Curso Online de TRATAMENTO ENDODÔNTICO

Curso Online de TRATAMENTO ENDODÔNTICO

Conhecimento teórico sobre as alterações pulpares e periapicais e seus respectivos tratamentos passo-a-passo pelas técnicas de Mário Leon...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Conhecimento teórico sobre as alterações pulpares e periapicais e seus respectivos tratamentos passo-a-passo pelas técnicas de Mário Leonardo, e, também as propriedades e indicações das medicacões intracanais e soluções irrigadoras.

Conteúdo Programático:
1. Alterações Pulpares
2. Alterações Periapicais
3. Biopulpectomia
4. Necropulpectomia I e II



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Tratamento Endodôntico

    Tratamento Endodôntico

    Por: Karollynne Góes

  • INTRODUÇÃO

    INTRODUÇÃO

    Antes de escolher qualquer tipo de tratamento dentário, seja endodôntico, restaurador, cirúrgico, protético, etc., deve-se primeiro conhecer o que é normal e o que não é normal em determinada área da odontologia, em seguida, adequar a cada caso um determinado plano de tratamento.
    Este curso tem como objetivo auxiliar o profissional ou estudante de odontologia quanto a correta detecção dos sinais e sintomas das alterações pulpares e periapicais, e, seus tratamentos.

  • ALTERAÇÕES PULPARES

    ALTERAÇÕES PULPARES

    ENDODONTO
    -Dentina
    -Polpa
    -Cavidade pulpar
     
    REGIÃO APICAL E PERIAPICAL
    -Ápice
    -Tecidos de sustentação do dente: limite CDC, cemento, coto pulpar, forame, ligamento periodontal apical, parede e osso alveolar
     
    POLPA
    - Tecido conjuntivo frouxo maduro
    - Células residentes: fibroblastos, células mesenquimais indiferenciadas, linfócitos, odontoblastos, macrófagos.
    - Células transitórias: Leucócitos PMNs
    FUNÇÕES DA POLPA: Formativa, Defensiva, Nutritiva, Sensorial
     
    COMPLEXO TECIDUAL DENTINO-PULPAR
    - Representa o Endodonto
    - Constituição: Dentina, Pré-dentina, camada odontoblástica, camada sub-odontoblástica, polpa e cavidade pulpar.

  •  
    DENTINA
    - Tecido mineralizado de natureza tubular
    - Células mesenquimais se diferenciam em odontoblastos.
    PRÉ-DENTINA
    - Matriz de dentina ainda não mineralizada
    - Localizada entre a dentina mineralizada e a camada odontoblástica.
    CAMADA ODONTOBLÁSTICA
    - Odontoblastos
    - Elevado potencial de diferenciação
    -Não se reproduzem
     CAMADA SUB-ODONTOBLÁSTICA
    - Entre a camada odontoblástica e o interior da polpa.
    - Apresenta células mesenquimais indiferenciadas que podem originar novos fibroblastos, ou mesmo, pré-odontoblastos.
     POLPA DENTÁRIA
    - Defesa
    -Cicatrização e reparação
    - Paredes rígidas em volta
     ETIOLOGIA DAS ALTERAÇÕES PULPARES
    - Físicos
    - Químicos
    - Biológicos
    -Envelhecimento

  •  
    ALTERAÇÕES PULPARES
    - Pulpites Agudas: Pulpite Aguda Reversível, Pulpite Aguda Irreversível
    - Pulpites crônicas: Pulpite Crônica Hiperplásica ( Pólipo,) Pulpite Crônica Ulcerada
    - Necrose Pulpar
    O tratamento clínico mais indicado vai depender de um diagnóstico bem realizado.
    Anamnese e exame clínico é fundamental 
    EXAME CLÍNICO:
    - Anamnese
    - Inspeção dentária
    - Percussão dentária
    - Palpação
    -Sondagem
    - Mobilidade dentária
    - Testes de sensibilidade (vitalidade pulpar) 
    TESTE DE SENSIBILIDADE AO FRIO
    - Aplicação durante aproximadamente 4 seg
    - Temperatura entre 0 a -50°C
    - Na vestibular do dente
    - Pulpite aguda irrevessível: resposta dolorosa intensa e maior duração
    - Necrose pulpar: não responderão aos testes
    - Lápis ou cilindro de gelo
    - Aerosol congelante: diclorodifluorometano (DDM) ou tetrafluoretano . Ex Green Endo Ice ou EndoFrost.

  • TESTE DE SENSIBILIDADE AO CALOR
    - Bastão de guta-percha aquecido (76° C)
    - Espátulas ou brunidores aquecidos
    - Menos confiável do que a do frio
    - A temperatura quando superior a 65,5° é suficiente para causar uma reação irreversível em uma polpa normal ou hiperêmica
    - Polpa normal: resposta dolorosa aguda ou fugaz
    - Pulpite aguda reversível: semelhante a polpa normal
    - Pulpite aguda irreversível: resposta prolongada e acentuada
    - Necrose pulpar: não respondem ou podem responder dependendo da quantidade de canais ou gazes.
     
    TESTE DA CAVIDADE
    - É o mais confiável
    - Sem anestesia
    - Dentina cariada é removida com colheres de dentina ou brocas de grande diâmetro.
    TESTE ELÉTRICO DE SENSIBILIDADE PULPAR
    - Estimular os nervos sensitivos presentes em uma polpa vital
    - Resposta positiva: sensação de calor ou formigamento
    TESTE DA ANESTESIA
    - Último recurso
    - Indicação: pulpite aguda irreversível com dor espontânea difusa.

