Curso Online de Curso Completo sobre Planejamento Estratégico

Curso Online de Curso Completo sobre Planejamento Estratégico

Um curso completo sobre o planejamento estratégico com conceituação; exemplos; ferramentas estratégicas e roteiro.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 15 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Um curso completo sobre o planejamento estratégico com conceituação; exemplos; ferramentas estratégicas e roteiro.

Professora universitária, palestrante e consultora empresarial



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • disciplina: planejamento estratégico

    professora: noemia rocha
    e-mail: nocarocha27@htmail.com

  • PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

    planejamento estratégico

    livro: planejamento estratégico
    conceitos
    metodologia
    práticas

    autor: djalma de pinho rebouças de oliveira

  • CAPÍTULO 1 CONCEITOS DE PLANEJAMENTO E DE SISTEMA

    capítulo 1 conceitos de planejamento e de sistema

    o que é planejamento estratégico?
    o planejamento estratégico é uma atividade administrativa que tem como objetivo direcionar os rumos da instituição e dar a ela sustentabilidade, produzindo respostas consistentes a três questões fundamentais:
    onde estamos?
    aonde queremos chegar?
    como vamos fazer chegar lá?

  • CONCEITOS DE PLANEJAMENTO E DE SISTEMA

    conceitos de planejamento e de sistema

    qual a importância do planejamento estratégico?
    através do planejamento estratégico podemos determinar a melhor maneira de associar os recursos disponíveis com a necessidade da sociedade, pondo em prática mudanças contínuas que levem a maior produtividade e a melhor qualidade dos serviços jurisdicionais.

  • Quais são os principais elementos que devem estar presentes em um planejamento?

    quais são os principais elementos que devem estar presentes em um planejamento?

    o planejamento estratégico é composto por diversos elementos apresentados abaixo. a ordem apresentada é aquela seguida pela maioria dos autores especialistas do planejamento.

    - análise de ambiente (ou diagnóstico organizacional);
    - definição dos princípios e valores da organização;
    - declaração da missão;
    - visão de futuro;
    - definição dos objetivos;
    - elaboração das ações;
    - definição dos indicadores e metas;
    - implementação;
    - avaliação;
    - revisão.

  • PLANEJAMENTO COMO PROCESSO CONTÍNUO – CARACTERÍSTICAS BÁSICAS –

    planejamento como processo contínuo – características básicas –

    planejamento refere-se às implicações futuras de decisões presentes.

    planejamento não é um ato isolado.

    processo de planejamento é mais importante que seu resultado final.

  • PRINCÍPIOS DO PLANEJAMENTO

    princípios do planejamento

    1 – : princípios gerais
    a) contribuição aos objetivos.
    b) precedência do planejamento.
    c) maior penetração e abrangência.
    d) maior eficiência, eficácia e efetividade.

    2 – : princípios específicos
    planejamento participativo.
    planejamento coordenado.
    planejamento integrado.
    planejamento permanente.

  • PRINCÍPIOS GERAIS

    princípios gerais

    a) o princípio da contribuição aos objetivos, o planejamento deve, sempre, visar aos objetivos máximos da empresa. devem-se hierarquizar os objetivos estabelecidos e procurar alcançá-los em sua totalidade, tendo em vista a interligação entre eles.

    b) o princípio da precedência do planejamento, corresponde a uma função administrativa que vem antes das outras (organização, direção e controle). é difícil separar e sequenciar as funções administrativas, de maneira geral, o planejamento “do que e como vai ser feito” aparece na ponta do processo. o planejamento assume uma situação de maior importância no processo administrativo.

  • PRINCÍPIOS GERAIS

    princípios gerais

    c) o princípio da maior penetração e abrangência, pode provocar uma série de modificações nas características e atividades da empresa.

    d) o princípio da maior eficiência, eficácia e efetiviade, deve procurar maximizar os resultados e minimizar as deficiências.

  • EFICIÊNCIA E EFICÁCIA NAS EMPRESAS

    eficiência e eficácia nas empresas

    eficiência é:
    fazer as coisas de maneira adequada;
    resolver problemas;
    salvaguardar os recursos aplicados;
    cumprir seu dever; e
    reduzir os custos.

    eficácia é:
    fazer as coisas certas;
    produzir alternativas criativas;
    maximizar a utilização de recursos;
    obter resultados; e
    aumentar o lucro.

    efetividade é:
    manter-se no ambiente; e
    apresentar resultados globais positivos ao longo do tempo (permanentemente).

    a efetividade representa a capacidade de a empresa coordenar constantemente, no tempo, esforços e energias, tendo em vista o alcance dos resultados globais e a manutenção da empresa no ambiente.

    para que a empresa seja efetiva, é necessário que ela, também, seja eficiente e eficaz.

