégias de rastreamento:

    - Exame Clínico das Mamas: para todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade, com periodicidade anual.

    - Exame Clínico das Mamas e Mamografia Anual: para mulheres a partir de 35 anos de idade com risco elevado.

    Mamografia: para mulheres com idade entre 50 a 69 anos de idade, com intervalo máximo de 2 anos entre os exames.
    USG de mamas.

    O exame clínico da mama independente da faixa etária. (BRASIL,2006 ; INCA, 2007)

    http://www.itapevinoticias.jor.br/saude/uploaded_images/mamografia1-705315.jpg

  • Exame Clínico das Mamas (ECM)

    Exame Clínico das Mamas (ECM)

    Objetiva detectar anormalidades na mama ou avaliar sintomas relacionados aos cânceres da mama palpáveis, num estágio precoce de evolução.

    1º passo: inspeção visual
    Acrônimo BREAST (em inglês)
    B – massa na mama (breast mass),
    R – retração (retraction),
    E-edema (edema),
    A-linfonodos axilares (axillary nodes),
    S-ferida no mamilo (scaly nipple) e
    T-sensibilidade na mama (tender breast)

  • Exame Clínico das Mamas (ECM)

    Exame Clínico das Mamas (ECM)

    2º Passo: Palpação

    Palpação deve ser iniciada na axila!

    - Padrão vertical de palpação. Três níveis de pressão devem ser aplicados:
    leve, média e profunda

    Usar polpas digitais do 2º, 3º e 4º dedos da mão.

    3º Expressão Mamilar

    Exame clínico na mulher mastectomizada

    www.orientacoesmedicas.com.br

  • Exame Clínico das Mamas (ECM)

    Exame Clínico das Mamas (ECM)

    Para realização de um bom exame clínico, observar:

    Mudança de cor;
    Reentrâncias;
    Enrugamentos do tipo casca de laranja;
    Elevação da pele em uma área do seio;
    Tamanho ou formato do seio;
    Secreção no mamilo ou aréola;
    Um ou mais nódulos nas axilas.

  • Mamografia

    Mamografia

    Sensibilidade varia de 46% a 88%;

    - Depende de fatores :
    » tamanho e localização da lesão
    » densidade do tecido mamário
    (jovens apresentam mamas mais densas)
    » recursos técnicos
    » habilidade de interpretação

    http://1.bp.blogspot.com


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail: