Curso Online de Odontologia  para a Gestantes e o Recém-nascido
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de Odontologia para a Gestantes e o Recém-nascido

Esta curso enfoca na odontologia para gestantes, sobre curiosidades sobre a gestação e o pós parto relacionado a saude bucal, acompanha t...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Esta curso enfoca na odontologia para gestantes, sobre curiosidades sobre a gestação e o pós parto relacionado a saude bucal, acompanha tambem a odontologia no dia a dia dos RN e as doenças mais cumuns que acomete essa fase.
Bom Curso e Bom aprendizado!!!

Tecnólogo em Agente Comunitário em Saúde pela UPE (Universidade de Pernambuco), Escola Estadual Almirantes Soares Dultra, Ensino a Distância (2010 a 2012); Bacharel em Odontologia (2011-2014) pelas FIP (Faculdades Integradas de Patos) com bolsa de 50% PROUNI; Especialista em Saúde Coletiva pelas Faculdades Integradas de Patos (2013-2015; Professor do curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde pela ADESJE (Agência de Desenvolvimentos de São José do Egito) no ano de 2015;Coordenador e professor do curso técnico em Saúde Bucal da Escola Técnica Santo Expedito- unidade Cariri-(2016); Mestre em Saúde Coletiva- Faculdade de Odontologia e Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic, Campinas-SP.


- Sheila Priscila Ribeiro Da Silva Lima

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Odontologia
    para gestantes e
    recém-nascido

  • PARA DAR INICIO AO CURSO
    VAMOS OBSERVAR ALGUMAS PERGUNTAS E RESPOSTAS SIMPLES SOBRE O ASSUNTO

  • Saude Bucal Da Gestante

  • Uma gestante deve fazer uma higiene bucal apropriada e ter as mesmas preocupações do que qualquer pessoa. A limpeza diária com escova, pasta e fio ou fita dental deve ser feita com cuidado e calma para que a futura mamãe não precise se preocupar com os dentes e apenas com seu bebê que está para chegar.

  • A gravidez é um estado sublime na vida de uma mulher... Mudanças fisiológicas e comportamentais são naturais durante todo o período e a gestante se torna emocionalmente mais receptiva a adquirir bons hábitos, porque sabe que isso influenciará diretamente o desenvolvimento do seu bebê. E com os dentes, a preocupação não deve ser diferente. Toda futura mamãe deve seguir a orientação de um especialista para manter a sua saúde e a do bebê em perfeita condições.

  • O melhor período para realizar um tratamento dentário é entre o quarto e sexto mês de gestação. Porém, já no início da gravidez, deve-se procurar um dentista para uma orientação preventiva. Se houver necessidade de tratamento, este deve ser realizado uma vez que infecções e cáries não tratadas podem prejudicar a saúde da gestante e do bebê.

  • Na hora de iniciar o tratamento, há medicamentos e anestésicos adequados que evitam que a pressão arterial das gestantes fique elevada. Nesta situação, o dentista deve consultar o obstetra para escolha do medicamento e/ou anestésico apropriado. Por esse motivo, é fundamental informar o especialista da gestação antes de iniciar qualquer procedimento.

  • Durante o tratamento odontológico, as radiografias devem ser evitadas, sobretudo no primeiro trimestre da gravidez. No entanto, caso elas sejam imprescindíveis, alguns fatores garantem a segurança da mamãe e do bebê: o raio-X é, normalmente, dirigido à boca, distante da barriga e a quantidade de radiação e o tempo de exposição são menores do que o normal. Além disso, seja qual for a fase da gestação, é necessária a utilização de um avental de chumbo cuja função é neutralizar os efeitos da radiação.

  • Dentes não "estragam" com mais facilidade durante a gravidez. Ao contrário do que muita gente pensa, a gravidez não é responsável pelo aparecimento de cárie, nem pela perda de minerais do dente da mãe para a formação das estruturas calcificadas do bebê

  • O aparecimento de cáries pode estar relacionado ao aumento da freqüência de ingestão de alimentos cariogênicos (ricos em açúcar), pela limpeza inadequada dos dentes e por mudanças de hábitos alimentares durante a gestação.

  • Durante a gravidez, a gengivite (inflamação da gengiva) pode ser agravada causando sangramento. Isso acontece, normalmente, devido ao fato de a placa bacteriana não ter sido retirada completamente


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • A gestante pode receber tratamento odontológico?
  • Existem riscos quanto à anestesia local?
  • A gestante pode ser radiografada?
  • Dizem que, na gravidez, os dentes "estragam" com mais facilidade. Isso é verdade?
  • E quanto à gengiva? Ela se inflama com mais facilidade?
  • Existem cuidados especiais para a higiene bucal?
  • Quando os dentes do bebê começam a se formar?
  • Existe algum fortificante para ser tomado a fim de assegurar uma boa dentição para o futuro bebê?
  • E o flúor?
  • A amamentação é importante para os dentes do bebê?
  • E então, o que deve a gestante fazer para que bebê tenha bons dentes?
  • Após o nascimento, quando devo levar a criança pela primeira vez ao dentista?
  • Cárie Dentária
  • Hábitos Bucais Deletérios
  • Higiene Bucal do Bebê
  • Doenças da Boca mais Comuns
  • Cárie Precoce da Infância
  • Candidíase
  • Estomatite Herpética Infantil