Curso Online de SCA Síndrome Coronariana Aguda

Curso Online de SCA Síndrome Coronariana Aguda

O curso descreve de forma clara e objetiva o que é a Síndrome Coronariana Aguda, seus fatores de risco, análise de eletrocardiograma de f...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso descreve de forma clara e objetiva o que é a Síndrome Coronariana Aguda, seus fatores de risco, análise de eletrocardiograma de forma eficaz.
Um curso rápido e proveitoso.
Caso tenha interesse você pode adquirir a apostila digitalizada, que é descritiva, com textos argumentativos. Um bom estudo para conhecimento, elaboração de trabalhos acadêmicos ou preparação para provas de graduação.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Síndrome Coronariana Aguda

    Síndrome Coronariana Aguda

    Adilson Sobirai

  • A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    Consiste em qualquer grupo de sintomas atribuídos à oclusão das artérias coronarianas de forma aguda. A oclusão de um ramo coronário ocasiona, na maioria dos casos, o infarto agudo do miocárdio (IAM). A ruptura de uma placa de ateroma resulta na formação de um trombo oclusivo, assim reduzindo o fluxo sanguíneo nas coronárias, vasoconstrição e micro embolização podem estar agregados neste quadro. (BRASIL,2011)

  • A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    Representa a patologia com maior número de óbitos a nível mundial, ficando também na frente quando se fala em impacto clínico e financeiro. No Brasil estima-se um número entre 300 a 400 mil casos anuais de infarto, uma média de 16 óbitos para cada 100 casos. (BRASIL,2011).

  • A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    c

  • A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)

    A incidência dessa doença vem associada a fatores de risco como o tabagismo, hipertensão, obesidade, hipercolesterolemia, diabete, sedentarismo e estresse.
    E a população masculina tem uma incidência maior de óbitos por isquemia do miocárdio em relação a população feminina, pesquisa datasus no período de 1990 a 2004 descreve que no Brasil a cada 55 óbitos masculinos ocorreu 38 óbitos femininos. (BRASIL,2014)

  • Veremos alguns pontos importantes, servindo como auxilio no atendimento deste tipo de paciente, utilizando inúmeros métodos de atendimento terapêuticos obtidos nos últimos anos para reduzir o número de mortalidade em nosso território nacional, identificando e tratando precocemente as complicações relacionadas a SCA, assim veremos a forma de classificação da SCA, fisiopatologia, o que é importante saber sobre diagnósticos e exames, assim como os protocolos de atendimento e tratamento médico e suas complicações. E de vital importância o tratamento de enfermagem e a prevenção de novos eventos coronarianos.

  • Tipicamente, a SCA ocorre como resultado de uma das situações seguintes:

    Tipicamente, a SCA ocorre como resultado de uma das situações seguintes:

    • Angina instável;

    • Os dois tipos de infarto do miocárdio.

    - Com Supra desnível do segmento ST
    - E sem Supra desnível do segmento ST

  • Angina Instável

    Angina Instável

    Pacientes com síndrome isquêmica miocárdica, mas sem elevação de marcadores de necrose, são diagnosticados como AI.
    Existem três formas de apresentação da AI:
    a angina de repouso, com geralmente 20 minutos de duração;
    angina de início recente, limitante as atividades;
    angina progressiva (aumentando, piora recente).
    (Pesaro, Campos e Corrêa, Revista Brasileira de Terapia Intensiva 197,Vol. 20 Nº 2, Abril/Junho, 2008)

  • Infarto Agudo do Miocárdio

    Infarto Agudo do Miocárdio

    A obstrução da luz arterial reduz o fluxo sanguíneo, reduzindo a oferta de oxigênio ao miocárdio, ocorrendo a isquemia do miocárdio. O tempo que demora esta isquemia é o que determina se vai ou não evoluir para uma necrose do miocárdio. Deve ser sempre considerado como infarto agudo do miocárdio aquele paciente apresentar dor aguda no peito de provável origem cardíaca. São Síndromes Coronarianas Agudas a Angina Instável e o Infarto Agudo do Miocárdio. (Protocolo de doenças cardiovasculares – RJ, 2012)

  • Causas do IAM

    Causas do IAM

    Aterosclerose (acúmulo anormal de substâncias lipídicas e tecidos fibrosos na parede vascular, formando placas denominadas ateromas). É a cardiopatia aterosclerótica.
    Oclusão completa de uma artéria por êmbolo ou trombo.
    Vaso espasmo de uma artéria coronária (constrição ou estreitamento súbito).
    Suprimento diminuído de oxigênio (a partir da perda sanguínea aguda, anemia ou pressão arterial baixa).
    Demanda aumentada de oxigênio (a partir da frequência cardíaca rápida, tireotoxicose ou ingestão de cocaína).
    (Figueiredo, Conceição, Leite. Cardiopatias, 2011, pág. 104)

  • Síndromes coronarianas agudas com supradesnivelamento do segmento ST:

    Síndromes coronarianas agudas com supradesnivelamento do segmento ST:

    Em relação ao ECG o Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) com supradesnivelamento do segmento ST (IAM C/SST) é uma nova ou supostamente nova, elevação do segmento ST em 2 ou mais derivações contíguas de no mínimo 1 mm no ponto J ou bloqueio de ramo esquerdo novo.
    (Diretrizes SBC, 2014)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Síndrome Coronariana Aguda
  • A Síndrome Coronariana Aguda (SCA)
  • Tipicamente, a SCA ocorre como resultado de uma das situações seguintes:
  • Angina Instável
  • Infarto Agudo do Miocárdio
  • Causas do IAM
  • Síndromes coronarianas agudas com supradesnivelamento do segmento ST:
  • Evolução das alterações
  • Anatômia
  • Síndromes coronarianas agudas sem supradesnivelamento do segmento ST:
  • Fisiopatologia IAM
  • Diagnóstico e Exames Complementares
  • Histórico do paciente
  • Exame Físico
  • ESCORE TIMI
  • Eletrocardiograma
  • Ecocardiograma
  • Exames laboratoriais
  • Radiografia de tórax
  • Tratamento
  • Tratamento adicional da SCA sem Supra de ST
  • Tratamento adicional da SCA com Supra de ST
  • Diretrizes para Tratamento de SCA
  • Principais Complicações
  • Principais Diagnósticos de Enfermagem, NIC e NOC
  • Referências bibliográficas