Curso Online de Pontuação: o estudo da utilização das vírgulas.

Curso Online de Pontuação: o estudo da utilização das vírgulas.

Compreender e dominar a língua é um divisor, pois através dela é possível transmitir a ideia certa e, mais que isso, fazer-se entender.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Compreender e dominar a língua é um divisor, pois através dela é possível transmitir a ideia certa e, mais que isso, fazer-se entender.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4973825191090426



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Pontuação: o estudo da utilização das vírgulas.

    Pontuação: o estudo da utilização das vírgulas.

    Professor Fábio Oliveira Santos

  • Compreender e dominar a língua é um divisor, pois através dela é possível transmitir a ideia certa e, mais que isso, fazer-se entender.

  • Basicamente, o estudo sobre a pontuação tem uma tríplice utilidade. São elas:
    Assinalar as pausas e as inflexões da voz, ou o que chamamos de entonação, na leitura;
    Separar palavras, expressões e orações que devem ser destacadas;
    Esclarecer o sentido da frase, afastando qualquer ambiguidade, ou seja, duplo sentido.

  • Feitos as seguintes ressalvas, iniciaremos nossos estudos pela compreensão da vírgula.

  • De acordo com Cegalla (2004), entre outras coisas, utiliza-se a vírgula em doze situações que se deve utilizá-la e mais três casos que não devemos utilizá-la. Em todo caso, não é preciso medo, pois estudaremos todas.

  • Primeiro caso:

    Primeiro caso:

    Utilizamos a vírgula para separar palavras, ou orações justapostas assindéticas. Porém, o que deve ser isso? Calma, nada demais! Vamos utilizar uma experiência simples. Imagine que minha mãe solicitou-me para realizar as compras na feira, assim solicita que anote tudo. Dessa maneira, começa a ditar: laranja, limão, mamão, banana, pera e, não podemos esquecer, de comprar camarão e lagosta!

  • Calma, nada demais!

    Calma, nada demais!

  • Perceberam? Não! Então, prestem atenção! “Laranja, limão, mamão, banana e pera...” Nesse caso, utilizamos a vírgula para separar as palavras e não precisamos repetir a letra “e”, pois imaginem como ficaria a frase assim: Laranja e limão e mamão e banana e pera.

  • Muito bem, agora já entendi tudo, mas o que é mesmo isso de oração justaposta assindética? Simples. São orações que possuem sentido completo, como por exemplo: “Os passantes chegam, olham, perguntam e prosseguem.”

  • “Os passantes chegam (1º frase), olham, (1º oração) perguntam (2º oração) e prosseguem (3º oração).” Todas as frases e orações têm sentido completo, pois não precisam de complemento.

  • Exercícios:

    Exercícios:

    Identifique a frase ou oração que esteja correta.
    ( ) Fui à feira e comprei pepino, laranja, limão e cebola.
    ( ) Comprei um livro lápis borracha e caneta.
    ( ) Os passantes chegam olham perguntam e prosseguem.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Pontuação: o estudo da utilização das vírgulas.
  • Primeiro caso:
  • Calma, nada demais!
  • Exercícios:
  • Segundo caso:
  • Exemplos
  • Exercícios
  • Terceiro caso
  • Exercícios
  • Quarto caso
  • Exercícios
  • Quinto caso
  • Exercícios
  • Sexto caso
  • Exercícios
  • Sétimo caso
  • Exercícios
  • Oitavo caso
  • Exercícios
  • Nono caso
  • Exercícios
  • Décimo caso
  • Exercícios
  • Décimo primeiro caso
  • Exercícios
  • Décimo segundo caso
  • Exercícios
  • Casos que não se usam as vírgulas
  • Bibliografia