Curso Online de  Evangelismo

Curso Online de Evangelismo

Capacitação completa para o evangelismo pessoal de jovens ,adulto e de crianças.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Capacitação completa para o evangelismo pessoal de jovens ,adulto e de crianças.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • PARTE I EVANGELIZAÇÃO PESSOAL - 01 - PORQUE EVANGELISMO PESSOAL

    PARTE I EVANGELIZAÇÃO PESSOAL - 01 - PORQUE EVANGELISMO PESSOAL

  • Conta-se que após Jesus realizar a obra salvadora aqui na terra, completada com a sua morte e sua ressurreição, subiu ao céu e encontrou-se com um anjo. Este lhe perguntou o que seria da igreja que ele havia iniciado, já que subira ao céu e fisicamente não poderia mais estar presente no mundo e dar continuidade à sua obra. Jesus respondeu: “Preparei e deixei na terra os meus discípulos, formando uma igreja, eles continuarão a minha obra e prepararão outros que farão o mesmo, até a minha volta”. Insistiu o anjo: “Mas, Senhor, tu deixastes uma obra tão nobre e importante como essa, de salvação das almas da perdição eterna, pela qual sofrestes e entregastes a tua vida, nas mãos de homens?”. A estas palavras, Jesus completou: “Não tenho outro plano”.

    Conta-se que após Jesus realizar a obra salvadora aqui na terra, completada com a sua morte e sua ressurreição, subiu ao céu e encontrou-se com um anjo. Este lhe perguntou o que seria da igreja que ele havia iniciado, já que subira ao céu e fisicamente não poderia mais estar presente no mundo e dar continuidade à sua obra. Jesus respondeu: “Preparei e deixei na terra os meus discípulos, formando uma igreja, eles continuarão a minha obra e prepararão outros que farão o mesmo, até a minha volta”. Insistiu o anjo: “Mas, Senhor, tu deixastes uma obra tão nobre e importante como essa, de salvação das almas da perdição eterna, pela qual sofrestes e entregastes a tua vida, nas mãos de homens?”. A estas palavras, Jesus completou: “Não tenho outro plano”.

  • Se observarmos como o Evangelho tem se expandido ao longo dos tempos, a começar pelo livro de Atos dos Apóstolos e chegando até aos nossos dias, certamente iremos concluir que tal expansão muito se deveu à evangelização pessoal, isto é pessoa falando com pessoa. Jesus gastava muito do seu tempo falando a poucas pessoas e também preparando os discípulos para continuarem a evangelização do mundo.

    Se observarmos como o Evangelho tem se expandido ao longo dos tempos, a começar pelo livro de Atos dos Apóstolos e chegando até aos nossos dias, certamente iremos concluir que tal expansão muito se deveu à evangelização pessoal, isto é pessoa falando com pessoa. Jesus gastava muito do seu tempo falando a poucas pessoas e também preparando os discípulos para continuarem a evangelização do mundo.

  • Veja quanto tempo Jesus se deteve com a mulher samaritana, travando um longo diálogo! E qual o resultado? Ela foi à cidade e anunciou aos seus habitantes tudo o que tinha ouvido e "muitos dos samaritanos daquela cidade creram nele, pela palavra da mulher" (João 4:39). A mulher se tornou um evangelizadora pessoal no mesmo dia que creu em Jesus. Observe como as pessoas se achegam a Jesus. Talvez também tenha acontecido com você ou com pessoas que você conhece. Na maioria das vezes, tudo se iniciou com um contato pessoal, seguido por um convite para ir à igreja. Evangelização pessoal, a sublime tarefa que Jesus entregou, não a anjos, mas a homens e a mulheres tais como você e eu.

    Veja quanto tempo Jesus se deteve com a mulher samaritana, travando um longo diálogo! E qual o resultado? Ela foi à cidade e anunciou aos seus habitantes tudo o que tinha ouvido e "muitos dos samaritanos daquela cidade creram nele, pela palavra da mulher" (João 4:39). A mulher se tornou um evangelizadora pessoal no mesmo dia que creu em Jesus. Observe como as pessoas se achegam a Jesus. Talvez também tenha acontecido com você ou com pessoas que você conhece. Na maioria das vezes, tudo se iniciou com um contato pessoal, seguido por um convite para ir à igreja. Evangelização pessoal, a sublime tarefa que Jesus entregou, não a anjos, mas a homens e a mulheres tais como você e eu.

