Curso Online de URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA VETERINÁRIA: COMO IDENTIFICAR E O QUE FAZER?

Curso Online de URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA VETERINÁRIA: COMO IDENTIFICAR E O QUE FAZER?

O CURSO TEM POR OBJETIVO AUXILIAR DISCENTES E PROFISSIONAIS FRENTE A SITUAÇÕES COMO EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS. AQUI SERÁ ABORDADO: -DEFINIÇ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 10 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O CURSO TEM POR OBJETIVO AUXILIAR DISCENTES E PROFISSIONAIS FRENTE A SITUAÇÕES COMO EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS. AQUI SERÁ ABORDADO:
-DEFINIÇÕES
-SERVIÇO DE TRIAGEM
-ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA
-"ABCDE DO TRAUMA"
-ORDEM DE EXAME
-EXAME DE CABEÇA E PESCOÇO
-EXAME DO TÓRAX
-EXAME DO ABDÔMEN
-AVALIAÇÃO DOS MEMBROS
-EXAMES NECESSÁRIOS
-HEMOGRAMA
-URINÁLISE
-RADIOGRAFIA
-ULTRASSONOGRAFIA
-TORACOCENTESE E ABDOMINOCENTESE

Médico Veterinário graduado pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente, residente em clínica cirúrgica de pequenos animais pelo HCV/UFPel. Exerceu sua profissão como médico veterinário no mercado de pequenos animais durante 02 anos. Foi estagiário no setor de Cirurgia do Hospital de Clínicas Veterinária- UFPel, também faz acompanhamento de procedimentos cirúrgicos na Clínica Paulo Sampaio com o Med Vet Daniel Dutra. É integrante do Laboratório de Anestesiologia e Cirurgia Animal, do Projeto Dioctophyma renale em cães e gatos(PRODIC) e Projeto Castração. Durante a graduação foi colaborador no Grupo de Ensino e Pesquisa em Reprodução Animal - ReproPEL,onde adquiriu experiência em coleta, manipulação de sêmen de diversas espécies de animais, incluindo os animais domésticos, e produção de recursos didáticos alternativos para o curso de Medicina Veterinária. Também teve a oportunidade de realizar outros estágios, como no Hospital de Clínicas Veterinária da UFPEL no setor de clínicas de Equinos; Também pode acompanhar a rotina diária na Clínica particular Paulo Sampaio com o Med. Vet Rafael Muller; Além do mais, Estagiou no Setor de Patologia Animal da Faculdade Veterinária da UFPEL.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NA VETERINÁRIA: COMO IDENTIFICAR E O QUE FAZER?

    Autor: Francisco de Assis Araújo Camelo Jr.

  • URGÊNCIA X EMERGÊNCIA

    URGÊNCIA X EMERGÊNCIA

    DEFINIÇÕES:
    URGÊNCIA-> O MÉDICO VETERINÁRIO DEVE INTERVIR ASSIM QUE POSSÍVEL, PORÉM O PACIENTE NÃO CORRE RISCO DE MORTE!!!
    EMERGÊNCIA-> DEVE-SE INTERVIR IMEDIATAMENTE, POIS O PACIENTE CORRE RISCO DE MORTE!!

    EMERGÊNCIA

    CRÍTICA: EX: PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA.

    SUBCRÍTICA: EX: HEMORRAGIAS, PIOMETRITES E AFINS.

    NÃO CRÍTICA/URGÊNCIA:EX: FRATURAS.

  • Ventura et al, 2011

    CRÍTICA: EX: PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

  • SUBCRÍTICA: EX: PIOMETRA

    ÚTERO NORMAL

    ÚTERO COM PIOMETRA

    Imagem do Google

  • NÃO CRÍTICA/URGÊNCIA:EX: FRATURAS.

    Imagem do Autor

  • SERVIÇO DE TRIAGEM

    SERVIÇO DE TRIAGEM

     MOMENTO DO PROFISSIONAL RECONHECER AS URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS.
     QUANDO HOUVER A PRESENÇA DE UMA EMERGÊNCIA, DEIXAR DE LADO QUALQUER OUTRO SERVIÇO E PASSAR À FRENTE DOS OUTROS ATENDIMENTOS.
     CABE SALIENTAR QUE, ESSA ATITUDE É ESSENCIAL POIS ESTARÁ SALVANDO VIDAS. E É O SERVIÇO DE TRIAGEM QUE CLASSIFICA CADA PACIENTE!!!

