Curso Online de Neuropsiquiatria - A Avaliação do Paciente
5 estrelas 5 alunos avaliaram

Curso Online de Neuropsiquiatria - A Avaliação do Paciente

Neste curso você encontra: - Semiotécnica - Anamnese Psiquiátrica - Noção de Morbidade ou Insight - Atitude e suas Alterações - Aparência...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 80,00 Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Mais de 250 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Neste curso você encontra:
- Semiotécnica
- Anamnese Psiquiátrica
- Noção de Morbidade ou Insight
- Atitude e suas Alterações
- Aparência
- Consciência
- Alterações Quantitativas Patológicas no Rebaixamento de Consciência
- Síndromes Patológicas Associadas ao Rebaixamento
- Alterações Qualitativas no Estreitamento
- Testes
- Tipos de Orientação
- Alterações na Orientação
- Consciência do Eu
- Consciência da Atividade do Eu
- Consciência de Unidade do Eu
- Consciência de Identidade do Eu
- Consciência de Oposição do Eu em Relação aos Outros
- Vivências Têmporo-Espaciais
- Anormalidades da Vivência do Tempo
- Alterações das Vivências Espaciais
- Atenção
- Natureza da Atenção
- Direção da Atenção
- Alterações Quantitativas da Atenção
- Alterações Qualitativas da Atenção
- Como Avaliar

Graduado em Medicina pelo Centro Universitário de Caratinga - UNEC (2013). Medico residente em Neurocirurgia e Neurologia pela Santa Casa de Diamantina e Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Colaborador do serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hospital Municipal de Contagem - HMC (2013). Médico do Grupo Humanitar Saúde. Junto ao Prof.Dr.Sebastião Gusmão, é autor do livro "O Exame Neurológico Esquematizado" (ISBN: 978-85-60-596-49-2). Fundador da Liga de Urgência Emergência e Medicina Intensiva - LUEMI (2010). Membro fundador da organização humanitária Voluntários que Salvam - VS (2012). Membro científico da Sociedade Brasileira de Neurociência desde 2011. Sócio da Sociedade Brasileira de Terapia Intensiva - CNI (Reg.:11.916). Em seu currículo destacaram-se as seguintes atividades: Pesquisador pela Fundação de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais - FAPEMIG (2008-2013). Colaborador no Pronto Atendimento Municipal - PAM. Organização de 10 eventos científicos. Monitor das disciplinas de Neuroanatomia (2009), Semiologia Médica (2012) e Biofísica (2008-2009). Apresentação de 16 trabalhos científicos em eventos. Desenvolvimento de pesquisas no Laboratório de Dor, Inflamação e Laserterapia - LABINFLA (2008-2012). Participação em 38 eventos científicos nas condições de convidado, participante e ouvinte. Realização de 43 cursos em caráter de formação complementar. Autor de cursos de curta duração para realização na modalidade ensino à distância. Participação ativa em Ligas Acadêmicas. Atuação em Clinica Médica Psicológica (2012). Atendimento humanitário no continente Africano de forma voluntária (2013). Currículo na íntegra pode ser acessado em: http://lattes.cnpq.br/8187699820070740


- Marino Luiz Monteiro

- Felipe Bizon De Andrade

- Maria Raimunda Rodrigues Nascimento

- Roberto Schwarz

"fiquei sabendo como avaliar um paciente fazer sua descricao foi um cursso muito bem explicado"

- Raquel Pompeu Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • NEUROPSIQUIATRIA

    neuropsiquiatria

    a avaliação do paciente
    por
    felipe augusto

  • Mensagem do Autor

    mensagem do autor

    este curso contêm 50 slides completando 30 horas/aula que irão abordar inicialmente a anamnese e posteriormente a alteração das funções psíquicas. o início realmente é mais cansativo pois delimita bem cada parte da anamnese neuropsiquiátrica, no entanto posteriormente as funções psíquicas são descritas de uma forma muito fácil de serem entendidas trazendo grande beneficio ao aluno. espero que seja de muito proveito para o seu aprendizado e prática profissional.
    felipe augusto

  • SEMIOTÉCNICA

    semiotécnica

    é parte fundamental e se refere aos procedimentos específicos de observação e coleta dos sinais e sintomas bem como sua interpretação. veremos posteriormente “como” e “quando” fazer as perguntas e quais são mais adequadas para o estabelecimento de uma relação produtiva

  • ANAMNESE

    anamnese

    identificação: nome. nacionalidade. residência. procedência. data do nascimento. sexo. etnia. estado civil. profissão. religião. grau de instrução.. filiação. documento de identidade. data da internação ou do exame.
    queixa principal: descrição sumária daquilo que trouxe o doente ao exame: abandono das tarefas usuais tentativa de suicídio agressão a pessoas ou coisas como foi internado quem o trouxe
    deve ser relatada com as palavras do paciente, entre aspas ou com sic. a ausência de queixa também deve ser registrada.

