Curso Online de Estudo dos Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos

Curso Online de Estudo dos Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos

EStudo dos Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos em todos os aspectos - anatomia, fisiologia, ramificações e reprodução

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas

Por: R$ 49,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

EStudo dos Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos em todos os aspectos - anatomia, fisiologia, ramificações e reprodução

Nossos cursos são elaborados por grandes profissionais e feitos com dedicação, temos intuito de propagar o conhecimento de uma forma fácil e eficiente, sem complicação, visando principalmente a qualidade de nossos cursos e a satisfação de nosso alunos e cursistas.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos

    Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos

  • Moluscos

    Moluscos

  • Anatomia e Fisiologia

    Anatomia e Fisiologia

    Os moluscos são animais que podem viver em ambientes aquáticos e terrestres. Alguns são fixos, outros enterram-se e outros, como as lulas, podem nadar por jato-propulsão. Os cefalópodes apresentam uma “bolsa de tinta” que é uma estrutura defensiva.

  • Os moluscos constituem um grupo muito bem sucedido na natureza. Ocupam vários ambientes e exibem hábitos de vida bastante diversificados. Os bivaldos, que vivem na água do mar ou dos rios e lagos, podem viver fixos ou enterrados. Muitos podem perfurar rochas e substratos duros.

  • Alguns, como Pécten, podem deslocar-se fechando rapidamente a concha, expulsando a água do seu interior do jato; dessa forma, o animal move-se no sentido oposto ao do jato líquido.
    O celoma nos moluscos é definido como uma cavidade completamente revestida por mesoderma.

  • O estudo da embriogênese de muitos animais mostra-nos que a mesoderme forma-se a partir da evaginações do futuro intestino ( do mesentoderme ). Essas evagina­ções crescem e, posteriormente, destacam-se do futuro tubo intestinal. A parede interna dos sacos ( evaginações ) celomáticos fica em contato com a endoderme ( que dará origem ao intestino ) e a externa em contato com a ectoderme.

  • A cavidade delimitada pela mesoderme dos sacos celomáticos é o celoma, que é uma cavidade geral secundária dos moluscos. Esse tipo de formação do celoma, a partir do futuro intestino (enteron), é chamada enterocélica e os animais que o possuem são ditos enterocelomados (equinodermos e cordados).

  • A pele dos moluscos, uma região não coberta pela concha, é muitas vezes promovida de um revestimento ciliar e muito ricas em células glandulares, cuja as secreções torna o tegumento úmido e mole.

  • A concha consiste de uma camada orgânica externa ( perióstraco ) e de camada predominante calcárias subjacentes, das quais a mais interna pode ter a natureza de uma camada madrepérola. o crescimento em espessura da concha dá-se em toda região do manto, enquanto que o crescimento em extensão só ocorre ao longo do bordo do manto; a concha pode deslocar-se secundariamente para o interior do corpo e sofrer uma redução quase total.

  • O exoesqueleto duríssimo (concha), que apareceu nos moluscos durante a evolução desempenha várias funções: confere resistência ao organismo; permite que o corpo se sustente contra a ação da gravidade; serve como ponto de inserção dos músculos; protege contra a dessecação e representa como uma armadura que protege o animal dos predadores.

  • Portanto, o aparecimento do exoesqueleto resolveu muitos problemas da sobrevivência no meio terrestre.
    Em conseqüência do desenvolvimento de um maciço e musculoso parênquima, o celoma dos moluscos restringe-se, em geral, a um espaço que encerra as gônadas e o coração; na maioria dos casos sobra como resto do celoma só a parte que circunda o coração, isto é, o poricárdio.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 49,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Moluscos, Anelídeos e Nematelmintos
  • Moluscos
  • Anatomia e Fisiologia
  • Estrutura e Organização dos Moluscos
  • Classe Pelecypoda ( Bivalvia ) – ( ostras, mariscos e mexilhões )
  • A produção de pérolas dos bivalos
  • Classe Gastropoda – ( caracóis, lesmas e caramujos )
  • reprodução dos filos: Pelecypoda e Gastrópoda
  • Amphineura
  • Scaphopoda
  • Cephalopoda
  • Nematelmintos - Anatomia e Fisiologia
  • Enoplida
  • Rhabditida
  • Spirurida
  • Anelídeos - Anatomia e Fisiologia
  • Diversidade e Ecologia
  • Reprodução dos anelídeos