Curso Online de PRINCIPAIS DOENÇAS PEDIÁTRICAS MOTORAS

Curso Online de PRINCIPAIS DOENÇAS PEDIÁTRICAS MOTORAS

O Curso descreve sobre algumas doenças que acometem na área da pediatria, como Paralisia Cerebral,Espinha Bífida, Luxação Congenita do qu...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 11 horas


Por: R$ 42,50
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

O Curso descreve sobre algumas doenças que acometem na área da pediatria, como Paralisia Cerebral,Espinha Bífida, Luxação Congenita do quadril,Torcicolo congenito,Pé torto congenito, Artrogripose múltipla congenita, Distrofia muscular de Duchenne,Síndrome de Down, Doença de Osgood- Schlater, Doença de Legg-Calvé-Perthes.
definição, etiologia, diagnóstico, tratamento e fisioterapia.

Fisioterapeuta, pós graduada em: Fisioterapia Intensiva em Pediatria e neonatologia. Cursos de extensão em: Ventosaterapia, Ergonomia, Dry Needling, Ventilação Mecãnica em Pediatria, nas áreas de ortopedia, e de pediatria entre outros. APAIXONADA PELA PROFISSÃO, AMO PODER ENSINAR E PASSAR O POUCO QUE SEI. *OS CURSOS SÃO CURSOS COMO INTRODUÇÃO NO ASSUNTO CITADO, COM OBJETIVO DE ENSINAR AO ALUNO SOMENTE O CONTEÚDO TEÓRICO SOBRE O ASSUNTO. SENDO ASSIM, NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS E NÃO GARANTIMOS O DESEMPENHO DO ALUNO NA PRÁTICA, POIS A EXECUÇÃO DA PARTE PRÁTICA SOBRE TUDO O QUE O ALUNO APRENDEU ESTUDANDO A TEORIA DURANTE O CURSO, DEPENDERÁ DA HABILIDADE, COMPETÊNCIA E APTIDÃO DE CADA ALUNO.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • PRINCIPAIS DOENÇAS PEDIÁTRICAS MOTORAS

    FONTE: GOOGLE IMAGENS
    PEDIATRIA

  • Algumas patologias

    Paralisia Cerebral
    Espinha Bífida
    Luxação Congênita do quadril
    Torcicolo congênito
    Pé torto congênito
    Artrogripose múltipla congênita
    Distrofia muscular de Duchenne
    Síndrome de Down
    Doença de Osgood- Schlater
    Doença de Legg-Calvé-Perthes

  • ENCEFALOPATIA CRÔNICA NÃO PROGRESSIVA OU PARALISIA CEREBRAL

  • PARALISIA CEREBRAL

    A PC, chamada também de encefalopatia crônica não progressiva da infância, é caracterizada como uma alteração ou lesão no SNC, com comprometimento motor e também cognitivo, sendo considerada uma lesão estática não progressiva.

    Pode surgir no período pré-natal, peri ou mesmo no pós-natal, associadas a fatores endógenos e exógenos.

  • PARALISIA CEREBRAL

    O fator endógeno mais comum é o potencial hereditário que foi herdado, dando uma maior capacidade ao SNC de se lesionar.

  • Os fatores exógenos

  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS

    Espasticidade:
    Mais frequente, e pode apresentar monoplegia, hemiplegia, diplegia, triplegia ou tetraplegia.
    Se relaciona a lesão no neurônio da via corticospinhal.
    A criança apresenta aumento de tônus, hiperreflexia, resistência ao movimento passivo, postura flexora m MMSS, extensora em MMII, déficit de força localizado ou generalizado e sinal de Babinski.

  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS

    Hipotonia:
    Tônus postural baixo, com co-contração de tronco e pescoço insuficiente, impedindo a aquisição de posturas frente a gravidade.
    Acontece falta de alinhamento devido a alterações na instabilidade proximal e o corpo se apresenta excessivamente no plano de apoio.
    Indica atraso cognitivo ou prognóstico reservado.

  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS

    Flutuações ou Atetoses:
    Tônus variável, sendo o prejuízo motor resultante da lesão nos núcleos da base ou nas vias aferentes e eferentes e estes núcleos.
    Associa a alteração no planejamento motor, com movimentos involuntários decorrentes.
    Na atetose pura, os movimentos involuntários são mais distais sem grandes prejuízos nas reações de balance, e o tônus varia de normal para baixo.

  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS

    Na coreoatose, o tônus é de baixo para alto e os movimentos involuntários são mais proximais com maior prejuízo nas reações de balance.
    Na atetose com distonia, o paciente flutua da hipertonia para hipotonia e evolui com grande assimetria e influencia do reflexo tônico cervical assimetrico (RTCA), além disso os movimentos involuntários são proximais e em grandes ADMs, com reações de balance ausentes ou inadequadas.
    A atetose com espasticidade o tônus se mantém entre normal e aumentado, ocorre espasticidade proximal e movimentos involuntários distais.

  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS

    Ataxia:

    Associa à lesão cerebelar.
    A criança evolui com tônus postural baixo, não tem capacidade de manter a postura e apresenta grande instabilidade durante o movimento.
    Ocorre alteração da coordenação, com padrões de movimento sem seletividade, tremor, dismetria, disdiadococinesia, oscilação de cabeça e tronco, marcha com base, alargada e nistagmo.
    Pode associar à espasticidade.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 42,50
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • PRINCIPAIS DOENÇAS PEDIÁTRICAS MOTORAS
  • Algumas patologias
  • ENCEFALOPATIA CRÔNICA NÃO PROGRESSIVA OU PARALISIA CEREBRAL
  • PARALISIA CEREBRAL
  • Os fatores exógenos
  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO TÔNUS
  • CLASSIFICAÇÃO QUANTO A TOPOGRAFIA
  • PARALISIA CEREBRAL
  • FISIOTERAPIA
  • PARALISIA CEREBRAL
  • ESPINHA BÍFIDA
  • FISIOTERAPIA
  • ESPINHA BÍFIDA
  • LUXAÇÃO CONGÊNITA DO QUADRIL OU DISPLASIA DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRIL
  • RAIO X
  • LUXAÇÃO CONGÊNITA DO QUADRIL OU DISPLASIA DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRIL
  • TORCICOLO CONGÊNITO
  • PÉ TORTO CONGÊNITO
  • DEFORMIDADE
  • PÉ TORTO CONGÊNITO
  • ARTROGRIPOSE MÚLTIPLA CONGÊNITA
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE (DMD)
  • SINAL DE GOWERS
  • DISTROFIA MUSCULAR DE DUCHENNE (DMD)
  • FISIOTERAPIA
  • SÍNDROME DE DOWN (SD)
  • SÍNDROME DE DOWN(SD)
  • SÍNDROME DE DOWN (SD)
  • DOENÇA DE OSGOOD-SCHLATER
  • DOENÇA DE LEGG-CALVÉ-PERTHES
  • FISIOTERAPIA
  • Referências Bibliográficas