  • ANAMNESE

    anamnese

    motivo do atendimento, causa da internação: só é necessário quando não há consciência de morbidade por parte do paciente. o seu conteúdo é fornecido por outra pessoa. são reproduzidas literalmente as palavras do informante.
    história da doença atual - hda: quando começou  como começou que idéia ele faz da sua doença (impacto sobre a vida) como pensa melhorar por que foi internado que acha deste fato fatores desencadeantes, tratamentos efetuados e modo de evolução. deve-se evitar termos técnicos. incluem-se informações sobre alterações psíquicas e físicas ativamente pesquisadas. os negativos pertinentes ao esclarecimento diagnóstico também entram aqui.

  • ANAMNESE

    anamnese

    história patológica pregressa: refere-se a estados mórbidos passados, em geral não-psiquiátricos, que não mostrem possuir relação direta ou indireta de causa e efeito com a moléstia atual. se existir essa relação eles são incluídos na hda. são investigados as seguintes ocorrências: enurese; solilóquio; pesadelos freqüentes; terror noturno; sonambulismo; asma; tartamudez; fobia escolar na infância; chupar dedos; criança modelo; convulsões ou desmaios; doenças venéreas; outras doenças infecciosas, tóxicas ou degenerativas; traumatismos cranianos; alergia; intervenções cirúrgicas; hábitos tóxicos (álcool, drogas ilícitas, tabaco); uso de medicamentos. revisão de sistemas: cardiovascular, respiratório...
    história fisiológica: gestações da mãe, nascimento, aleitamento, desenvolvimento psicomotor (andar, falar, controle dos esfíncteres), menarca, catamênios, atividade sexual, gestações, partos, abortamentos, menopausa, padrões de sono e de alimentação.

  • ANAMNESE

    anamnese

    história pessoal:pode-se optar por fundir a hpp e hf à hp.
    infância: personalidade, socialização, jogos e brincadeiras, aproveitamento escolar, ansiedade de separação.
    adolescência: desempenho escolar, uso de álcool e drogas, delinqüência, relacionamentos inter-pessoais.
    sexualidade: iniciação, preferências, orientação, número de parceiros, freqüência e culpa, masturbação.
    vida profissional: vocações, estabilidade nos empregos, relacionamento com chefes, subordinados e colegas, desempenho. por que saiu do emprego satisfação no trabalho. ambições. circunstâncias econômicas atuais.
    casamento. namoro e noivado. idade, ocupação e personalidade do cônjuge. compatibilidade. vida sexual. frigidez e impotência. medidas anticoncepcionais. relacionamentos extra-conjugais.
    filhos. número, saúde, personalidade.

  • ANAMNESE

    anamnese

    história familiar: pais: nome, idade, saúde, causa e data do falecimento, ocupações e personalidade. irmãos: nome, idade. condições sociais, personalidade, causa do falecimento, saúde. lar: atmosfera familiar. acontecimentos importantes durante os primeiros anos. relações dos parentes entre si e destes com o paciente. doenças na família.
    história social: condições sanitárias, moradia, situação socioeconômica, atividade religiosa e política, antecedentes criminais.

