Curso Online de TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

Curso Online de TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

MAIS UM CURSO OFERECIDO PELA PROMOVENDO CONHECIMENTO LANÇANDO UMA COLEÇÃO DE NOVOS CURSOS APROVEITEM E ENTRE NA NOSSA PAGINA DE CURSOS PA...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 21 horas

Por: R$ 65,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

MAIS UM CURSO OFERECIDO PELA PROMOVENDO CONHECIMENTO LANÇANDO UMA COLEÇÃO DE NOVOS CURSOS APROVEITEM E ENTRE NA NOSSA PAGINA DE CURSOS PARA CONFERIR QUALQUER DUVIDA ESTAMOS ONLINE NO EMAIL DESCRITO NOS CURSOS E NA ABA DUVIDAS

ATENCIOSAMENTE,
PROMOVENDO CONHECIMENTO.

ESTAMOS OFERECENDO CURSOS DE TODAS AS AREAS A MAIORIA DELES EM TI (TECNOLOGIA DA INFORMAÇAO) POREM OFERECEMOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, GESTÃO EM GERAL, ANALISE, DESENVOLVIMENTO, ENGENHARIA E MUITOS OUTROS CONFIRAM



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Teoria Geral da Administração

    teoria geral da administração

    livro básico:
    idalberto chiavenato.
    introdução à teoria geral da administração.
    7a. edição, editora campus.

  • APRESENTAÇÃO

    apresentação

    quando precisamos chegar a algum lugar aonde nunca fomos, o primeiro passo é descobrir o caminho. guias existem para cumprir essa função: indicar um caminho.
    assim, esta apostila tem por objetivo complementar através de informações teóricas e atividades complementares a disciplina, teoria geral da administração - tga i, da faculdade itop.
    possibilitar um a visão global da teoria geral da administração, de seus conceitos, recurso e aplicabilidades. mostrar ainda a visão histórica da administração e suas diversas teorias, discutir a aplicabilidade das teorias de administração nas empresas.

  • TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

    tga - teoria geral da administração

    “é o corpo de conhecimentos a respeito das organizações e do processo de administra-las. não há na teoria da administração formulas ou receitas definitivas, como acontece com outras disciplinas. teoria, em administração, significa um conjunto de conhecimentos organizados, produzido pela experiência prática das organizações. (maximiano, 2000, p.30 )

  • T.G.A COMPREENDE DOIS TIPOS

    t.g.a compreende dois tipos

    conhecimentos descritivos: procuram explicar o que são as organizações e como são administradas, (realidade).
    conhecimentos prescritivos: procuram explicar como as organizações devem ser administradas (propõem recomendações).
     

  • administração: “é o processo de tomar e colocar em prática decisões sobre objetivos e utilização de recursos”.
    recursos: pessoas, informação e conhecimento, espaço, tempo, dinheiro, instalações.
    objetivos: resultados esperados do sistema
    decisões: planejamento, organização, execução, direção e controle
     
     

  • QUEM SÃO OS ADMINISTRADORES

    quem são os administradores

    são as pessoas que tomam decisões de administração. podem ser indivíduos ou grupos. todas as pessoas que administram sistemas ou recursos são administradores (ou gerentes). (maximiano, 2000, p. 25).

  • COMPETÊNCIAS DO ADMINISTRADOR

    competências do administrador

    os administradores são planejadores, organizadores, líderes e controladores da organização.

    enfim, os administradores trabalham com qualquer pessoa em qualquer nível, dentro ou fora de suas organizações, que possam ajudar a atingir os objetivos da organização. os comunicadores também agem como canal de comunicação dentro da organização.

  • FUNÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO

    funções da administração

    planejamento: consiste em tomar decisões sobre objetivos e recursos necessários para realizá-los;
    organização: consiste em tomar decisões sobre a divisão de autoridade e responsabilidade entre pessoas e sobre a divisão de recursos para realizar tarefas e objetivos;
    coordenação: harmonizar e dar sentido de sincronia na realização do trabalho;
    controle: consiste em tomar decisões e agir para assegurar a realização dos objetivos;
    direção: compreende as decisões que acionam recursos, especialmente pessoas, para realizar tarefas e alcançar objetivos.