  • MODIFICAÇÕES PROVOCADAS PELO PLANEJAMENTO

    modificações provocadas pelo planejamento

    .

    planejamento

    provoca modificações em

    pessoas

    sistemas

    tecnologia

    figura 1.1 algumas modificações provocadas pelo planejamento.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  • CAPÍTULO 1 CONCEITOS DE PLANEJAMENTO E DE SISTEMA
  • CONCEITOS DE PLANEJAMENTO E DE SISTEMA
  • Quais são os principais elementos que devem estar presentes em um planejamento?
  • PLANEJAMENTO COMO PROCESSO CONTÍNUO – CARACTERÍSTICAS BÁSICAS –
  • PRINCÍPIOS DO PLANEJAMENTO
  • PRINCÍPIOS GERAIS
  • EFICIÊNCIA E EFICÁCIA NAS EMPRESAS
  • MODIFICAÇÕES PROVOCADAS PELO PLANEJAMENTO
  • PRINCÍPIOS ESPECÍFICOS
  • FILOSOFIAS DO PLANEJAMENTO
  • FILOSOFIA DA SATISFAÇÃO
  • FILOSOFIA DA OTIMIZAÇÃO
  • FILOSOFIA DA ADAPTAÇÃO
  • PARTES DO PLANEJAMENTO
  • TIPOS DE PLANEJAMENTO
  • PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  • PLANEJAMENTO TÁTICO
  • Desenvolvimento de Planejamentos Táticos
  • PLANEJAMENTO OPERACIONAL
  • TIPOS E NÍVEIS DE PLANEJAMENTO NAS EMPRESAS
  • Diferenças básicas entre Estratégico X Tático
  • A EMPRESA COMO SISTEMA Elementos componentes do Sistema
  • AMBIENTE DO SISTEMA Ambiente: é o conjunto de todos os fatores que, dentro de um limite específico, se possa conceber como tendo alguma influência sobre a operação do sistema, o qual corresponde ao foco do estudo.
  • NIVEIS DO SISTEMA
  • CAPÍTULO 2: METODOLOGIA DE ELABORAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NAS EMPRESAS
  • PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
  • FASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase I – Diagnóstico Estratégico Fase II – Missão da Empresa Fase III – Instrumentos Prescritivos e Quantitativos Fase IV – Controle e Avaliação
  • FASE I – DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO
  • FASE II – MISSÃO DA EMPRESA
  • FASE III – Instrumentos Prescritivos e Quantitativos
  • FASE IV – CONTROLE E AVALIAÇÃO
  • METODOLOGIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ESQUEMA GERAL RESUMIDO
  • Análise, debate e apresentação
  • CAPÍTULO 3 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO
  • DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO
  • COMPONENTES DO DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO
  • VISÃO - EXERCÍCIOS
  • VALORES DA EMPRESA
  • ANÁLISE EXTERNA E INTERNA DA EMPRESA
  • IMPACTO DAS OPORTUNIDADES E AMEAÇAS
  • CLASSIFICAÇÃO DAS OPORTUNIDADES E AMEAÇAS
  • DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO FATOR OU FOCO DE ANÁLISE
  • ESTABELECIMENTO DE OPORTUNIDADES E AMEAÇAS ALGUNS FATORES A ANALISAR
  • ESTABELECIMENTO DE FORTES E FRACOS ALGUNS FATORES A ANALISAR
  • DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA
  • DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO
  • DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO CONTEÚDO DOS FATORES Finalidades: * Identificar os fatores internos (controláveis) e externos (nã controláveis) a serem considerados, seus principais componentes (subfatores) e a explicitação de seu conteúdo. * Possibilitar o agrupamento, bem como a decomposição de fatores, de acordo com a maior facilidade de análise, pelo nível de informações existentes.
  • FOLHA DE IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS FATORES Finalidades: * Possibilitar a avaliação dos fatores, bem como a explicitação das justificativas dessa avaliação. * Sugerir ações visando melhorar a situação atual, bem como prolongar o período de tempo da situação favorável. * Sugerir ações visando minimizar, para a empresa, os efeitos dos aspectos negativos dos fatores considerados. * Identificar as implicações ou consequências da operacionalização das ações sugeridas.
  • IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS FORTES E FRACOS DOS CONCORRENTES Finalidades: * Identificar, para o grupo de empresas concorrentes na indústria ou setor, qual a situação apresentada para um conjunto de fatores, tais como: localização industrial, força de vendas, distribuição, promoção, qualidade dos produtos, estilo de administração, desenvolvimento gerencial, atuação perante os consumidores, imagem, etc. * Analisar, para cada um dos concorrentes identificados, quais os resultados efetivamente apresentados (melhoria ou piora no ranking industrial, quantidade de lançamento de produtos etc.) e a qualidade do diagnóstico estratégico efetuado (ponto forte ou ponto fraco).
  • IDENTIFICAÇÃO DAS OPORTUNIDADES E AMEAÇAS DOS CONCORRENTES Finalidades: * Identificar, para o grupo de empresas concorrentes na indústria ou setor, qual a situação apresentada para um conjunto de fatores, tais como: fornecedores, consumidores, política governamental, sindicatos, sistema financeiro etc. * Analisar, para cada um dos concorrentes identificados, quais os resultados efetivamente apresentados e a análise efetuada (oportunidade ou ameaça).
  • ESTABELECIMENTO DE OPORTUNIDADES E AMEAÇAS Finalidades: * Estabelecer, para diversas características conjunturais, quais as tendências prováveis, possibilitando identificar se essa nova situação poderá representar uma ameaça ou oportunidade para a empresa. Através dessa situação a empresa procura, de forma estruturada, antecipar-se à ação dos fatores externos identificados e analisados. * Fazer a interligação com os cenários analisados.
  • AVALIAÇÃO DA PRIORIDADE DOS FATORES FINALIDADE: * Estabelecer a avaliação, de acordo com os critérios de gravidade, urgência e tendência, do grau de prioridade dos diversos fatores internos e externos à empresa, analisados na fase do diagnóstico estratégico. * Considera-se GRAVIDADE tudo aquilo que afeta, profundamente, o resultado da empresa. Sua avaliação decorre do nível de dano ou prejuízo que pode ocorrer dessa avaliação. * Considera-se URGÊNCIA a pressão de tempo que a empresa sofre ou sente para adequar a influência do fator considerado. Sua avaliação decorre do tempo que se dispõe para atacar a situação provocada pelo fator considerado e que é preciso para resolvê-la. * Considera-se TENDÊNCIA o padrão de desenvolvimento da situação, com base na influência do fator considerado. Sua avaliação decorre da estimativa de como a situação se comportará, não sendo aplicado muito esforço e/ou recursos no fator considerado.
  • ESTUDO DE CASO
  • CAPÍTULO 4 MISSÃO DA EMPRESA
  • MISSÃO DA EMPRESA
  • SUSTENTAÇÃO DA MISSÃO
  • MISSÃO E PROPÓSITO DA EMPRESA
  • MISSÃO DA EMPRESA
  • EXEMPLOS DE MISSÃO
  • CENÁRIOS
  • ABORDAGEM DOS CENÁRIOS
  • CENÁRIOS MÓDULOS DE AÇÃO INTERATUANTES
  • POSTURA ESTRATÉGICA DA EMPRESA
  • POSTURA ESTRATÉGICA DAS EMPRESAS Para fazer frente às suas limitações, a empresa pode escolher uma das posturas estratégicas
  • POSTURA ESTRATÉGICA DAS EMPRESAS
  • POSTURA ESTRATÉGICA GRAVIDADE
  • POSTURA ESTRATÉGICA URGÊNCIA
  • POSTURA ESTRATÉGICA TENDÊNCIA
  • ESTUDO DA RELAÇÃO PRODUTO VERSUS MERCADOS
  • ESTUDO DO VETOR DE CRESCIMENTO
  • ESTUDO DA VANTAGEM COMPETITIVA
  • ESTUDO DA SINERGIA
  • ALGUNS ASPECTOS DO RISCO
  • MACROESTRATÉGIAS E MACROPOLÍTICAS
  • FORMULÁRIO: ESTABELECIMENTO DA MISSÃO E DOS PROPÓSITOS FINALIDADES: * Identificar a missão ou a razão de ser da empresa. * Identificar e justificar os propósitos da empresa, que correspondem à explicitação dos setores de atuação dentro da missão nos quais a empresa já atua ou está analisando a possibilidade de atuar.