  • EXAME RADIOGRÁFICO
    - Exame complementar para o diagnóstico, o paciente não é uma radiografia.
    - Pulpites agudas reversíveis, irreversíveis não são indicadas radiograficamente.
    - Evidencia de cáries profundas, restaurações deficientes, anatomia radicular, reabsorção interna e externa, fraturas radiculares.
    - Somente em alterações que são ou foram crônicas é que se vai observar lesões no periápice, é necessário tempo para que se tenha reabsorção óssea.
    PULPITE AGUDA REVERSÍVEL
    - Dor provocada nos testes de sensibilidade e durante sua realização
    - Sangrante ao toque
    - Sangramento abundante e vermelho rutilante
    - Resistente ao corte com consistência e estruturas preservadas.
    - RX: Normal, Lâmina dura intacta
    - Prognóstico: BOM
    Tratamento: Conservador. Capeamento indireto e direto. Curetagem. Pulpotomia.
    PULPITE AGUDA IRREVERSÍVEL
    - Dor espontânea, exarcebada pelo frio ou calor.
    - Localizada ou reflexa.
    - Dor intensa, pulsátil
    - Intermitente (Inicial) e Ininterrupta
    - Analgésicos sistêmicos não conseguem debelar a dor.

  • ASPECTOS MACROSCÓPICOS DA POLPA VITAL
    - Com consistência
    - Resistente ao corte
    - Hemorragia suave
    - Sangue de coloração vermelho rutilante
    - Tratamento: Biopulpectomia Pulpotomia (dentes com rizogenese incompleta)
    PULPITES CRÔNICAS
    - Evolução da pulpite irreversível
    - Pacientes jovens como resultante de uma irritação de baixa intensidade e de longa duração sobre uma polpa com elevada resistência.
    -Classificação Clínica: Pulpite crônica ulcerada, Pulpite crônica hiperplásica, Reabsorção interna
    PULPITE CRÔNICA ULCERADA
    - Úlcera na superfície exposta da polpa
    - Tecido ulcerado e células de defesa
    - Diagnóstico Clínico: Dor ao mastigar
    - Evolução Clínica: Manutenção Necrose gradual ou lenta. Reagueecimento
    - Raio X: ligamento normal ou espessado
    -Tratamento: Pulpotomia: polpa com característica vital.
    Biopulpectomia .

  • PULPITE CRÔNICA HIPERPLÁSICA
    - Diagnóstico Clínico Diferencial
    Gengiva: Parte da papila gengival
    Periodontal: Perfurações de assoalho da câmara pulpar
     
    REABSORÇÃO INTERNA
    - Alteração vasculo-celular da polpa, através de uma atividade clastica.
    - Polpa com vitalidade
    - Tratamento: Biopulpectomia

    REABSORÇÃO EXTERNA
    - A partir do periodonto lateral
    - Pode ou não chegar a polpa
    - Traumas, tratamentos ortodônticos

    CALCIFICAÇÃO NECROSE PULPAR
    - Cessação dos processos metabólicos pulpar, perda de vitalidade, de suas estruturas e defesas naturais.
    - Diagnóstico clínico: Geralmente assintomática. Alteração de cor da coroa dental
    - Tratamento: Necropulpectomia I

    GRANGRENA PULPAR
    - Morte da polpa seguida de contaminação bacteriana
     

  • ALTERAÇÕES PERIAPICAIS

    ALTERAÇÕES PERIAPICAIS

    Teste de vitalidade pulpar negativo e teste de percussão positivo: sugere que tem uma inflamação ao redor do elemento dental, produzindo pus e irritando o ligamento periodontal então o paciente sente “dor”, o dente está necrosado mas sente dor pela irritação no ligamento periodontal.
     
    REGIÃO PERIAPICAL
    - Cemento
    - Ligamento Periodontal
    - Osso Alveolar
     
    LIGAMENTO PERIODONTAL
    - Tecido conjuntivo
    - Na região foraminal apical possui relação de continuidade com a polpa dentária.
    - Terminação nervosa proprioceptivas sensíveis à palpação.
    - Espessura de 0,25 mm
    - Fibroblasto, fibras colágenas, fibras nervosas, restos de Mallassez.
    - Onde se desenvolve o processo inflamatório que desencadeiam as alterações patológicas periapicais.
     

  • OSSO ALVEOLAR
    - Osso que reveste os alvéolos
    - Linha radiopaca: lâmina dura
    - Osteoblastos(forma osso), osteoclastos(reabsorção) e osteócitos( se transformam em osteoblastos ou osteoclastos).
     OBS: há uma linha radiopaca ao redor do dente, quando essa linha desaparece é porque tem uma lesão.
    OBS: Para uma reabsorção óssea aparecer na radiografia precisa do processo estar acontecendo a no mínimo 4 meses. Os osteoblastos para produzirem osso precisa-se de também 4 meses. Mesmo fechando o canal (mais ou menos 1 mês de tratamento) ainda vai continuar aparecendo a lesão na radiografia), então precisa-se um acompanhamento de mais 3 meses para saber se o tratamento teve sucesso ou não.
    PERIODONTITE APICAL
    - Pericementite
    - Inflamação dos tecidos periapicais
    - Bacteriana
    - Traumática
    - Regurgitamento dos vasos sanguíneos, com aumento da permeabilidade vascular : EDEMA.
    - Dente Crescido, dor à mastigação, positividade a percussão vertical.
    - Leve mobilidade
    - Dolorido à percussão.
    - Aumento do espaço periodontal.
    - Tratamento: remoção da causa. Tratamento endodôntico .


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Tratamento Endodôntico
  • INTRODUÇÃO
  • ALTERAÇÕES PULPARES
  • ALTERAÇÕES PERIAPICAIS
  • TRATAMENTOS
  • BIOPULPECTOMIA
  • NECROPULPECTOMIA