  • EXEMPLO HIPOTÉTICO:
    (1) CHEGOU AO HOSPITAL DOIS PACIENTES CLASSIFICADOS COMO EMERGÊNCIA, PORÉM UM DELES APRESENTA-SE COM PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA E O OUTRO COM HEMORRAGIA.
    O QUE FAZER?
    -> O MEDICO VETERINÁRIO DA TRIAGEM PRECISA IDENTIFICAR QUAL PACIENTE DEVE SER ATENDIDO COM PRIORIDADE, O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. COM ISSO, É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA SABER FAZER UM EXAME CLÍNICO GERAL, MINUCIOSAMENTE, RÁPIDO E PRÁTICO, NÃO DEIXANDO PASSAR NENHUM DETALHE!!!
    -> O SERVIÇO DE EMERGÊNCIA DEVE CONTAR COM EQUIPAMENTOS E EQUIPES EM UM NÚMERO SUPERIOR AO DE PACIENTES DOENTES QUE CHEGAM AO HOSPITAL. ASSIM, TODOS OS PACIENTES PODERÃO SER ATENDIDOS. SE HOUVER UM NÚMERO INFERIOR DE EQUIPAMENTOS E EQUIPE, O PACIENTE QUE APRESENTAR MENOR GRAVIDADE DEVERÁ SER ATENDIDO COM PRIORIDADE, POIS A CHANCE DE SOBREVIVER SERÁ MAIOR.

  • -> ATUALMENTE, A MEDICINA VETERINÁRIA VEM CRESCENDO E SE ATUALIZANDO COM A REAL SITUAÇÃO DOS ANIMAIS E SEUS PROPRIETÁRIOS.
    -> A CINOFILIA VEM CRESCENDO CADA VEZ MAIS, O QUE LEVA AOS VETERINÁRIOS SE ESPECIALIZAREM MAIS PARA SE TORNAREM APTOS A SITUAÇÕES ADVERSAR.
    -> O SERVIÇO DE EMERGÊNCIA MÓVEL AINDA NÃO É UM SERVIÇO CONSTANTE NA VETERINÁRIA. DESSA FORMA, OS PROPRIETÁRIOS ACABAM DEMORANDO PARA LEVAR OS PACIENTES TRAUMATIZADOS A UMA CLÍNICA/ HOSPITAL MAIS PRÓXIMA. ISSO, ACABA AGRAVANDO O QUADRO DO PACIENTE.

    Imagem do Google

  • Atendimento de emergência

    Atendimento de emergência

    DICA: REALIZAR O EXAME CLINICO GERAL TENTANDO MANTER A CALMA, SENDO RÁPIDO E PRECISO PARA QUE NÃO HAJA RISCO DE ESQUECER DE AVALIAR ALGUM PARÂMETRO OU DETALHE QUE PODE COMPROMETER A VIDA DO PACIENTE.
    -> NA MEDICINA HUMANA FOI CRIADO UM SISTEMA DENOMINADO COMO “ABCDE DO TRAUMA” JUSTAMENTE PARA ISSO, PARA IMPEDIR QUE O PROFISSIONAL ESQUEÇA DE AVALIAR ALGUM DETALHE DE EXTREMA IMPORTÂNCIA.

    Imagem do Google

  • “ abcde do trauma”

    “ abcde do trauma”

  • -> A LETRA “A” SIGNIFICA AIRWAY E É REPRESENTADA PELAS VIAS AÉREAS.
    -> NESSA PRIMEIRA ETAPA, A EQUIPE PRECISA VERIFICAR SE AS VIAS AÉREAS ESTÃO LIVRES OU ESTÃO OBSTRUÍDAS.
    -> SE ESTIVER OBSTRUÍDAS É NECESSÁRIO RETIRAR O QUE ESTÁ BLOQUEANDO A PASSAGEM DE AR, POR EXEMPLO VÔMITO, COÁGULOS, OSSOS E AFINS.
    -> NESSA ETAPA TAMBÉM PODEREMOS IDENTIFICAR QUAL SERÁ O TIPO DE VENTILAÇÃO QUE DEVEREMOS FORNECER AO PACIENTE. EX: INTUBAÇÃO.

    -> A LETRA “B” SIGNIFICA BREATHING E SERIA VERIFICAR, NORMALMENTE JÁ FEITO NO PASSO ANTERIOR, SE O PACIENTE ENCONTRA-SE RESPIRANDO OU NÃO.
    -> DESSA FORMA, SELECIONADO O TIPO DE VENTILAÇÃO, SERÁ FORNECIDO OXIGENOTERAPIA AO PACIENTE.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • URGÊNCIA X EMERGÊNCIA
  • SERVIÇO DE TRIAGEM
  • Atendimento de emergência
  • “ abcde do trauma”
  • ORDEM DO EXAME
  • Exame de cabeça e pescoço
  • EXAME DE TÓRAX
  • EXAME DO ABDÔMEN
  • AVALIAÇÃO DOS MEMBROS
  • EXAMES NECESSÁRIOS
  • HEMOGRAMA
  • urinálise
  • ultrassonografia
  • RADIOGRAFIA
  • Toracocentese e abdominocentese
  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS