Curso Online de Medicina Tradicional  Chinesa  -Tratamento Da Lombalgia

Curso Online de Medicina Tradicional Chinesa -Tratamento Da Lombalgia

A medicina chinesa tem sido praticada a milhares de anos no Oriente no tratamento de lombalgia e vem crescendo mais nos últimos anos com ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 15 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A medicina chinesa tem sido praticada a milhares de anos no Oriente no tratamento de lombalgia e vem crescendo mais nos últimos anos com as modalidades de acupuntura, fitoterapia, moxabustão, Tui Na, etc.
Normalmente a acupuntura é utilizada para o alivio da dor, na MTC a dor é vista como um sintoma que se manifesta quando há uma desarmonia do livre fluxo de QI e sangue, ou seja, quando ocorre um bloqueio.
A lombalgia na Medicina Chinesa é causada por invasões externas, internas e independentes.
As causas externas referem-se à invasão de excessos ambientais, enquanto as causas internas referem-se aos danos causados ??por paixões ou emoções e as causas chamadas de independentes são lesões traumáticas, desequilíbrio alimentar, exercícios insuficientes, tributação excessiva, o sexo sem disciplina e abuso de drogas.
Segundo a medicina chinesa, o qi e o fluxo de sangue podem ser afetados pela invasão das energias do ambiente externo, uma das cinco funções do Qi é proteger o corpo contra a invasão das energias do ambiente, se o qi defensivo esta fraco os fatores causadores podem invadir o corpo, fixando-se nos canais, e bloqueando o fluxo de qi e sangue nos canais. Segundo praticantes de Medicina Chinesa, tal invasão por energias externas só pode ocorrer se o qi defensivo é deficiente.

*Terapeuta naturalista e massagista. *Técnico em medicina chinesa, *Técnico em medicina ayurveda *Técnico em medicina e tibetana *Consultor programação neurolinguística. *Consultor inteligência emocional aplicada em sala de aula. *Técnico em leitura dinâmica, mapas mentais e aprendizagem acelerada. *Formado em química / biologia



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Lombalgia

  • Introdução - Epidemiologia

    Incidência muito alta: 60 a 90% dos indivíduos apresentam o sintoma em algum período da sua vida
    Responsáveis por impacto físico, emocional, social e econômico.
    Estão entre as causas mais freqüentes de ausência no trabalho e dor crônica.

  • Segundo distúrbio doloroso que mais afeta o homem, sendo sobrepujado apenas pela cefaléia

    No atendimento primário por médicos não- especialistas, para apenas 15% das lombalgias e lombociatalgias, se encontra uma causa específica.

  • Definições

    Lombalgia: dor em região lombar
    Lombociatalgia: dor em região lombar e no trajeto do nervo ciático
    Cervicobraquialgia: dor em região cervical e nos braços (plexo braquial)

  • Anatomia

    Coluna Vertebral
    Protege a medula espinal e os nervos espinais
    Suporta o peso do corpo
    Fornece um eixo parcialmente rígido e flexível para o corpo e um pivô para a cabeça
    Exerce um papel importante na postura e locomoção movimento de um lugar a outro.

  • Ela é formada tipicamente por 33 vertébras dispostas em cinco regiões:
    7 cervicais
    12 torácicas
    5 lombares
    5 sacrais
    4 coccígeas
    O movimento ocorre apenas entre 24 vértebras: 7 cervicais, 12 torácicas e 5 lombares.
    As 5 vértebras sacrais são fundidas nos adultos para formar o sacro, e as quatro vértebras sacrais são fundidas para formar o cóccix

  • Anatomia - Vértebras

    A coluna vertebral é flexível porque é composta de muitos ossos relativamente pequenos as vértebras.
    As vértebras são separadas pelos discos intervertebrais
    Embora o movimento entre duas vértebras seja pequeno, juntas elas formam uma coluna extraordinariamente flexível.

  • Atlas Vertebra Cervical I
    Vertebra Cervical IV
    Vertebra Torácia I com costelas e esterno
    Vertebra Lombar III
    Osso Sacro

  • Anatomia Disco Intervertebral

    Atuam como absorventes de choque
    Proporcionam fixações resistentes entre os corpos vertebrais
    Suas formas variadas produzem as curvaturas secundárias da coluna
    Cada disco é composto de:
    Um anel fibroso uma parte fibrosa externa composta de lamelas concêntricas de fibrocartilagem
    Uma massa central gelatinosa o núcleo pulposo.

  • Medula Espinal e Coluna Vertebral

    As raízes nervosas não estão no mesmo nível das vertebras
    Nos adultos, a medula estende-se do forma magno até o nível da vértebra L2.
    Por isso, em um adulto, percebe-se a extensão das raízes, e as que se originam da intumescência lombossacral e do cone medular foram a cauda eqüina.

  • Anatomia Músculos do Dorso

    São necessários muitos músculos fortes fixados nos processos espinhosos e transversos para suportar e mover a coluna vertebral.
    Existem 3 grupos de músculos:
    Os grupos superficial e intermediário incluem os músculos extrínsecos do dorso
    O grupo profundo inclui os músculos intrínsecos do dorso ou músculos verdadeiros que atuam especificamente sobre a coluna vertebral, produzindo seus movimentos e


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Introdução - Epidemiologia
  • Definições
  • Lombalgia
  • Anatomia
  • Anatomia - Vértebras
  • Anatomia - Disco Intervertebral
  • Medula Espinal e Coluna Vertebral
  • Anatomia - Músculos do Dorso
  • Anatomia - Plexos
  • Classificação das Lombalgias
  • Classificação - Duração
  • Classificação - Causas
  • Fatores de Risco
  • Avaliação da Lombalgia
  • Caracterização Etiológica (diagnóstico)
  • Causas Etiológicas
  • os Cinco Elementos
  • Lombalgia por Deficiência de Rim
  • Avaliação
  • Objetivo
  • Técnica dos Quatro Pontos
  • Técnica dos Quatro Pontos- Pontos de Tonificação
  • Técnica dos Quatro Pontos- Pontos de Sedação
  • Tratamento da Deficiência de Rim
  • Coluna Lombar
  • Lombalgias Em Crianças e Adolescentes
  • Conceitos Gerais
  • Aspectos Anatômicos
  • Considerações Clínicas
  • Classificação Etiopatogênica
  • Congênitas
  • Funcionais
  • Inflamatórias
  • Traumáticas
  • Degenerativas
  • Tumorais
  • Bibliografia