Curso Online de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS
5 estrelas 1 aluno avaliou

Curso Online de TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

CURSO APOSTILADO_ SOBRE O CURSO: Atualmente o treinamento vem sendo utilizado pelas empresas com o objetivo geral de desenvolver pessoas,...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 21 horas

Por: R$ 35,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

CURSO APOSTILADO_
SOBRE O CURSO: Atualmente o treinamento vem sendo utilizado pelas empresas com o objetivo geral de desenvolver pessoas, tanto na aprendizagem de novas habilidades quanto na ampliação daquelas já existentes, uma vez que as pressões sócio-culturais, tecnológicas, econômicas e políticas direcionam as organizações contemporâneas a se adaptarem às exigências que o mercado impõe, focando mais intensamente no seu capital humano.

Com este curso de treinamento e desenvolvimento você aprenderá todos os conhecimentos básicos dessa área de atuação, como:

- A diferença entre Treinamento e Desenvolvimento;
- Os objetivos e propósitos do Treinamento;
Como fazer um levantamento das necessidades de treinamento;
- Remuneração, incentivos e benefícios;
- A importância da motivação na equipe;
- E muito mais.

Este curso de treinamento e desenvolvimento é muito indicado para profissionais que trabalham ou pretendem trabalhar com Recursos Humanos, Administração, Departamento Pessoal e afins.

PRÉ-REQUISITOS: não há pré-requisitos para esse curso, sugere-se ter Ensino Médio completo (não obrigatório).

Objetivos: curso livre onde o aluno aprenderá os conceitos básicos do Treinamento e Desenvolvimento, os principais tipos de treinamento, a diferenciação de treinamento e desenvolvimento, tipos de análises para treinamento, levantamento de necessidades, remuneração, incentivos, benefícios, motivação.

VANTAGENS:
- Atualizar seu Currículo, aumentando suas chances para conquistar um bom emprego;
- Aumentar suas chances de promoção no emprego (atual);
- Completar horas em atividades Extracurriculares (geralmente exigidas em Faculdades);
- Progressão Funcional para Servidores Públicos;
-Pré-Requisito para concursos e cursos.

Fernanda Mário Brentegani é formada em Psicologia pela PUC-MG, especialista em Psicopedagogia, Acupuntura, Terapias Naturais e Transtornos Alimentares.É Coordenadora, autora e tutora de Cursos EAD. Conheça minhas páginas: BLOG:http://praxiscursosead.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/FernandaBrentegani


- Luciano Lopes Lima

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • APOSTILADO

    APOSTILADO

  • Caro (a) aluno (a),
    Seja bem vindo (a) ao curso de Treinamento e Desenvolvimento de Funcionários.
    A autora se encontra a disposição do aluno para responder todas as dúvidas ocorridas durante o curso.
    É um imenso prazer construir e passar conhecimento á todos que buscam aprender, portanto,
    SEJA BEM VINDO E BOM CURSO!

  • Para maiores informações , dúvidas e ou solicitar sua apostila gratuita do curso, acesse o e-mail:
    clinicamultiterapia@gmail.com

    Att,
    Fernanda Mário Brentegani

  • Treinamento e Desenvolvimento de Funcionários

    Treinamento e Desenvolvimento de Funcionários

  • Conceituação de Treinamento e Desenvolvimento e suas Diferenças

    Conceituação de Treinamento e Desenvolvimento e suas Diferenças

    A conceituação dos termos “treinamento” e “desenvolvimento” é muito complexa, fazendo com que haja muitas posições de autores sobre o tema.
    Walther (apud LOUREIRO, 1997) argumenta que treinamento é a adaptação do nosso organismo a certas condições particulares de funcionamento, considerando-o, ao mesmo tempo, mecânico, fisiológico e psicológico, pois é uma necessidade iniludível, para o adequado rendimento do trabalho. Treinamento é um ato intencional de fornecer os meios para possibilitar a aprendizagem.
    Segundo Chiavenato (1987), o treinamento é um processo educacional que é aplicado de forma sistemática e organizada, através do qual as pessoas aprendem conhecimentos, atitudes e habilidade em função de objetivos definidos.

  • Chiavenatto (1988), afirma ainda que treinamento é a educação profissional que prepara o homem para um cargo ou função.
    Segundo Pontual (apud BASTOS, 1991), a educação dirige-se ao homem na sua totalidade, enquanto o treinamento volta-se para a situação do trabalho.
    Para Joder (apud LOUREIRO, 1997), é um meio para desenvolver a força de trabalho dentro dos cargos particulares. De acordo com Stoner (1985), o treinamento visa a melhorar as qualificações no trabalho. Na visão de Flippo (1978), seu argumento é de que treinamento é o ato de aumentar o conhecimento e perícia de um colaborador para o desempenho de um determinado cargo ou trabalho. Goldstein (1991), define treinamento como a aquisição sistemática de atitudes, conceitos, conhecimentos, regras ou habilidades, que resulta em melhoria do desempenho do trabalho.

