Curso Online de cristologia
5 estrelas 13 alunos avaliaram

Curso Online de cristologia

a ação do Espirito Santo na vida de Jesus; missão conjunta do Espirito e do Filho no plano de salvação do Pai; a Unção do Filho de Deus...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

a ação do Espirito Santo na vida de Jesus;
missão conjunta do Espirito e do Filho no plano de salvação do Pai;
a Unção do Filho de Deus, o servo de Javé.

anivaldo pedro da silva cristão, católico bacharel em teologia dedicando a comunidade na formação de leigos.


- Dircéia Alves Batista

- Eloisa Helena Rangel Macedo

- Israel Miranda Dos Santos

- Fernando Esteves Marques

- Odineide Sousa Do Carmo

- Dinah Pereira Souto

"bom"

- Karla Patricia Lima Nascimento Gonçalvés

- Paulo De Tarso Oliveira

"bom,pra mim trouxe conhecimento"

- Reginaldo Soares Brito

- Rejane Damasceno Franklin

"Até onde cheguei com meus estudos afirmo ser um MUITO BOM. Atenciosamente; Marcelo Scarpellini"

- Marcelo Scarpellini

- Ana Cristina Gomes De Souza Grijo

- Olavo Alves Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CRISTOLOGIA O ESPIRITO SANTO NA VIDA DE JESUS

    cristologia o espirito santo na vida de jesus

  • O QUE É CRISTOLOGIA?

    o que é cristologia?

    é o estudo sobre cristo; é uma parte da teologia cristã que estuda e define a natureza de jesus, a doutrina da pessoa e da obra de jesus cristo, com uma particular atenção à relação com deus, às origens, ao modo de vida de jesus de nazaré, visto que estas origens e o papel dentro da doutrina de salvação tem sido objeto de estudo e discussão desde os primórdios do cristianismo. concentraremos aqui , a ação do espírito santo, na vida de jesus. no plano da salvação de deus. ele que envia ao mundo seu filho unigênito, e o consagra com a unção. (cf. is42;1). a salvação de deus pai, é realizada por seu ungido ( cristo) . o qual nele , repousou o espírito santo.( is61;1).

  • introdução

    introdução

    antes do batismo de jesus, houve outras unções da existência do filho de deus; no momento da “ encarnação” pela qual ele já ele já era santo (lc 1,35). a unção que o verbo tinha recebido do pai em vista da criação, para que ele por sua vez “ungisse e ornasse todas as coisas”( unção cósmica, como falam justino e irineu). na encarnação , o ‘ verbo’ tornou-se ‘jesus’. assim pois, pela unção solene no rio jordão tornou-se ‘ cristo’= “ o ungido de deus” o messias. a importância de que se revestia o mistério da unção era tal, que dele se faziam derivar o próprio nome de “ cristãos” por isso nos chamamos cristãos ( christianói) porque somos “ ungidos” com o óleo de deus. “ cristãos” significa não seguidores de cristo, mas participantes da sua unção.

  • jesus

    ιησούς = grego ( pronuncia-se = iesoûs) yeshû a = ישוע ) hebraico,aramaico) (iahweh é salvação) “salvador”

    cristo

    χριστός = grego (pronuncia-se = christós) mashî ah = hebraico (messias) “ungido”

  • o nome jesus = yeshu a= deus conosco, o deus que veio visitar a sua humanidade , que se fez carne e habitou entre os seus.(is 6,14) o emanuel. cristo, porque ele será ungido(is 11,2) o messias, enviado do pai (is 42,1ss). a obra salvifíca do pai, é obra da trindade, o filho de deus é ungido pelo espírito santo de deus, visto que a salvação é obra da divindade. o nome hebraico yeshua (ישוע) é uma forma alternativa de yehoshua, josué.
    na bíblia hebraica a ortografia é usada uma vez em relação a josué, filho de nun, mas é comumente utilizado em relação a josué, o sacerdote no tempo de esdras. o nome é também, considerado por muitos ser o nome hebraico ou aramaico de "jesus". neste sentido o nome é usado principalmente pelos cristãos em israel, e na tradução hebraica do novo testamento, como uma alternativa para a ortografia yeshu ha notzri utilizada pelos rabinos. em outros países yeshua é usado principalmente pelos judeus-messiânicos.

  • Yeshua; como salvação

    yeshua; como salvação

    o nome "yeshua" deriva-se de uma raiz hebraica formada por quatro letras – ישוע (yod, shin, vav e ayin) - que significa “salvar”, sendo muito parecido com a palavra hebraica para “salvação” – ישועה, yeshuah – e é considerado também uma forma reduzida pós-exilio babilônico do nome de josué em hebraico – יהושע, yehoshua – que significa “o 'eterno' (yhwh) salva”. essa forma reduzida era muito comum na bíblia hebraica (ou tanakh), que cita dez indivíduos que tinham este nome – como podem ser visto nos versos de esdras (ezra) 2:2, esdras (ezra) 3:2 e neemias (nehemiá) 12:10. "josué", o yehoshua, reduzido como yeshua (aramaico), ou reduzido como iesous (grego; onde não se pronuncia o "s" final).
    o sucessor de moisés , dentre os que saíram do egito, ele considerado digno de conduzir o povo de israel a terra de canaã.