  • Por que estudar Teoria da Administração

    por que estudar teoria da administração

    como a administração é uma disciplina aplicada voltada para resultados práticos, você pode sentir-se impaciente com a idéia de estudar teorias do passado.mas este estudo é importante por pelo menos quatro razões:

    as teorias guiam as decisões da administração: o estudo da teoria nos ajuda a compreender os processos fundamentais e, baseados nisso, a escolher uma linha eficaz de ação. em essência, uma teoria é um conjunto coerente de pressupostos elaborado para explicar as relações entre dois ou mais fatos observáveis. portanto, as teorias válidas permitem-nos prever o que acontecerá sob certas situações. com esse conhecimento, podemos aplicar diferentes teorias da administração a diferentes situações.

  • as teorias dão forma à nossa visão das organizações: o estudo das teorias da administração também mostra de onde retiramos alguma de nossas idéias sobre as organizações e sobre as pessoas que participam delas. veja, por exemplo, a linha de montagem de henry ford. ela é uma aplicação bastante prática da teoria da administração científica, a idéia de que os administradores podem determinar cientificamente o melhor modo de se realizar qualquer tarefa. esta teoria é baseada no pressuposto de que as pessoas não gostam de trabalhar: de que pelo contrário, elas precisam de uma supervisão atenta e de incentivo financeiro (uma suposição sensata, dada a natureza monótona, repetitiva e algumas vezes perigosa do trabalho numa linha de montagem). em anos recentes, entretanto muitos fabricantes enfrentaram uma crise de produtividade, de qualidade e do moral dos empregados, forçando muitos empregadores a repensar as premissas da teoria da administração científica. em conseqüência a ford adotou um novo conjunto de pressupostos sobre os empregados que eles se preocupam com seu trabalho e que querem opinar sobre como ele é organizado e realizado idéias que fundamentam a abordagem neoclássica.

    as teorias dão forma à nossa visão das organizações:

  • a medida que for estudando as diferentes teorias, você passará a ver que cada uma delas é produto de seu ambiente – das forças sociais, econômicas, políticas e tecnológicas presentes num dado tempo e lugar. esse conhecimento irá ajuda-lo a compreender porque certas teorias são apropriadas a diferentes circunstâncias. no inicio do século xx, por exemplo, havia falta de mão de obra especializada, levando os administradores a se concentrarem nos modos de tornar cada trabalhador mais eficiente. nesse contexto, a abordagem de henry ford faz sentido. hoje, entretanto, quando o nível geral de educação é mais elevado e temos um grande suprimento de mão de obra, outras teorias são mais eficazes.

