Curso Online de Gestão De Resíduos Sólidos

Curso Online de Gestão De Resíduos Sólidos

Cada brasileiro produz 1,1 quilograma de lixo em média por dia. No País, são coletadas diariamente 188,8 toneladas de resíduos sólidos. A...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Cada brasileiro produz 1,1 quilograma de lixo em média por dia. No País, são coletadas diariamente 188,8 toneladas de resíduos sólidos. A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), aprovada em agosto de 2010, disciplina a coleta, o destino final e o tratamento de resíduos urbanos, perigosos e industriais, entre outros.

FORMADO EM TECNOLOGIA EM GESTAO AMBIENTAL POS-GRADUADO EM AUDITORIA E PERICIA, GESTAO AMBIENTAL



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Gestão De Resíduos Sólidos

    Gestão De Resíduos Sólidos

  • Política Nacional de Resíduos Sólidos

    Política Nacional de Resíduos Sólidos

  • Definição

    Os resíduos sólidos são partes de resíduos que são gerados após a produção, utilização ou transformação de bens de consumos (exemplos: computadores, automóveis, televisores, aparelhos celulares, eletrodomésticos, etc).

    Definição

  • Fonte de produção 

    Grande parte destes resíduos é produzida nos grandes centros urbanos. São originários, principalmente, de residências, escolas, indústrias e construção civil.

    Fonte de produção 

  • Coleta seletiva e reciclagem 

    Muitos destes resíduos sólidos são compostos de materiais recicláveis e podem retornar a cadeia de produção, gerando renda para trabalhadores e lucro para empresas. Para que isto ocorra, é necessário que haja nas cidades um bom sistema de coleta seletiva e reciclagem de lixo. Cidades que não praticam este tipo de processo, jogando todo tipo de resíduo sólido em aterros sanitários, acabam poluindo o meio ambiente. Isto ocorre, pois muitos resíduos sólidos levam décadas ou até séculos para serem decompostos.

    Coleta seletiva e reciclagem 

  • Resíduos sólidos perigosos

    Alguns tipos de resíduos sólidos são altamente perigosos para o meio ambiente e merecem um sistema de coleta e reciclagem rigorosos. Podemos citar como exemplos, as pilhas e baterias de celulares que são formadas por compostos químicos com alta capacidade de poluição e toxidades para o solo e água.

    Resíduos sólidos perigosos

  • Política Nacional de Resíduos Sólidos

    A Lei nº 12.305/10, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é bastante atual e contém instrumentos importantes para permitir o avanço necessário ao País no enfrentamento dos principais problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos. Prevê a prevenção e a redução na geração de resíduos, tendo como proposta a prática de hábitos de consumo sustentável e um conjunto de instrumentos para propiciar o aumento da reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos (aquilo que tem valor econômico e pode ser reciclado ou reaproveitado) e a destinação ambientalmente adequada dos rejeitos (aquilo que não pode ser reciclado ou reutilizado).

    Política Nacional de Resíduos Sólidos

  • Institui a responsabilidade compartilhada dos geradores de resíduos: dos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, o cidadão e titulares de serviços de manejo dos resíduos sólidos urbanos na Logística Reversa dos resíduos e embalagens pós-consumo e pós-consumo.

  • Cria metas importantes que irão contribuir para a eliminação dos lixões e institui instrumentos de planejamento nos níveis nacional, estadual, microregional, intermunicipal e metropolitano e municipal; além de impor que os particulares elaborem seus Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.

  • Também coloca o Brasil em patamar de igualdade aos principais países desenvolvidos no que concerne ao marco legal e inova com a inclusão de catadoras e catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis, tanto na Logística Reversa quando na Coleta Seletiva.

  • Além disso, os instrumentos da PNRS ajudarão o Brasil a atingir uma das metas do Plano Nacional sobre Mudança do Clima, que é de alcançar o índice de reciclagem de resíduos de 20% em 2015.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Gestão De Resíduos Sólidos
  • Política Nacional de Resíduos Sólidos
  • Definição
  • Fonte de produção 
  • Coleta seletiva e reciclagem 
  • Resíduos sólidos perigosos
  • Política Nacional de Resíduos Sólidos
  • Aproveitamento Energético do Biogás de Aterro Sanitário
  • Composição do Biogás de Aterro
  • Destinação final dos Resíduos Sólidos Urbanos
  • Aproveitamento Energético dos Resíduos Sólidos
  • O Mecanismo de Desenvolvimento Limpo - MDL
  • Ações e Metas
  • Comitê Interministerial para Inclusão dos Catadores
  • Comitê Orientador Logística Reversa
  • GTT01 - Descarte de Medicamentos
  • GTT02 – Embalagens em geral
  • GTT03 – Embalagens de óleos lubrificantes e seus resíduos
  • GTT04 – Eletroeletrônicos
  • GTT05 – Lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrio e de luz mista
  • RESÍDUOS SÓLIDOS
  • Convenção de Basiléia
  • Gestão e Eliminação do PCB
  • Aspectos Ambientais:
  • Logística Reversa
  • Registro de Emissões e Transferência de Poluente