  • - 02 - EU POSSO EVANGELIZAR ?

    - 02 - EU POSSO EVANGELIZAR ?

  • Quem pode evangelizar? Todos os salvos em Jesus Cristo podem evangelizar. Evangelizar significa anunciar as boas novas, o chamado de Deus para que toda criatura creia em Jesus como Filho de Deus e o receba como Salvador de sua alma.

    Quem pode evangelizar? Todos os salvos em Jesus Cristo podem evangelizar. Evangelizar significa anunciar as boas novas, o chamado de Deus para que toda criatura creia em Jesus como Filho de Deus e o receba como Salvador de sua alma.

  • Há uma vida futura na eternidade e esta poderá ser na presença de Deus, para quem recebe a Jesus como seu único e suficiente Salvador, ou poderá ser longe de Deus, para quem recusa a Jesus, não aceitando o Evangelho.

    Há uma vida futura na eternidade e esta poderá ser na presença de Deus, para quem recebe a Jesus como seu único e suficiente Salvador, ou poderá ser longe de Deus, para quem recusa a Jesus, não aceitando o Evangelho.

  • Você pode evangelizar se já aceitou a Jesus como Salvador, foi batizado nas águas e está em comunhão com a igreja e com o pastor. É recomendável que sua atividade de evangelizador seja de conhecimento do seu pastor e, se for possível, tenha o seu apoio.

    Você pode evangelizar se já aceitou a Jesus como Salvador, foi batizado nas águas e está em comunhão com a igreja e com o pastor. É recomendável que sua atividade de evangelizador seja de conhecimento do seu pastor e, se for possível, tenha o seu apoio.

  • Após uma evangelização bem sucedida, segue-se a conversão, o batismo e a entrada do novo convertido na igreja. Depois de estar certo que o novo convertido começa a ser discipulado, então o evangelizador pode buscar novas almas.

    Após uma evangelização bem sucedida, segue-se a conversão, o batismo e a entrada do novo convertido na igreja. Depois de estar certo que o novo convertido começa a ser discipulado, então o evangelizador pode buscar novas almas.

  • Quem ama evangeliza A primeira razão para evangelizarmos tem origem numa ordem divina. Jesus disse (Marcos 6:15): “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura”.

    Quem ama evangeliza A primeira razão para evangelizarmos tem origem numa ordem divina. Jesus disse (Marcos 6:15): “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura”.

  • Parece-nos, no entanto, que as coisas feitas debaixo de ordens não nos trazem entusiamo e não resultam em melhor qualidade. Nessa ordem de Jesus, há, também, uma motivação valiosa que certamente nos fará agir.

