Curso Online de Curso de Locutor - Seja Um Profissional Em Comunicação !
4 estrelas 15 alunos avaliaram

Curso Online de Curso de Locutor - Seja Um Profissional Em Comunicação !

Tudo Que Você Precisa Saber Para Ser Um Locutor Profissional.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 5 horas

Por: R$ 25,90
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Tudo Que Você Precisa Saber Para Ser Um Locutor Profissional.

Joelson Marques -(Jocka Locutor) Locutor em vários seguimentos de comunicação desde 1996. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL: Jornalista profissional com cursos em várias seguimentos de Comunicação. Formação em gestão empresarial e trabalho em equipe, auxiliar contábil e contabilidade em geral, curso de Jornalismo e como falar em público,edição e produção de áudio e vídeo com Sony Vegas Pro e Sony Sound Forge. Atuando nas seguintes emissoras de rádio do Brasil: ·Rádio Veredas FM - Cidade de Serra do Salitre- MG - Cargo: locutor. Principais atividades: locução e produção de áudios. ·Sistema Difusora de Rádio de Patrocínio-MG Cargo: Locutor, editor e redator. Principais atividades: Locução, programação de comerciais e redação de textos jornalísticos. ·Rede Gerais de Comunicação Ltd...Coromandel-MG Cargo: Locutor, editor , redator e produtor. ·Principais atividades: Locução, apresentação de jornal ao vivo, redação de textos em geral, produção de vinhetas e comerciais etc... ·Rádio Jovem Pan 2 Cascavel Paraná . Cargo: Locutor. ·Principais atividades: Locução e edição .


- Ricardo Alves Moreira

- Sávio Sousa Almeida

- Edilson De Sousa Pinto

- Reginaldo Augusto Alves

- Ludimilla Viana Sales Da Silva

- Elycardo Correa De Brito

- Pedro Antonio De Morais Nunes

- Carlos Magno Machado Mendes

- Márcia Ribeiro Da Silva

- José Riscove Pemba Mabiala

- Ileana Neves Maués

- Belto Klesio Furtado De Souza

- Kleybson José Da Silva Pereira

- Adriana Saldanha Cabral

- Francisco Junior Da Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Curso de locutor para radiodifusão em geral...

    Curso de locutor para radiodifusão em geral...

    Seja bem vindo !
    Vai começar o curso de locutor profissional, leia e assista tudo com muita atenção .
    Não tenha pressa.

  • A história do rádio

    A história do rádio

    O rádio é um veículo de comunicação, baseado na difusão de informações sonoras, por meio de ondas eletromagnéticas, em diversas frequências. Ele pode ser caracterizado como um meio essencialmente auditivo, formado pela combinação do binômio: voz (locução) e música. O rádio entre os meios de comunicação em massa, pode ser considerado o mais popular e o de maior alcance do público, não só no Brasil mas no mundo, isso pela capacidade que o homem tem em ouvir a mensagem sonora e falada simultaneamente e não ter de interromper as suas atividades e se dedicar exclusivamente à audição. Segundo dados do Ministério das Comunicações, o Brasil possui aproximadamente 3.000 emissoras de rádio, sendo que distribuídas aproximadamente em 50% para AM e FM. Como todo meio de massa, a comunicação pode ser caracterizada como pública, transitória e rápida. Ela é pública, porque, na medida em que as mensagens não são endereçadas a ninguém em particular, seu conteúdo esta aberto ao critério público. Rápida porque as mensagens são endereçadas para atingir grande audiência em tempo relativamente curto, ou mesmo simultaneamente. Transitória, pois a intenção é de que sejam consumidas imediatamente, não se destinando a registros permanentes, naturalmente há exceções, como filmotecas, gravações etc.

  • O Começo do rádio

    O Começo do rádio

    Tudo começou com Michael Faraday, grande sábio inglês que descobriu em 1831 a indução magnética, assim como a grande contribuição dada por James C. Maxwell que descobriu matematicamente a existência das ondas eletromagnéticas diferente somente em tamanho, das ondas de luz, mas com a mesma velocidade (300.000 Km/s). Outro personagem que marcou a história das comunicações foi Thomas A. Edison quando em 1880 descobriu que colocando em uma ampulheta de cristal um filamento e uma placa de metal separada entre si e ligando-se o filamento ao negativo e uma bateria e a placa ao positivo, constatava-se a passagem de uma corrente elétrica da placa para o filamento e nunca em sentido contrário. Grande contribuição também foi dada pelo professor alemão Henrich Rudolph Hertz que comprovou na prática em 1890 a existência das ondas eletromagnéticas, chamadas hoje de “Ondas de Rádio”. Suas experiências basearam-se na teoria de Maxwell, Hertz descobriu que ao fazer saltar uma chispa em seu aparelho oscilador, saltavam também chispas entre as pontas de um arco de metal colocado a certa distância denominado resonador. Hertz demonstrou com essa experiência que as ondas eletromagnéticas tem a mesma velocidade que as ondas de luz. Em sua homenagem, as ondas de rádio passam a ser chamadas de “Ondas Hertzianas”, usando-se também o “Hertz” como unidade de freqüência.

