Curso Online de Anatomia e Morfologia do Fruto

Curso Online de Anatomia e Morfologia do Fruto

> Anatomia e Morfologia do Fruto - Introdução; - Definição; - Origem ; - Partes constituintes; - Tipos de Frutos; - Classificação de Frutos.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

> Anatomia e Morfologia do Fruto
- Introdução;
- Definição;
- Origem ;
- Partes constituintes;
- Tipos de Frutos;
- Classificação de Frutos.

Técnico Agropecuária pela IFPB - Sousa-PB, Estudante de Agronomia UFCG. Gerente Administrativo na Empresa Fazenda Bebida Velha-Touros-RN. Atuando na área de Avicultura de corte. Com experiência consolidada nas áreas de defensivos agrícolas, fertilizantes, máquinas e implementos, receituário agronômico e atuação nas Culturas de Milho, Algodão, Soja, Girassol. E atua nas seguintes linhas de pesquisa: Conservação de Recursos Naturais Renováveis, Uso da Terra e Zoneamento Ambiental.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • anatomia e
    morfologia do fruto

    rony lourenço de oliveira

  • desenvolvimento ou amadurecimento do ovário.

    introdução

    as angiospermas apresentam grande variação na natureza e na origem de seus frutos.

    há frutos carnosos e secos quando maduros, que provêm somente do ovário da flor e, outros que envolvem na sua formação partes florais, como o receptáculo, sépalas, pétalas, estames e eixo da inflorescencia.

  • após fase meristemática, o fruto se desenvolve graças à expansão, ou alongamento celular, e às alterações estruturais ou funcionais das células, como espessamento, lignificação ou suberização.

    introdução

    a finalidade biológica do fruto é ser um envoltório protetor para a semente, ao mesmo tempo que assegura a propagação e perpetuação das espécies.

    muitos, quando maduros adquirem cores chamativas e aromas agradáveis ou tornam-se suculentos.

  • o fruto é o ovário desenvolvido com as sementes já formadas; ou pode ser ainda constituído de diversos ovários e ter ou não estruturas acessórias (indúvias).

    definição

  • desenvolvimento do ovário;

    envolve atividades meristemáticas, que varia com a fase de crescimento e com a região do ovário ou do pericarpo jovem.

    origem

  • pericarpo – é o conjunto das paredes dos frutos podendo apresentar-se carnudo ou ressequido.

    semente – é o óvulo fecundado e desenvolvido contendo em seu interior o embrião.

    partes constituíntes

  • epicarpo – vulgarmente chamdo de casca é a camada mais externa que forma o invólucro do fruto, e que corresponde a camada mais externa da parede do ovário.
    mesocarpo – é a camada do fruto que fica imdiatamente por baixo do epicarpo, e que corresponde ao mesófilo da folha carpelar (parênquima do ovário). quase sempre de grande espessura, podendo ou não acumular reservas, em geral é a parte comestível do fruto.

    partes constituíntes

    pericarpo

    endocarpo – é a camada do fruto que fica imediatamente ao redor das semente, é portanto a camada mais interna proveniente da epiderme interna da parede do ovário. quando lenhificada, consitui o caroço (nas drupas), podendo ser a parte comestível, como na laranja (citrus).

  • partes constituíntes

  • monospérmico – com uma só semente

    tipos de frutos

    quanto ao número de sementes

    dispérmico – com duas sementes

    trispérmico – com três sementes

    polispérmico – com várias sementes

  • frutos secos – são aqueles que quando maduros apresentam pericarpo fibroso, membranoso, coriáceo ou lenhoso.

    tipos de frutos

    quanto à consistência do pericarpo

    frutos carnosos – são os que, quando maduros apresentam o pericarpo suculento; o mesocarpo geralmente é mais desenvolvido.

  • frutos deiscentes – são aqueles que abrem-se naturalmente quando maduros afim de libertar as sementes.

    tipos de frutos

    quanto à deiscência

    frutos indeiscentes – são aqueles que não se abrem quando maduros. somente libertam as sementes quando o pericarpo entra em decomposição.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.