    Parece-nos, no entanto, que as coisas feitas debaixo de ordens não nos trazem entusiamo e não resultam em melhor qualidade. Nessa ordem de Jesus, há, também, uma motivação valiosa que certamente nos fará agir.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • PARTE I EVANGELIZAÇÃO PESSOAL - 01 - PORQUE EVANGELISMO PESSOAL
  • Conta-se que após Jesus realizar a obra salvadora aqui na terra, completada com a sua morte e sua ressurreição, subiu ao céu e encontrou-se com um anjo. Este lhe perguntou o que seria da igreja que ele havia iniciado, já que subira ao céu e fisicamente não poderia mais estar presente no mundo e dar continuidade à sua obra. Jesus respondeu: “Preparei e deixei na terra os meus discípulos, formando uma igreja, eles continuarão a minha obra e prepararão outros que farão o mesmo, até a minha volta”. Insistiu o anjo: “Mas, Senhor, tu deixastes uma obra tão nobre e importante como essa, de salvação das almas da perdição eterna, pela qual sofrestes e entregastes a tua vida, nas mãos de homens?”. A estas palavras, Jesus completou: “Não tenho outro plano”.
  • Se observarmos como o Evangelho tem se expandido ao longo dos tempos, a começar pelo livro de Atos dos Apóstolos e chegando até aos nossos dias, certamente iremos concluir que tal expansão muito se deveu à evangelização pessoal, isto é pessoa falando com pessoa. Jesus gastava muito do seu tempo falando a poucas pessoas e também preparando os discípulos para continuarem a evangelização do mundo.
  • Veja quanto tempo Jesus se deteve com a mulher samaritana, travando um longo diálogo! E qual o resultado? Ela foi à cidade e anunciou aos seus habitantes tudo o que tinha ouvido e "muitos dos samaritanos daquela cidade creram nele, pela palavra da mulher" (João 4:39). A mulher se tornou um evangelizadora pessoal no mesmo dia que creu em Jesus. Observe como as pessoas se achegam a Jesus. Talvez também tenha acontecido com você ou com pessoas que você conhece. Na maioria das vezes, tudo se iniciou com um contato pessoal, seguido por um convite para ir à igreja. Evangelização pessoal, a sublime tarefa que Jesus entregou, não a anjos, mas a homens e a mulheres tais como você e eu.
  • - 02 - EU POSSO EVANGELIZAR ?
  • Quem pode evangelizar? Todos os salvos em Jesus Cristo podem evangelizar. Evangelizar significa anunciar as boas novas, o chamado de Deus para que toda criatura creia em Jesus como Filho de Deus e o receba como Salvador de sua alma.
  • Há uma vida futura na eternidade e esta poderá ser na presença de Deus, para quem recebe a Jesus como seu único e suficiente Salvador, ou poderá ser longe de Deus, para quem recusa a Jesus, não aceitando o Evangelho.
  • Você pode evangelizar se já aceitou a Jesus como Salvador, foi batizado nas águas e está em comunhão com a igreja e com o pastor. É recomendável que sua atividade de evangelizador seja de conhecimento do seu pastor e, se for possível, tenha o seu apoio.
  • Após uma evangelização bem sucedida, segue-se a conversão, o batismo e a entrada do novo convertido na igreja. Depois de estar certo que o novo convertido começa a ser discipulado, então o evangelizador pode buscar novas almas.
  • Quem ama evangeliza A primeira razão para evangelizarmos tem origem numa ordem divina. Jesus disse (Marcos 6:15): “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura”.
  • Parece-nos, no entanto, que as coisas feitas debaixo de ordens não nos trazem entusiamo e não resultam em melhor qualidade. Nessa ordem de Jesus, há, também, uma motivação valiosa que certamente nos fará agir.
  • Se já aceitamos a Jesus como nosso Salvador e se Ele é o nosso Senhor, em nosso coração habita o Espírito Santo e a sua poderosa ação nos torna uma pessoa diferente. O nosso coração, outrora de pedra, como diz a Bíblia, se transformou num coração de carne, passando a ser um coração aberto para o amor de Deus.
  • Quando provamos o amor de Deus, uma vida nova e verdadeira surge dentro de nós. Então o amor de Deus nos leva a agir como Ele agiu. Jesus disse que “ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos” (João 15:13). A própria vida é o máximo que se pode dar, e Jesus assim fez. Ao entregar a sua vida por nós, Ele nos tornou cativos desse amor. Se somos dele, certamente queremos nos parecer com Ele.
  • Aqui está a verdade do amor de Deus: Jesus entregou a sua vida para salvar as nossas almas da perdição eterna. Ora, o amor de Deus não pode ficar retido dentro de nós, isso impediria o plano de Deus de alcançar a todo ser humano.
  • Você foi amado por Deus. Você já provou e viu que esse amor é verdadeiro. Então, com certeza, sabe que Deus espera que você se torne um instrumento para Ele também abençoar as outras pessoas.