  • Torpey (apud LOUREIRO, 1997), coloca que no ambiente de trabalho, não existe a alternativa entre treinar e não treinar, pois algumtreinamento, ao menos de caráter informal, tem lugar necessariamente, mesmo quando nenhum plano tenha sido formulado para a transmissão de conhecimentos. Na ausência de algum tipo de treinamento, o meio de trabalho é freqüentemente caracterizado por alta incidência de acidentes, desperdício excessivo, ineficiência, erros, elevada taxa de absenteísmo, queixas e descontentamento inadequada das capacidades individuais.

  • Nas palavras de Minicucci (1978), treinamento é um esforço planejado, organizado, especialmente projetado para auxiliar os indivíduos a desenvolverem suas capacidades.
    Beach (apud LOUREIRO, 1997) conceitua treinamento como o procedimento organizado pelo qual as pessoas adquirem conhecimentos e/ou habilidade para um propósito definido, tendo como objetivo fazer com que os treinandos adquiram habilidades, conhecimentos ou atitudes para solução de problemas na situação de trabalho.

  • Segundo Warren (apud LOUREIRO, 1997), as ações de treinamento contribuem para o desenvolvimento de pessoal da mesma maneira que os sistemas de comunicação, as campanhas de motivação e as políticas da organização, os quais são usados pela organização para mudar o comportamento de alguns de seus membros. Este autor estabelece as diferenças básicas entre treinamento e desenvolvimento, conforme descrito a seguir.
    • o treinamento lida com necessidades decorrentes, enquanto que o desenvolvimento lida com necessidades previsíveis. • treinamento é orientado para o cargo, enquanto que o desenvolvimento é orientado para o indivíduo. • treinamento lida usualmente com requisitos de tarefas específicas, enquanto que o desenvolvimento lida com necessidades organizacionais ou com tarefas complexas.

  • Stahl (1962 apud LOUREIRO, 1997) utiliza os dois termos como sinônimos, quando afirma que em qualquer política de pessoal o desenvolvimento e o treinamento são obrigados a ocuparem um lugar de destaque, sendo um aspecto essencial da direção do esforço humano e, como tal, é mais efetivo quando planejado, sistematizado e avaliado.

  • Segundo Macian (1987):
    1. O processo de treinamento só será legítimo na medida em que atue como instrumento de autodescoberta e de libertação do potencial interior de cada indivíduo. 2. O treinamento deve ser visto como um instrumento implementador de procedimentos mais racionais, mais eficazes e mais qualificados, porém sempre voltados para o desenvolvimento individual. 3. Os programas de treinamento devem reforçar o trabalho de autoformação dos indivíduos, o que se produz quando as propostas se constituem em processos eminentemente educativos. 4. O planejador de treinamento deve possuir a capacidade de bem diagnosticar situações é a qualificação primeira a ser exigida de quem pretenda planejar um treinamento. 5. O planejamento de programas de treinamento deve ser feito com muita prudência, tanto em relação aos objetivos a atingir quanto às expectativas que possa criar. 6. O planejador deve tomar algumas precauções que se inserem em alguns procedimentos, tais como, estabelecer a


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 35,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • APOSTILADO
  • Treinamento e Desenvolvimento de Funcionários
  • Conceituação de Treinamento e Desenvolvimento e suas Diferenças
  • Os Objetivos do Treinamento
  • Os Propósitos do Treinamento
  • Transmissão de Informações
  • A Modificação de Atitudes
  • Programas de Treinamento
  • Tipos de programas de treinamento
  • Levantamento e Análise das Necessidades de Treinamento
  • Os tipos de análise
  • Remuneração
  • Modalidades de Remuneração
  • Motivação
  • Incentivos
  • Benefícios
  • Motivação e Trabalho em Equipe
  • O Modelo da Hierarquia das Necessidades Humanas
  • Teoria dos Fatores de Herzberg
  • Teoria X e Teoria Y de McGregor e a Teoria Z de Ouchi
  • A Teoria Contingencial de Vroom
  • A Abordagem Fenomenológica da Logoterapia de Viktor Frankl
  • A Programação Neurolingüística-PNL: A Comunicação Humana
  • A Metodologia do Coaching de Ferdinand Fournies (1990)
  • A Energização / Empowerment de Byham (1990)
  • Conclusão