Curso Online de Quarentena Vegetal, Pragas Quarentenárias e Pragas Não Quarentenárias Regulamentadas

Curso Online de Quarentena Vegetal, Pragas Quarentenárias e Pragas Não Quarentenárias Regulamentadas

A quarentena previne a introdução e disseminação de pragas ausentes no Brasil, por meio do controle de vegetais, seus produtos, subprodut...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

De: R$ 60,00 Por: R$ 40,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

A quarentena previne a introdução e disseminação de pragas ausentes no Brasil, por meio do controle de vegetais, seus produtos, subprodutos, organismos para controle biológico e outros artigos regulamentados importados. Para maior segurança na entrada e comercialização desses produtos no Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento cadastra e credencia estações quarentenárias pós-entrada, bem como laboratórios de diagnóstico fitossanitários para exames de acarologia, bacteriologia, entomologia, micologia, nematologia e virologia nos produtos importados, conforme legislação específica. 

Empresa Brasileira de Ensino Técnico que fornece cursos em diversas áreas. Utilizando de uma linguagem clara e objetiva temos o intuito de facilitar o acesso ao conhecimento.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Quarentena Vegetal, Pragas Quarentenárias
    e Pragas Não Quarentenárias Regulamentadas

    Quarentena Vegetal

  • Quarentena - Definição

    A quarentena previne a introdução e disseminação de pragas ausentes no Brasil, por meio do controle de vegetais, seus produtos, subprodutos, organismos para controle biológico e outros artigos regulamentados importados. Para maior segurança na entrada e comercialização desses produtos no Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento cadastra e credencia estações quarentenárias pós-entrada, bem como laboratórios de diagnóstico fitossanitários para exames de acarologia, bacteriologia, entomologia, micologia, nematologia e virologia nos produtos importados, conforme legislação específica. 

    MAPA

  • Segundo Parizzi, Quarentena Vegetal refere-se a um período em que as plantas permanecem em um local fitossanitariamente seguro, em observação e análise, visando sua futura liberação para o plantio no campo ou distribuição mercadológica. Este período baseia-se no ciclo da planta e da praga.

    Quarentena - Definição

  • A prescrição de quarentena de vegetal importado é determinada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em material plantado em estabelecimento oficial ou lugar que ofereça garantias necessárias, ficando sob fiscalização da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), que, por critério técnico, estabelece o tempo necessário para a permanência quarentenária, período no qual o citado material não pode ser removido sem autorização prévia.

    Parizzi

    Quarentena - Definição

  • Estações Quarentenárias - Definição

    Estações quarentenárias são os estabelecimentos credenciados para a realização de quarentena pós-entrada de vegetais, organismos para controle biológico ou outros artigos regulamentados internalizados no país, podendo ser pública ou privada, sendo classificada em três níveis, definidos pela Instrução Normativa nº 16, de 29 de dezembro de 1999, dependendo de sua infraestrutura física e de pessoal.

    MAPA

  • Estações Quarentenárias - Classificação

    Estação Quarentenária de nível I:
     
    É a estação quarentenária com capacidade de detectar e identificar pragas quarentenárias em nível de espécie e que dispõe de instalações adequadas e especialistas renomados nas áreas de virologia, acarologia, nematologia, bacteriologia, entomologia e plantas invasoras.

    MAPA 

  • Estações Quarentenárias - Classificação

    Estação Quarentenária de nível II:
     
    É a estação quarentenária com capacidade de detectar e identificar algumas espécies de pragas quarentenárias, dispondo de especialistas renomados em uma ou mais das seguintes áreas: virologia, acarologia, nematologia, bacteriologia, entomologia e plantas invasoras.

    MAPA

  • Estações Quarentenárias - Classificação

    Estação Quarentenária de nível III:
     
    É a estação quarentenária para acompanhamento de campo de materiais de propagação vegetal harmonizados pelo MERCOSUL, em local de realização de ensaios de pesquisa em melhoramento genético de vegetais, com laboratório de fitopatologia e Responsável Técnico com capacidade para realização de análises e o monitoramento das ocorrências fitopatológicas, entomológicas e de plantas invasoras.

    MAPA

  • Principais Competências da Divisão de Quarentena Vegetal

    Elaborar, atualizar, propor, orientar e fiscalizar a aplicação dos regulamentos para quarentena vegetal;
    Controlar e orientar as atividades de quarentena de vegetais, suas partes e outros artigos regulamentados, destinados ao consumo, multiplicação e pesquisa;
    Acompanhar, fiscalizar e auditar as atividades de estação quarentenária;
    Elaborar e manter atualizadas as listas de pragas quarentenárias ausentes e presentes, de pragas não quarentenárias regulamentadas e de outras pragas presentes no Brasil;
    Elaborar e coordenar a execução dos planos de contingência de pragas quarentenárias ausentes.

    Parizzi

  • Principais Competências da Divisão de Quarentena Vegetal

    Analisar e opinar sobre:

    a) requerimentos de autorização para publicação de trabalhos sobre a ocorrência de novas pragas ou novo hospedeiro para pragas no Brasil;

    b) pedidos de importação e exportação de vegetais, suas partes, produtos e subprodutos, solos, substratos e organismos biológicos, para fins de pesquisa;

    c) solicitações de credenciamento de estações quarentenárias;

    Propor supervisões e auditorias das atividades de competência.

    Parizzi

  • Norma para Cadastramento e Credenciamento de Estações Quarentenárias

    INSTRUÇÃO NORMATIVA nº 16, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1999
    O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, inciso II, da Constituição, tendo em vista o disposto no art. l2, do Regulamento de Defesa Sanitária Vegetal, aprovado pelo Decreto nº 2.4114, de 12 de abril de 1934, e considerando a necessidade de ampliar o número de estações quarentenárias para prevenir a entrada de pragas exóticas no país; considerando que a fiscalização fitossanitária necessita de infraestrutura adequada para o cumprimento de suas atribuições regimentais;


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 40,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.