  • Portanto, se você evangeliza alguém, não faz isso apenas porque Jesus ordenou, e Ele de fato ordenou, mas porque quer repartir o grande amor que recebeu de Deus. Quer testemunhar que Deus tem o verdadeiro amor, amou você e por meio de você deseja salvar aqueles que ainda não ouviram falar do Evangelho.
  • - 06 - COMO APRESENTAR O PLANO DE SALVAÇÃO
  • Quem convence o homem do pecado e lhe mostra que a salvação está em Jesus Cristo é o Espírito Santo. A ação do Espírito Santo, no entanto, ocorre quando a Palavra de Deus é pregada. Lembre-se de que Paulo disse que a fé (em Jesus) vem pelo ouvir a palavra de Deus (Romanos 10:17). Por isso é necessário termos a Bíblia como nossa principal arma nessa batalha espiritual de salvação das almas.
  • Um lindo exemplo de como apresentar o plano de Deus para salvação das almas está em Atos 8:26-40. Trata-se da salvação de um importante habitante da Etiopia, superintendente dos tesouros da Rainha Candace. Ele foi evangelizado pelo Diácono Filipe.
  • Leia esse texto. Depois veja a seguir o esquema prático que sugerimos, baseado nesse exemplo bíblico.
  • • Prepare textos bíblicos que falem da salvação na pessoa de Jesus Cristo, • Peça à pessoa evangelizada que leia o texto indicado, • Se ela não puder, então faça você a leitura, • Pergunte à pessoa se ela entendeu o que leu ou ouviu, • Explique o texto lido, mostrando sempre:
  • ? a situação do homem como pecador, ? a sua necessidade de salvação, e ? o poder salvador do Senhor Jesus,
  • • Conclua, dizendo-lhe que o desejo e o plano de Deus é lhe oferecer a Salvação pela fé em Jesus, • Convide-a, se achar o momento oportuno, a aceitar a Jesus como seu Salvador pessoal e • Faça a oração de aceitação com a pessoa convertida.
  • Faça o apelo Estando certo que a pessoa ouviu e entendeu o Evangelho, aproveite o momento e lhe ofereça Jesus, pedindo-lhe que se decida por aceitar Jesus em seu coração. Se ela não entender, explique-lhe que “aceitar Jesus” quer dizer reconhecer que é um pecador, que não pode encontrar-se com Deus nessa situação, que deseja ser salvo, que crê que Jesus morreu na cruz em seu lugar, que crê que Jesus pode perdoar todos os seus pecados e que deseja seguir a Jesus por todos os dias de sua vida.
  • Oração de aceitação Se a pessoa confessar que aceita a Jesus, conduza-a numa oração, pedindo-lhe para repetir suas palavras. Por exemplo: “Senhor Jesus, neste momento, eu te aceito como meu único e suficiente Salvador, perdoa todos os meus pecados, escreve o meu nome no Livro da Vida, ajuda-me a cumprir a tua Palavra e seja meu Senhor por todos os dias da minha vida. Amém”.
  • Introdução na Igreja Informe ao novo convertido os dias e horários dos cultos e o endereço da sua igreja ou da igreja mais próxima. Se possível, vá com ele ao primeiro culto e o apresente ao pastor da igreja, o qual, com certeza, cuidará da sua introdução no corpo de membros e o iniciará no discipulado.
  • Exemplo de texto bíblico A seguir, um texto bíblico como exemplo. Primeiro os versículos devem ser lidos pela pessoa a ser evangelizada ou pelo evangelizador. Depois, o evangelizador apresenta a explicação, conforme sugerimos abaixo. Logicamente a explicação não deve ser lida para a pessoa, servindo apenas como uma orientação para o evangelizador.
  • Texto: João 3: 16-18: “16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. 18 Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”
  • Explicação do Texto: “Desde Adão a raça humana se afastou de Deus, seguindo caminhos errados e vivendo na desobediência. Por seus atos, o homem merece o castigo de Deus, uma sentença de morte que o separará de Deus por toda a eternidade. Mas Deus provou o seu amor pela humanidade, entregando o seu próprio filho para morrer na cruz do Calvário e assim libertar o homem da prisão do pecado. O perdão de nossos pecados custou o derramamento do sangue puro do Senhor Jesus. Por isso a Bíblia nos diz que Deus deu o seu Filho. Se aceitamos a Jesus, então o seu sacrifício cobre todos os nossos pecados e nos tornamos limpos diante de Deus. Jesus não veio condenar o mundo, mas o homem que recusa a Jesus, ele mesmo está tomando a decisão de rejeitar a vida eterna e portanto está escolhendo passar a eternidade distante de Deus”.
  • Seguem outros textos indicados para evangelização. Prepare com antecedência a sua explicação. Mateus 11:28-30 Marcos 16:15-20 João 14: 1-6 Mateus 28:16-20 Lucas 15: 3-7 I João 1:8-9
  • Este roteiro é uma ajuda. Sua experiência com Deus, em oração e jejum, e a leitura da Bíblia certamente o capacitarão a pregar o Evangelho de uma forma vitoriosa.
  • - 07 - EVANGELIZE COM O SEU TESTEMUNHO PESSOAL
  • Prepare com antecedência
  • Roteiro para o Testemunho
  • - 08 - COMO REALIZAR VISITAS PARA EVANGELIZAÇÃO
  • Equipe para visitas
  • Na entrada do lar
  • Marque horário
  • Dentro do Lar
  • Ao sentar
  • O motivo da sua visita
  • Introdução na Igreja
  • Até a próxima visita
  • Não esqueça
  • Meus Parabéns