Curso Online de Agroecologia

Curso Online de Agroecologia

Mecanismo de transferencia de calor - Processos de transferência de calor; - Energia Radiante; - Balanço de Energia Radiante; - Difusão...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 28,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Mecanismo de transferencia de calor

- Processos de transferência de calor;
- Energia Radiante;
- Balanço de Energia Radiante;
- Difusão da radiação solar;
- Efeitos da atmosfera sobre o balanço de energia radiante;
- A energia global;
- Variação da irradiância solar;
- Unidades de irradiância solar;
- Distribuição da Radiação Solar
na Superfície Terrestre;
- Balanço de Energia da Terra;
- Irradiância solar global;
- Balanço de Radiação em Ambiente Protegido;
- Balanço de Radiação em Sistema Vegetado;
- Balanço de Energia em Sistema Vegetado;













Técnico Agropecuária pela IFPB - Sousa-PB, Estudante de Agronomia UFCG. Gerente Administrativo na Empresa Fazenda Bebida Velha-Touros-RN. Atuando na área de Avicultura de corte. Com experiência consolidada nas áreas de defensivos agrícolas, fertilizantes, máquinas e implementos, receituário agronômico e atuação nas Culturas de Milho, Algodão, Soja, Girassol. E atua nas seguintes linhas de pesquisa: Conservação de Recursos Naturais Renováveis, Uso da Terra e Zoneamento Ambiental.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Rony Lourenço de Oliveira

    MECANISMO DE TRANSFERENCIA DE CALOR

  • Transferência de calor → é a passagem da energia térmica de um corpo para o outro.

  • Condução→ ocorre de molécula a molécula (colisão).
    Convecção → ocorre por diferença de densidade; advecção ou por propagação do calor por meios de movimentos internos da substância que contém o calor(líquidos e gases).
    Radiação → ondas eletromagnéticas viajando com a velocidade da luz entre dois corpos, sem haver necessariamente, conexão entre eles.
    Ex.: processo de troca entre sol-terra.

  • É a energia emitida pelo sol no espaço, através do processo de radiação.

    Radiação solar é a maior fonte de energia para a Terra, principal elemento meteorológico e um dos fatores determinantes do tempo e do clima.

    Além disso, é responsável por diversos processos:
    Aquecimento;
    Evaporação);
    Transpiração;
    Fotossíntese;

  • Ao atravessar a atmosfera a radiação solar interage com seus constituintes, resultando em modificações na quantidade, na qualidade e na direção dos raios solares, devido aos processos de absorção e difusão da radiação solar

    Esses modos de interação dependem do comprimento de onda da radiação e do tamanho do constituinte atmsoférico. Há, portanto, uma interação seletiva que depende das condições atmosféricas locais.

  • Os constituintes atmosféricos, normalmente aerossóis, partículas de poeira e gotículas de água (nuvens, nevoeiros, etc.) mudam a direção dos raios solares. Esse processo gera a radiação multi-direcional, denominada de difusa. Parte dessa radiação retorna ao espaço sideral.Quanto maior a espessura da camada da atmosfera a ser atravessada pela radiação solar, maior a difusão.

  • Dependem do comp. de onda (λ):
    O Sol apresenta um brilho branco incandescente e a sua energia é denominada radiação de ondas curtas (ultravioleta).
    Irradiam energia (em temperatura muito inferior à do Sol, naturalmente) e essa radiação é emitida em ondas longas (infravermelho).

  • A figura mostra a energia associada a cada comprimento de onda. Observe que da energia global, somente uma parte é proveniente da radiação direta o restante é proveniente da radiação difusa, ou seja, a diferença entre Global e Direta.

  • Nessa figura podemos ter uma melhor idéia do porque ocorre redução da irradiância solar à medida que se afasta do sol. Observe que aumentando a distância de 0,5 para 2,0 a irradiância diminuiu de 4 para 0,25.

    Nessa figura podemos ter uma melhor idéia do porque ocorre redução da irradiância solar à medida que se afasta do sol. Observe que aumentando a distância de 0,5 para 2,0 a irradiância diminuiu de 4 para 0,25.

  • A irradiância solar varia de acordo com o ângulo de incidência dos raios solares. Esse ângulo formado entre o Zênite local e os raios solares, denomina-se ÂNGULO ZENITAL (Z). Quanto maior Z, menor a irradiância solar. A lei do Cosseno de Lambert mostra essa relação entre a Irradiância solar e Z da seguinte forma:

    Iz = In cos Zh

    In = Jo = constante solar
    Zh = ângulo zenital em dado instante

    cos Zh = sen  sen  + cos  cos  cos h

    = latitude (0 a 90o)
    = declinação solar (0 a 23,45o)
    = 23,45 sen [(360/365).(NDA – 80)]
    h = ângulo horário = [(Hora local – 12).15]

  • Variação da elevação solar e, conseqüentemente, do ângulo zenital (Z) em diferentes latitudes, considerando-se o dia de Equinócio e às 12h (passagem meridiana do Sol)


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 28,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Nessa figura podemos ter uma melhor idéia do porque ocorre redução da irradiância solar à medida que se afasta do sol. Observe que aumentando a distância de 0,5 para 2,0 a irradiância diminuiu de 4 para 0,25.