  • Yeshua; como nome original de Jesus

    yeshua; como nome original de jesus

    a afirmação de que a forma yeshua é o nome original de "jesus" tem sido muito debatida atualmente – alguns afirmam que era yehoshua ou que a própria forma grega do nome “jesus” era usada entre os crentes primitivos (comunidades falantes do grego existentes em israel, durante o período helenístico e posteriormente, sempre afirmaram que os manuscritos originais do novo testamento foram escritos primariamente em grego). de qualquer forma, já se tem provas explícitas de que "jesus", seus primeiros discípulos e a população que vivia na terra de israel naquele período, falavam aramaico (ou um tipo de hebraico-aramaico). eusébio de cesareia relata que mateus escrevera seu evangelho em “hebreu” (um termo que era usado referente a um dialeto do aramaico ou a língua hebraica propriamente dita).
    a expressão iesoua', com alpha no final, o que daria a entender que mesmo em grego havia uma forma para yeshua, embora seja possível perceber yeshua também em outras formas gregas, como iesou', iesous ( pronuncia ieshu'.). na língua grega usada em textos judaicos ιησούς (iēsoûs ) ;foi a forma padrão grega do nome hebraico “josué” - os indivíduos chamados pelo nome de "yeshua" ; sempre foram transliterados também como iēsoûs . portanto; “...jesus, é o yeshua (salvador por excelência) o “ cristo” (em grego χριστός, christós, "o ungido" ou "o consagrado") é uma tradução para o grego do termo hebraico mashiach.

  • Do batismo a encarnação

    do batismo a encarnação

    como pode o verbo encarnado tornar-se no batismo algo de novo que já não fosse no momento da encarnação. ele é homem perfeito, salvador desde o principio. o batismo já é um mistério cristológico, só em sentido ativo= ( por aquilo que cristo opera nele)e não em sentido passivo=( por aquilo que nele se opera em cristo)”. o batismo de jesus no jordão, torna-se a festa da instituição do batismo cristão. “são gregório” = jesus é batizado para sepultar nas águas o velho adão e , antes ainda, para santificar o jordão a fim de que como ele era carne e espírito , assim introduzisse na salvação através do espírito e da água.

  • saindo depois , jesus leva consigo para o alto o mundo, vê reabrir-se o paraíso que adão tinha fechado para si , e para seus descendentes. “são gregório” o espírito santo já intervém no batismo de jesus, mas para atestar a divindade de cristo do que para ungir ou consagrar a sua humanidade. “santo atanásio” por eles, santifico a mim mesmo para que eles sejam santificados na verdade( jo17-19) jesus é aquele que santifica , com se dissesse: eu que sou o verbo, dou a mim mesmo o espírito, e me santifico, a fim de que em mim que sou a verdade todos sejam santificados. quem unge é o pai, e a ungida é a humanidade de jesus, mas o crisma com a qual é ungida, não é mais propriamente o espírito santo, e sim o próprio verbo. em cristo, a humanidade é ungida isto é, santificada pela divindade, pelo próprio fato da “ unção hipotástica” sem necessidade de outras missões por parte do pai.

  • O mistério da unção

    o mistério da unção

    o espírito santo ‘remete’ jesus, tanto os primeiros cristãos como também a nós. não podemos olhar para o pentecostes somente, mas além. o mesmo espírito que agiu e impeliu jesus na sua missão, agora quer impelir a igreja para as mesmas coisas. no batismo, aconteceu algo que mudou todo o percurso da vida de jesus. foi o momento em que jesus aceitou a sua vocação, não porque antes não tivesse aceitado, mas porque somente de seu “ crescimento em sabedoria e graça” como homem, ela se lhe manifestou claramente e concretamente. foi no momento do batismo que jesus adquiriu a certeza de que devia assumir o papel de “servo de javé”. com efeito a voz celeste (mc 1,11) e (is 42,1) são dirigidas ao servo de javé sobre o qual ele “pôs o seu espírito”. é neste momento que se verifica a fusão na consciência de jesus que determinará doravante a identidade e a novidade messiânica de jesus e dará um cunho inconfundível a toda sua palavra e ação.

  • podemos entender então, o porque da importância atribuída nos evangelhos a este episódio do batismo. entende-se também porque na fase mais antiga da tradição ele constitui o próprio principio ( arché ) da narração evangélica ( mc 1,19 e at 10,37). os evangelhos sem o episódio inicial do batismo de jesus, seriam como os atos dos apóstolos sem o relato inicial de pentecostes, faltariam a estes a chave da leitura.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • CRISTOLOGIA O ESPIRITO SANTO NA VIDA DE JESUS
  • O QUE É CRISTOLOGIA?
  • introdução
  • Yeshua; como salvação
  • Yeshua; como nome original de Jesus
  • Do batismo a encarnação
  • O mistério da unção
  • A unção de Jesus com o Espirito á efusão do Espirito
  • A unção e a igreja
  • A unção nos cristãos
  • O ESPIRITO MOVE JESUS E A IGREJA A LUTAR CONTRA O DEMÔNIO
  • Tais momentos são sobretudo três:
  • Jesus é tentado pelo demônio
  • A luta do bem contra o mal
  • O espirito que está no ar
  • Discernindo os espiritos
  • Libertar-se de satanás
  • O tempo da igreja
  • O Espirito conduz Jesus e a igreja a evangelização
  • O Espírito Força da Palavra
  • Da unção em Jesus á Igreja
  • O evangelho o Querigma na Igreja apostólica
  • A evolução negativa do querigma
  • O ESPIRITO CONDUZ JESUS E A IGREJA Á ORAÇÃO
  • Espírito santo, alma da oração de jesus
  • O Espírito move a igreja a orar
  • UMA ORAÇÃO RENOVADA PELO ESPIRITO
  • ARREPENDIMENTO O QUE O ESPIRITO DIZ ÁS IGREJAS
  • ARREPENDEI-VOS!
  • DEUS O RESSUSCITOU!
  • Reflexão A vida interior