  • ANAMNESE

    anamnese

    exame psíquico
    atitude geral. relação com o examinador. como responde às perguntas quais os gestos e posturas ou outras expressões motoras tiques maneirismos grau de atividade: lento hesitante estereotipias tenso faz movimentos e atitudes com um fim evidente atitude e movimento que faça suspeitar atividade delirante ou alucinatória resiste aos movimentos passivos mantém atitudes ou obedece a comando sono. alimentação. hábitos higiênicos.
    atividade expressa em palavras. fala pouco ou muito espontaneamente ou apenas responde vagaroso ou rápido coerente em tom de discurso com interrupções, silêncios súbitos, mudanças de tema, palavras estranhas à sintaxe ritmo. (é aconselhável registrar as próprias palavras do paciente, para ter em mente exemplos de seu pensamento).
    humor. alegre. triste. irritável. medroso. ansioso. constância do humor. coerência com o que diz.
    atividade delirante. qual a sua atitude diante das pessoas que o cercam mostra-se desconfiado diante delas acha que o observam ou o tratam de modo especial sente-se perseguido, influenciado por meios naturais, sobrenaturais ou científicos riem dele admiram-no querem matá-lo depreciam-no em relação à sua moral, saúde possui algum dom especial
    alucinações e outras desordens da sensopercepção. auditivas. visuais. olfativas. gustativas. tácteis. viscerais. o conteúdo deve ser examinado com cuidado. quando aparecem estas experiências à noite ao amanhecer
    fenômenos compulsivos. pensamentos. impulsos. atos. são sentidos como vindos da própria mente reconhece sua impropriedade repete ações como lavar as mãos desnecessariamente
    orientação. registro das respostas referentes a seu próprio nome, local aonde está, data, idade.
    memória. comparar dados da anamnese subjetiva e objetiva. verificar a capacidade de evocação. examinar a capacidade de fixação para números, palavras e histórias.
    atenção e concentração. é dispersa tenaz para testar a concentração peça-lhe que enumere os dias da semana e dos meses em ordem inversa, ou faça pequenas operações aritméticas.
    conhecimentos gerais. nome do presidente e governadores. capitais dos grandes estados do brasil. distância entre rio e s. paulo , etc.
    inteligência. avaliar de acordo com os dados biográficos e a escolaridade. utilizar pequenos testes especialmente para os analfabetos.
    noção do estado mórbido e julgamento. qual a atitude em relação a seu estado acha que a sua doença é mental ou nervosa necessita de tratamento qual a sua atitude em relação a problemas domésticos financeiros sociais éticos seu julgamento é bomque pensa fazer quando deixar o hospital

  • ANAMNESE

    anamnese

    súmula psicopatológica. aparência. atitude. consciência. orientação (tempo, espaço, pessoal). atenção e concentração. sensopercepção (ilusão, alucinação). memória. fala e linguagem. pensamento (forma, conteúdo, curso). inteligência. imaginação. idéias delirantes. humor e afetividade. vontade e ação. psicomotilidade. prospecção. consciência de morbidade.

    exame somático: peso. altura. temperatura. pele. pulso. pressão arterial. marcha. motilidade. tremor das pálpebras. língua e dedos. reflexos patelares. pupilas: forma e dimensões. reflexo fotomotor, acomodação. palavra. testes de disartria.

    exame da constituição. classificação de kretschmer.

    exames médicos complementares. laboratoriais (sorologia para lues, líquor, hemograma, glicose, uréia no sangue, etc.). eletroencefalograma (e.e.g.) e fundo de olho.
     
    exames psicológicos suplementares. testes de inteligência, personalidade, etc.

  • NOÇÃO DE MORBIDADE OU INSIGHT

    noção de morbidade ou insight

    entendimento que o indivíduo tem sobre o seu próprio estado de morbidade.
    o insight pode ser:
    -presente (reconhece que determinados comportamentos são anormais, que uma doença o está acometendo e que tal é mental e não física)
    -parcial (reconhece que determinadas vivências são anormais)
    -ausente (não reconhece que possuí uma doença)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • NEUROPSIQUIATRIA
  • Mensagem do Autor
  • SEMIOTÉCNICA
  • ANAMNESE
  • NOÇÃO DE MORBIDADE OU INSIGHT
  • ATITUDE
  • APARÊNCIA
  • CONSCIÊNCIA
  • ALTERAÇÕES QUANTITATIVAS PATOLÓGICAS NO REBAIXAMENTO DE CONSCIÊNCIA
  • SÍNDROMES PATOLÓGICAS ASSOCIADAS AO REBAIXAMENTO
  • ALTERAÇÕES QUALITATIVAS NO ESTREITAMENTO
  • TESTES
  • TIPOS DE ORIENTAÇÃO
  • ALTERAÇÕES NA ORIENTAÇÃO
  • CONSCIÊNCIA DO EU
  • CONSCIÊNCIA DA ATIVIDADE DO EU
  • CONSCIÊNCIA DE UNIDADE DO EU
  • CONSCIÊNCIA DE IDENTIDADE DO EU
  • CONSCIÊNCIA DE OPOSIÇÃO DO EU EM RELAÇÃO AOS OUTROS
  • CONSCIÊNCIA
  • VIVÊNCIAS TÊMPORO-ESPACIAIS
  • ANORMALIDADES DA VIVÊNCIA DO TEMPO
  • ALTERAÇÕES DAS VIVÊNCIAS ESPACIAIS
  • ATENÇÃO
  • NATUREZA DA ATENÇÃO
  • DIREÇÃO DA ATENÇÃO
  • ATENÇÃO
  • ALTERAÇÕES QUANTITATIVAS DA ATENÇÃO
  • ALTERAÇÕES QUALITATIVAS DA ATENÇÃO
  • COMO AVALIAR
  • Obrigado!