Curso Online de NR-05 - CIPA - Curso de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de NR-05 - CIPA - Curso de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

Curso atende as exigências da Norma Regulamentadora NR-05. A História da CIPA OIT - Organização Internacional do Trabalho Norma Regulame...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 20 horas


Por: R$ 24,90
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Curso atende as exigências da Norma Regulamentadora NR-05.

A História da CIPA
OIT - Organização Internacional do Trabalho
Norma Regulamentadora NR-05
Organização
Acidentes do Trabalho
CAT - Comunicado de Acidentes do Trabalho
Doenças do Trabalho
Doenças Sexualmente Transmissíveis - DST's

Treinamento
Processo Eleitoral

TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E PALESTRANTE


- Gerbesson Alves Dos Santos

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • NORMA REGULAMENTADORA NR-05

    Preparado por: Diego Lima

    CURSO DE CIPA

    COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES

  • Como tudo começou

    As fábricas do início da Revolução Industrial não apresentavam o melhor dos ambientes de trabalho. As condições das fábricas eram precárias. Eram ambientes com péssima iluminação, abafados e sujos. Os salários recebidos pelos trabalhadores eram muito baixos e chegava-se a empregar o trabalho infantil e feminino.

  • Como tudo começou

    Em muitas regiões da Europa, os trabalhadores se organizaram para lutar por melhores condições de trabalho. Os empregados das fábricas formaram as trade unions (espécie de sindicatos) com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos empregados.

  • Como tudo começou

    Em muitas regiões da Europa, os trabalhadores se organizaram para lutar por melhores condições de trabalho. Os empregados das fábricas formaram as trade unions (espécie de sindicatos) com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos empregados.

  • Como tudo começou

    Houve também movimentos mais violentos como, por exemplo, o ludismo. Também conhecidos como "quebradores de máquinas", os ludistas invadiam fábricas e destruíam seus equipamentos numa forma de protesto e revolta com relação a vida dos empregados. O cartismo foi mais brando na forma de atuação, pois optou pela via política, conquistando diversos direitos políticos para os trabalhadores

  • HISTÓRIA DA CIPA

    A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes surgiu a partir da Revolução Industrial, segunda metade do século XVIII, na Inglaterra, em decorrência da chegada das máquinas, do aumento do número de acidentes, da adaptação do homem ao trabalho, bem como da necessidade de um grupo que pudesse apresentar sugestões para a correção de possíveis riscos de acidentes.

    CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

  • HISTÓRIA DA CIPA

    A Organização Internacional do Trabalho - OIT aprovou, em 1921, instrução para a criação de comitês de segurança para indústrias que tivessem em seus quadros funcionais pelos menos 25 trabalhadores

    OIT - Organização Internacioanl do Trabalho

  • HISTÓRIA DA CIPA NO BRASIL

    A CIPA tem sua origem no artigo 82 do Decreto-Lei 7.036, de 10 de novembro de 1944. Apesar do tempo de existência e da tradição da sigla, a CIPA ainda não adquiriu estabilidade organizacional e funcional. Isto em razão dos avanços e recuos, dos altos e baixos resultantes das diversas regulamentações a que foi submetida em meio século de vida.

    1944 - Ano da origem da CIPA no Brasil

  • HISTÓRIA DA CIPA NO BRASIL

    Amparada por uma legislação específica a partir de 1944 e contemplada nos direitos sociais constitucionais, a segurança do trabalho no Brasil desdobra-se nas atividades das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPA), disseminadas no cenário empresarial, e na fiscalização realizada por funcionários de setores da administração pública.

    1944 - Ano da origem da CIPA no Brasil

  • HISTÓRIA DA CIPA NO BRASIL

    O conhecimento dos níveis de ocorrência de acidentes de trabalho é fator indispensável para a adoção de uma política trabalhista e empresarial que preserve o bem-estar do trabalhador e evite custos e prejuízos aos empresários e às instituições previdenciárias. Um dos mecanismos mais utilizados é a elaboração de estatísticas que, por meio de métodos comparativos, mostram o aumento ou queda dos índices de acidentes de trabalho num período e setor de trabalho dados.

  • HISTÓRIA DA CIPA NO BRASIL

    A organização de estatísticas de acidentes de trabalho foi possível no Brasil a partir do estabelecimento de definições, convenções e regras pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O sistema usual de prevenção de acidentes consiste em investigar os acidentes ocorridos para descobrir sua causa, visando a eliminá-las e prevenir novas ocorrências.

    ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 24,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Acidentes do Trabalho
  • Acidente do trabalho
  • Estudos dos acidentes e incidentes
  • Modelo causal de perdas
  • Importância do tema
  • Dados da OIT no mundo
  • Estatísticas no Brasil
  • Estatísticas no Brasil casos específicos
  • Custo direto do acidente
  • Custo indireto do acidente
  • Custo Brasil
  • Saúde Direito Fundamental
  • Responsabilidade empresarial
  • Alto índice de acidentes causas?
  • Causas/fatores envolvidos
  • Investigação das causas
  • Preocupação mundial Abordagem do Problema
  • Sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho
  • Política
  • Participação dos trabalhadores elemento essencial do sistema
  • Organização
  • Planejamento e Implementação 1
  • Planejamento e Implementação 2
  • Planejamento e Implementação 3
  • Planejamento e Implementação 4
  • Planejamento e Implementação 5
  • Avaliação
  • Ação para melhorias
  • CAT
  • ?Human immunodeficiency virus? HIV causador da AIDS
  • HIV- o vírion
  • Genomas de HIV-1 e HIV-2
  • Genoma do HIV-1
  • Genes do HIV
  • Adsorção - HIV
  • TRANSMISSÃO
  • HIV infecções crônicas
  • HIV: Definição das populações de ?controladores? mais frequentes (Poropatich & Sullivan 2011)
  • Patogenia HIV
  • HIV- não progressores
  • LTNPs e HIV
  • Controladores de Elite (ECs) - HIV
  • HIV: ?progressores lentos?
  • HIV: Definição das populações de ?controladores? mais frequentes (Poropatich & Sullivan 2011)
  • Municipios que reportaram pelo menos um caso de AIDS, por ano de diagnóstico. Brasil, 1980 to 2009
  • Distribuição percentual de casos de AIDS cases entre homens com 13 anos ou mais, por categoria de exposição e por ano. Brasil, 1991 a 2008
  • AIDS no Brasil resumo
  • Testes específicos para detecção de infecção por HIV
  • Diagnóstico de HIV
  • Western Blot
  • Truvada
  • Terapia HIV
  • Transmissão materno-infantil do HIV
  • Análogos de nucleosídeos
  • Inibidores enzimáticos
  • Nucleosídeos inibidores da transcriptase reversa
  • Azidotimidina (AZT)
  • Duovir-N
  • Inibidores não-nucleosídicos da transcriptase reversa
  • Não-nucleosideos inibidores da transcriptase reversa
  • Inibidores de protease
  • Terapia combinada contra o HIV
  • HAART
  • Terapia combinada contra HIV