    as teorias nos conscientizam do ambiente empresarial.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 65,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Teoria Geral da Administração
  • APRESENTAÇÃO
  • TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
  • T.G.A COMPREENDE DOIS TIPOS
  • QUEM SÃO OS ADMINISTRADORES
  • COMPETÊNCIAS DO ADMINISTRADOR
  • FUNÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO
  • Por que estudar Teoria da Administração
  • DEFINIÇÃO DE ORGANIZAÇÃO
  • TIPOS DE ORGANIZAÇÃO
  • 1. A Administração e suas Perspectivas
  • Defininindo Administração
  • Definindo Administração
  • As Habilidades do Administrador
  • Os Papéis do Administrador
  • O conhecimento administrativo: as Teorias da Administração
  • As variáveis da T.G.A.
  • As principais teorias administrativas
  • Os Primórdios da Administração: Antecedentes Históricos da Administração
  • A história administração
  • Filósofos
  • Igreja Católica e Organização Militar
  • Revolução Industrial
  • Pioneiros e Empreendedores
  • Abordagem Clássica - Administração Científica
  • Abordagem Clássica
  • Administração Científica
  • 3.2 Administração Científica
  • A Organização Racional do Trabalho
  • Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos
  • Fadiga Humana
  • Divisão do trabalho e especialização do operário
  • Desenho de cargos e tarefas
  • Incentivos salariais e premiação
  • Homo Economicus
  • Condições Ambientais de Trabalho
  • Padronização
  • Supervisão funcional
  • Apreciação crítica à Administração Científica
  • Mecanicismo da Administração Científica
  • Superespecialização do operário
  • Visão microscópica do homem
  • Ausência de comprovação científica
  • Limitação do campo de aplicação
  • Abordagens prescritiva e normativa e de sistema fechado
  • Pioneirismo
  • Revisão
  • Apreciação crítica à Administração Científica
  • Henry Ford
  • Henry Ford e o modelo T
  • Henry Ford e a linha de montagem
  • Henry Ford e suas inovações
  • Ford adotou três princípios básicos:
  • Teoria Clássica da Administração
  • Abordagem Clássica
  • Teoria Clássica da Administração
  • As funções da Organização e o conceito de Administração
  • Princípios da Administração
  • A Organização Linear
  • Apreciação crítica à Teoria Clássica
  • Aplicação Atual
  • Teoria das Relações Humanas
  • Abordagem Humanística
  • Teoria das Relações Humanas
  • A Experiência em Hawthorne
  • Experiência em Hawthorne Primeira Fase
  • Experiência em Hawthorne Segunda Fase
  • Experiência em Hawthorne Terceira Fase
  • Experiência em Hawthorne Quarta Fase
  • Experiência em Hawthorne Conclusões
  • Civilização Industrializada
  • 6.1 Novos estudos na Administração
  • 6.2 Motivação
  • 6.3 Liderança
  • 6.4 Comunicação
  • 6.5 Organização informal
  • 6.6 Dinâmica de Grupo
  • 6.7 Críticas à Teoria das Relações Humanas
  • 6.8 Conclusão
  • 7. Teoria Comportamental
  • 7.1 A Teoria Comportamental
  • 7.2 A motivação humana
  • 7.3 Hierarquia das necessidades de Maslow
  • 7.4 Teoria dos dois Fatores de Herzberg
  • 7.4 Teoria dos dois Fatores de Herzberg 7.4.1 Fatores Higiênicos
  • 7.4 Teoria dos dois Fatores de Herzberg 7.4.3 Enriquecimento dos cargos
  • 7.5 Estilos de Administração
  • 7.6 Teoria X e Teoria Y
  • 7.6 Teoria X e Teoria Y 7.6.1 Teoria X
  • 7.6 Teoria X e Teoria Y 7.6.2 Teoria Y
  • 7.7 Comportamento Organizacional
  • 7.8 Apreciação Crítica
  • 8. Abordagem Estruturalista – Modelo Burocrático
  • 8.1 Abordagem Estruturalista
  • 8.2 Modelo Burocrático
  • 8.3 Tipos de Sociedades e Autoridades
  • 8.4 Características da Burocracia
  • 8.5 Disfunções da Burocracia
  • 8.6 Modelo Burocrático de Weber
  • 8.7 Graus de Burocratização
  • 8.8 Apreciação Crítica
  • 9. Teoria Estruturalista
  • 9.1 Abordagem Estruturalista
  • 9.2 Teoria Estruturalista
  • 9.3 Abordagem Múltipla
  • 9.4 Tipologia das Organizações
  • 9.4.1 Tipologia de Etzioni
  • 9.4.2 Tipologia de Blau e Scott
  • 9.5 Ambiente Organizacional
  • 9.6 Apreciação Crítica
  • 12. Teoria Neoclássica
  • 12.1 Abordagem Neoclássica
  • 12.2 Aspectos Comuns
  • 12.3 Princípios Básicos da Organização
  • 12.4 Funções do Administrador
  • 12.4 Funções do Administrador: Planejar
  • 12.4 Funções do Administrador
  • 12.4 Funções do Administrador: Controlar
  • 13. Administração por Objetivos - APO