  • O começo das transmissões radiofônicas

    O começo das transmissões radiofônicas

    Mais tarde em 1893 o padre, cientista e engenheiro gaúcho Roberto Landell de Moura testa a primeira transmissão de fala por ondas eletromagnéticas, sem fio. Graças a ele, a Marinha Brasileira realizou, em 1 de março de 1905, diversos testes de mensagens telegráficas no encouraçado Aquidaban. Todavia, o primeiro mundo reconhece o cientista Guglielmo Marconi como o “descobridor do rádio”. Marconi, natural de Bolonha, Itália, realizou em 1895 testes de transmissão de sinais sem fio pela distância de 400 metros e depois pela distância de 2 quilômetros. Ele também descobriu o princípio do funcionamento da antena. Em 1896 Marconi adquiriu a patente da invenção do rádio, enquanto Landell só conseguiria obter para si a patente no ano de 1900. Essa polêmica da invenção do rádio se compara à da invenção do avião, no início do século XX, em que o primeiro mundo credita aos irmãos Wright, dos EUA, a invenção do veículo aéreo, embora tenha sido o mineiro Alberto Santos Dumont seu pioneiro (os Wright não registraram imagens e suas experiências de vôo, enquanto Dumont realizou testes com seu 14-Bis diante de multidões em Paris, França, em 1906).

  • O rádio no Brasil

    O rádio no Brasil

    Em 1922 – Em caráter experimental foi realizada pela Rádio Sociedade do Rio de Janeiro a primeira transmissão oficial de radiodifusão na praia Vermelha no Rio de Janeiro, com o discurso do presidente da República, Epitácio Pessoa em comemoração ao centenário da Independência do Brasil, para isso, foram importados 80 receptores de rádio especialmente para o evento. 1923 – No dia 20 de abril, é fundada a primeira emissora brasileira, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, hoje denominada Rádio MEC, criada para atuar sem fins comerciais. 1924 – É regulamentada a atual faixa de Ondas Médias, compreendidas entre 550 à 1550 KHz. 1931 – São vendidos os primeiros receptores com o nome das estações no dial. No mesmo ano foi inaugurada as rádios: Record e América de São Paulo. 1933 – Nasce a Sociedade Rádio Educadora de Campinas, que desde 2002 passou-se a denominar Rádio Bandeirantes AM, com isso a programação abre espaço para o jornalismo. 1936 – É fundada a brasileira Rádio Nacional do Rio de Janeiro, ela se tornaria um marco na história do rádio com seus programas de auditório, suas comédias e rádio novelas. Entre o final dos anos 30 e a primeira metade dos anos 50 a Nacional seria uma das líderes de audiência do rádio brasileiro, exportando sua programação gravada e dias depois transmitidas em outras cidades brasileiras. 1937 – Em 6 de maio é inaugurada em São Paulo a Rádio Bandeirantes, a primeira emissora a divulgar notícias durante toda a programação. 1938 – Surge a Rádio Globo do Rio de Janeiro, que mais tarde passa a ser a rádio AM mais popular do país. 1941 – A Rádio Nacional lança o Repórter Esso, primeiro rádio jornal brasileiro, também entra no ar a primeira novela radiofônica do país: Em busca da felicidade. 1946 – O rádio ganha maior agilidade com o surgimento dos gravadores de fita magnética. Também os retificadores de selênio começam a substituir as válvulas retificadoras material semicondutor em estado sólido muito menos propício a queimar do que as velhas válvulas a vácuo. 1955 – Primeira transmissão experimental de rádio FM, pela Rádio Imprensa do Rio de Janeiro, extinta no final de dezembro/2000. 1967 – É criado o Ministério das Comunicações no dia 25 de fevereiro. 1990 – A rede Bandeirantes de rádio se torna a primeira emissora no Brasil a transmitir via satélite com 70 emissoras FM e 60 em AM, em mais de 80 regiões do país. 1991 – O sistema Globo de rádio inaugura a CBN (Central Brasileira de Notícias), emissora especializada em jornalismo, que a partir de 1996 inicia suas transmissões simultâneas em FM. 1995 – Início da campanha pelo fim da obrigatoriedade da transmissão do programa oficial “A voz do Brasil”.
    2005 – Comemorando os 84 anos do rádio no Brasil, inicia-se no país em 26 de setembro as primeiras transmissões de rádio no sistema digital, tecnologia que está apenas “aterrissando” no Brasil.

  • VOCÊ QUER SER MESMO UM LOCUTOR?

    VOCÊ QUER SER MESMO UM LOCUTOR?