  • ESTABELECIMENTO DA POSTURA ESTRATÉGICA FINALIDADES: * Estabelecer a postura estratégica básica da empresa, identificada a partir da prediminância dos fatores internos e externos, bem como do critério de avaliação dos fatores. * Estabelecer as posturas estratégicas suplementares que a empresa poderá adotar, de acordo com a evolução da postura básica.
  • ESTABELECIMENTO DE MACROESTRATÉGIAS E MACOPOLÍTICAS FINALIDADES: * Estabelecer as macroestratégias da empresa de acordo com a postura estratégica básica estabelecida, considerando, também, as posturas estratégicas suplementares, tendo em vista a possível alteração na composição de predominâncias de fatores internos e externos da empresa. * Idem para as macropolíticas.
  • ESTUDO DE CASO
  • CAPÍTULO 5 OBJETIVOS E DASAFIOS EMPRESARIAIS
  • OBJETIVOS E METAS
  • DESAFIO
  • OBJETIVOS E DESAFIOS CARACTERÍSTICAS
  • HIERARQUIA DOS OBJETIVOS E DESAFIOS
  • OBJETIVOS E DESAFIOS – RELACIONAMENTOS VERTICAIS –
  • OBJETIVOS E DESAFIOS – RELACIONAMENTOS HORIZONTAIS –
  • ALTERNATIVAS DE COORDENAÇÃO
  • OBJETIVOS E DESAFIOS
  • PROCESSO DE ESTABELECIMENTO DOS OBJETIVOS E DESAFIOS
  • QUANTIFICAÇÃO DOS OBJETIVOS E DESAFIOS
  • BALANCED SCORECARD (BSC)
  • GESTÃO À VISTA - Conceito
  • BALANCED SCORECARD - Perspectivas
  • PERSPECTIVA FINANCEIRA
  • PERSPECTIVA DOS CLIENTES
  • PERSPECTIVA DOS PROCESSOS INTERNOS
  • PERSPECTIVA DE INOVAÇÃO E APRENDIZADO
  • PERSPECTIVA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL
  • NECESSIDADE DE RENOVAÇÃO DOS OBJETIVOS E DESAFIOS
  • DIVULGAÇÃO FORMALIZADA DOS OBJETIVOS E DESAFIOS
  • LUCRO COMO OBJETIVO
  • Estabelecimento de Objetivos por fator do disgnóstico estratégico FINALIDADES: * Estabelecer os objetivos da empresa de acordo com a interligação dos fatores do diagnóstico estratégico (internos e externos). * Estabelecer os objetivos que não conbsideram a interligação de fatores.
  • ESTABELECIMENTO DE OBJETIVOS POR ÁREA DE RESULTADO FINALIDADES: * Estabelecer, para cada uma das áreas de resultados identificadas, um conjunto de objetivos que a empresa pretende alcançar. * Estabelecer as justificativas para estes objetivos.
  • PRIORIDADE DOS OBJETIVOS FINALIDADES: * Estabelecer as prioridades dos objetivos da empresa, com base nas duas fontes de informação: - Fatores do Diagnóstico Estratégico; e - Áreas de Resultados.
  • ESTABELECIMENTO DE DESAFIOS FINALIDADES: * Estabelecer os desafios, ou seja, a quantificação dos objetivos com prazos de realização; * Identificar a situação atual e futura quantificáveis; * Indicar os prazos de realização; * Indicar se é desafio de manutenção ou se é desafio de obtenção; * Indicar o responsável ou área responsável pelo desafio.
  • INTERLIGAÇÃO DE DESAFIOS FINALIDADES: * Estabelecer, para cada desafio básico, quais são os assuntos ou tarefas que devem ser concretizados pela própria área ou por outras áreas, para que este desafio possa ser alcançado; * Estabelecer as datas previstas; * Estabelecer as áreasque vão realizar e fornecer os asuntos ou tarefas; * Estabelecer as áreas que vão necessitar e receber os assuntos ou tarefas.
  • PRIORIDADE DE DESAFIOS FINALIDADES: * Estabelecer as prioridades dos desafios da empresa com base nas prioridades dos objetivos relacionados. * Justificar essas prioridades.
  • ESTABELECIMENTO DE METAS FINALIDADES: * Estabelecer as metas que devem ser identificadas em cada um dos desafios ou objetivos, tendo em vista facilitar a operacionalização, controle e avaliação do processo. * Indicar as datas iniciais e finais de cada meta. * Indicar o responsável de cada uma das metas. * Indicar o resultado finalde cada uma das metas, tendo em vista a sua avaliação.
  • Capítulo 6 ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS
  • ESTRATÉGIA – CONCEITO –
  • ESTRATÉGIAS – CLASSIFICAÇÃO –