Curso Online de Noções de Ergonomia
3 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Noções de Ergonomia

Este curso apresenta o origem e evolução da ergonomia, o seu conceito e abordagens, em que fases atua, no que é baseada, mostra as caract...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 2 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta o origem e evolução da ergonomia, o seu conceito e abordagens, em que fases atua, no que é baseada, mostra as características psicofisiológicas do homem, os objetivos da ergonomia, quando indicar uma análise ergonômica e seus objetivos, os tipos de ergonomia, sobre o ergonomista, ambiente de trabalho, carga de trabalho, seus componetes básicos, os fatores que influenciam, os que são mensuráveis, o limite da carga e os principais riscos musculares no trabalho.

Formação em Fisioterapia, com especializações em Fisioterapia Dermato-Funcional; Equilíbrio Neuromuscular; Terapia Manual e Postural.


- Maria VerÔnica Silva Pinto

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Ergonomia

    ergonomia

    ergo = trabalho
    nomos = lei, regra

    ergonomia

    estudo das leis do trabalho

  • Origem e evolução da Ergonomia

    origem e evolução da ergonomia

    o termo ergonomia foi utilizado pela primeira vez, em 1857, pelo polonês w. jastrzebowski, no artigo: “ensaio de ergonomia ou ciência do trabalho baseada nas leis objetivas da ciência da natureza”.
    em 1949, na inglaterra, murrel criou a primeira sociedade nacional de ergonomia, a “ergonomic research society”.

  • Origem e evolução da Ergonomia

    origem e evolução da ergonomia

    posteriormente, a ergonomia desenvolveu-se nos países industrializados (frança, eua, alemanha, japão).
    em 1959 foi fundada a “international ergonomics association”.
    em 31 de agosto de 1983 foi criada a abergo
    em 1989 foi implantado o primeiro mestrado do país no ppgep/ufsc.

  • Origem e evolução da Ergonomia

    origem e evolução da ergonomia

    atualmente, a ergonomia pode ser caracterizada segundo quatro níveis de exigências:

    as exigências tecnológicas: técnicas de produção

    as exigências econômicas: qualidade e custo de produção

    as exigências sociais: melhoria das condições de trabalho

    as exigências organizacionais: gestão participativa

  • Ergonomia

    ergonomia

    “conjunto de conhecimentos científicos relativos ao homem e necessários para conceber as ferramentas, as máquinas e os dispositivos que podem ser utilizados com o máximo de conforto, segurança e eficiência”
    alain wisner

  • Ergonomia

    ergonomia

    conceito da associação brasileira de ergonomia (abergo):
    “a ergonomia é o estudo da adaptação do trabalho às características fisiológicas e psicológicas do ser humano”.

  • Ergonomia

    ergonomia

    conceito da ergonomics research society (u.k.):
    “a ergonomia é o estudo da relacionamento entre o homem e o seu trabalho, equipamento e ambiente, e particularmente a aplicação dos conhecimentos de anatomia, fisiologia e psicologia na solução surgida neste relacionamento”.

  • Ergonomia

    ergonomia

    conceito da international ergonomics association (iea):
    “a ergonomia é o estudo científico da relação entre o homem e seus meios, métodos e espaços de trabalho. seu objetivo é elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que, dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar em uma melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e dos ambientes de trabalho e de vida”.

  • Abordagens

    abordagens

    americana: dos métodos e das tecnologias, centrada na contínua necessidade de adaptação da máquina ao homem (e assim, escrava do aperfeiçoamento tecnológico);
    estudo dos aspectos biomecânicos e fisiológicos;
    métodos: ênfase nos aspectos quantitativos (positivismo)
    analisa o trabalho do ponto de vista da administração

  • Abordagens

    abordagens

    européia: da organização do trabalho, com bases no estudo da inter-relação entre homem e trabalho (como “sente” o trabalho);
    estudo da atividade – distingue trabalho prescrito (tarefa) do trabalho real.
    métodos: observação participante; trabalhador é sujeito ativo no processo de pesquisa; qualitativo.
    analisa o trabalho sob a perspectiva do trabalhador.

  • Abordagens

    abordagens

    americana e européia, não são opostas, mas complementares

    melhor desenvolvimento da relação
    homem x trabalho

    necessária para atingir a tríade
    conforto-segurança-eficiência


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Ergonomia
  • Origem e evolução da Ergonomia
  • Ergonomia
  • Abordagens
  • Ergonomia
  • Conforto
  • Segurança
  • Eficiência
  • Características psicofisiológicas do homem
  • Objetivo da Ergonomia
  • Objetivos da Ergonomia
  • Objetivo específico do estudo do ergonomista
  • A ergonomia busca conhecer o comportamento do operador
  • Quando indicar uma Análise Ergonômica
  • Tipos de Ergonomia
  • Ergonomista
  • Ambiente de trabalho
  • Objetivos da Análise Ergonômica
  • Carga de Trabalho
  • Componentes básicos da carga de trabalho
  • Fatores que influenciam na carga de trabalho
  • Fatores mensuráveis da carga de trabalho
  • Limite da carga de trabalho
  • Principais riscos musculares no trabalho
  • Bibliografia