    Individualmente a FORÇA DE VONTADE é o primeiro passo, para seguir a profissão de Locutor. Além da Vontade, é claro, existem outros fatores importantes.

  • Ser um Locutor é:

    Ser um Locutor é:

    É emprestar a voz a um produto ou ideia. É falar pelos outros. Quando o cliente contrata uma voz, espera dela, um determinado resultado. E cabe ao locutor, promover esse resultado, de acordo com o que o seu cliente deseja. Esse cliente pode ser, inclusive, o proprietário de uma emissora de Rádio. Muitos locutores e, principalmente, aspirantes a locutor, se esquecem desse detalhe: fazer o que o cliente quer e não o que o locutor deseja. Obviamente, o locutor tem que se preservar quanto a posturas que possam comprometer o seu desempenho e/ou sua carreira, como por exemplo, erros de português no texto, ideologias sócio-políticas radicais etc. Mas, no restante, é o cliente quem manda. Alguns colegas, confundem esses aspectos, e acabam perdendo seu cliente por falta de flexibilidade. E de profissionalismo.

  • Locutor ou Comunicador?

    Locutor ou Comunicador?

    Essa é a diferença. O locutor, normalmente, não tem autonomia em sua fala; ele é escolhido pela sua voz e pela sua interpretação. Já o Comunicador, este sim, é escolhido pela sua postura; pela sua comunicabilidade. Mas, locutor ou comunicador , o importante e fundamental é que saiba fazer bem o seu trabalho. E ter em mente que a postura ética e profissional é um fator relevante em sua carreira.

  • Ética

    Ética

    É muito comum encontrarmos locutores que reclamam do estilo imposto pelos seus patrões. Ora, mas vamos analisar, juntos, essa questão. Quem é o proprietário do produto ou do veículo? Quem é que arca com as despesas e com todas as consequências? Não é o patrão/cliente? Portanto, mais do que justo ele determinar como quer o resultado. Cabe ao locutor, já que aceitou o trabalho, obedecer. Isso se chama profissionalismo.

  • Formação

    Formação

    Ao contrário do que se pensa, é muito importante para o Locutor e para o Comunicador, é a formação profissional. A maioria dos locutores não atenta para isso; acredita que, só por gostar de Rádio e ter uma bonita voz, já está pronto. Engano grave; principalmente para a sobrevivência da profissão. A nossa classe perdeu prestígio e credibilidade justamente pelo fato do Locutor não procurar se aprimorar, tanto em termos de emissão da voz, quanto do uso da Língua Portuguesa e cultura geral. Formação é o que diferencia o profissional do amador. Diferencia em termos de valorização.
    Existem outros aspectos importantes, tanto para quem quer iniciar a carreira, quanto para aperfeiçoar o desempenho do Locutor profissional. Não esqueça que boa leitura e interpretação de texto é importantíssimo.

  • Se tornar um locutor, como ?

    Se tornar um locutor, como ?

    Não existem fórmulas mágicas para se formar um bom locutor, existem recursos que, quando bem aproveitados, facilitam na locução.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Curso de locutor para radiodifusão em geral...
  • A história do rádio
  • O Começo do rádio
  • O começo das transmissões radiofônicas
  • O rádio no Brasil
  • VOCÊ QUER SER MESMO UM LOCUTOR?
  • Ser um Locutor é:
  • Locutor ou Comunicador?
  • Ética
  • Formação
  • Se tornar um locutor, como ?
  • O Locutor e o Microfone
  • ANTES DE USAR UM MICROFONE, DEVE-SE TESTÁ-LO JUNTO AO EQUIPAMENTO.
  • DISTÂNCIA CORRETA PARA FALAR
  • CUIDADO COM A RESPIRAÇÃO, POIS O MICROFONE VAI CAPTÁ-LA E AMPLIFICÁ-LA.
  • O Locutor e o Ouvinte
  • como cativar os seus ouvintes
  • Fique atento durante a locução
  • O que devo fazer para ser um bom radialista?
  • Características Fundamentais para se tornar um bom locutor
  • Devo ser formado para ser um radialista?
  • Principais atividades de um radialista
  • Mercado de trabalho
  • Você sabia ?
  • Aprenda mais, aproveitando os links abaixo:
  • Abaixo dicas para manter a sua voz bonita e saudável?
  • O que pode vir a prejudicar a minha voz?
  • Aquecimento vocal
  • Neste link abaixo você aprenderá : como aquecer a sua voz de forma correta .
  • Facilidade dos tempos modernos
  • Está chegando a hora mais esperada
  • Começaremos com: ABERTURA DE UM PROGRAMA
  • Nos links abaixo você confere alguns exemplos de aberturas de programas:
  • O bom locutor é aquele que faz: locução e gravações publicitárias.
  • Agora eu preparei alguns Links comigo!
  • Jamais esqueça
  • Confira abaixo a evolução do rádio
  • Fim !