Curso Online de ERGONOMIA

Curso Online de ERGONOMIA

Este curso apresenta a problemática relativa à ergonomia no local de trabalho como condição de higiene e segurança do trabalhador.

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 8 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso apresenta a problemática relativa à ergonomia no local de trabalho como condição de higiene e segurança do trabalhador.

EUROPA LEARNING é um programa especializado em ensino à distância. Apresentamos cursos em todas as areas, criados a pensar em voce. Investimos não só na qualidade de nosso material didático, como também em novos meios para difundir conceitos e técnicas de forma eficiente para todos alunos. Por isso hoje este projeto orgulhosamente traz ao Brasil cursos de primeira linha criando novas tendências de mercado quando o assunto é e-learning



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Ergonomia

  • Áreas de abordagem

    Áreas de abordagem

    1. Introdução à ergonomia do trabalho
    2. Carga de trabalho
    3. Fisiologia do trabalho
    4. Lesões por esforço repetitivo e doenças osteomusculares relacionadas com o trabalho
    5. Antropometria
    6. Interface Homem – Máquina
    7. Ritmos biológicos e o trabalho por turnos
    8. Concepção de postos de trabalho
    9. Ambiente luminoso e visão
    10. Ambiente térmico
    11. Ambiente sonoro
    12. Movimentação manual de cargas

  • Introdução à Ergonomia

    Introdução à Ergonomia

    Trabalho - verbo “Trabalhar” advém do latim tripaliare, que significa torturar com o tripalium.

    Etilmológicamente, a palavra Ergonomia deriva do grego Ergon, que significa trabalho e Nomos que significa leis ou regras.

    Ergonomia - Domínio científico multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar que se ocupa da optimização das condições de trabalho, visando de forma integrada a segurança e a saúde dos trabalhadores e a eficiência do sistema de trabalho, traduzida na qualidade e produtividade.

  • Fases fundamentais da evolução da Ergonomia

    Fases fundamentais da evolução da Ergonomia

    1.ª Os estudos centravam-se sobre a máquina. O trabalhador era seleccionado e formado de acordo com as exigências da máquina. Adaptação do homem à máquina.

    2.ª Os estudos passaram a centrar-se no Homem devido à ocorrência do erro humano. Adaptação da máquina tendo em conta os limites do Homem.

    3.ª Na actualidade, a ergonomia considera a análise global do sistema Homem-Máquina.

  • Correntes da Ergonomia

    Correntes da Ergonomia

    Anglo-saxónica - mais antiga e hoje essencialmente americana, centra-se nos factores humanos (antropométricos, fisiológicos, cognitivos) para a concepção e transformação dos sistemas. Considera o Homem como um componente do sistema de trabalho. Ergonomia dos dispositivos técnicos.

    Europeia - mais recente e essencialmente francófona, centra-se na actividade do Homem no trabalho. Apoia-se na análise ergonómica do trabalho real. Considera a ergonomia como o estudo específico do trabalho humano com vista essencialmente à organização do trabalho. Considera o Homem como o actor principal do sistema de trabalho. Ergonomia dos sistemas de trabalho.

  • Objecto e objectivo de intervenção

    Objecto e objectivo de intervenção

    Ergonomia do produto: centra-se no estudo e pesquisa de factores de produção como sejam design de produtos, custos de produção, controlo de qualidade, etc..

    Ergonomia de produção: centra-se na procura das condições óptimas de trabalho, em termos de organização, posto e ambiente de trabalho em função das características e capacidades dos trabalhadores.

    Ergonomia da concepção: permite agir desde a fase inicial sobre um produto ou situação de trabalho, criando condições de trabalho adaptadas e perspectivadas no sentido da segurança, conforto e eficácia.

    Ergonomia da correcção: dá resposta a situações de trabalho que se traduzem por problemas na segurança, conforto e eficácia dos trabalhadores ou na qualidade e quantidade da produção.

  • Técnicas de análise ergonómica

    Técnicas de análise ergonómica

    Técnicas objectivas ou directas: - Registo das actividades ao longo de um período, por exemplo, através de um registo em vídeo. Essas técnicas impõem uma etapa importante de tratamento de dados.

    Técnicas subjectivas ou indirectas Técnicas que tratam do discurso do operador, são os questionários, os check-lists e as entrevistas. Esse tipo de colecta de dados pode levar a distorções da situação real de trabalho, se considerada uma apreciação subjectiva.

  • Carga de trabalho

    Carga de trabalho

    Conceito

    “ O conjunto das exigências do trabalho relativo a um posto, realizado em determinadas condições.”

    “O conjunto das consequências do trabalho sobre o operador, dependente da actividade de trabalho e das características do trabalhador.”

    Designa o custo psico-fisiológico de um determinado trabalho, para um dado indivíduo, num dado momento e em determinadas condições.

  • Carga de trabalho

    Carga de trabalho

    Todo o trabalho provoca uma carga física e mental.

    Podemos definir, em função das actividades desenvolvidas, o trabalho como predominantemente físico ou predominantemente mental.

    No entanto, não é possível estabelecer um corte entre o físico e o mental dado que, em qualquer tipo de trabalho, existem exigências nos dois níveis.

  • Carga de trabalho

    Carga de trabalho

    Trabalho prescrito - aquilo que é apresentado pela organização ao trabalhador no sentido de organizar, realizar e regular o seu trabalho. Corresponde ao aspecto formal do trabalho, isto é, o que deve ser feito e quais os meios a utilizar.

    Trabalho real - o que realmente acontece na organização, fábrica ou serviço, tendo em conta os imprevistos e as condicionantes do trabalho. Estes imprevistos (avarias, condições climatéricas, lesões, acidentes, motivação, etc.), muitas vezes aleatórios, acabam por introduzir diferenças relevantes entre o trabalho prescrito e o que realmente é executado.

  • Carga de trabalho

    Carga de trabalho

    Tarefa - aquilo que é dado ao trabalhador para ser feito, ou seja, o objectivo a alcançar em determinadas condições.

    Actividade - o que realmente é feito por um trabalhador para executar uma tarefa. Compreende múltiplas dimensões: física, cognitiva, afectiva etc..


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Áreas de abordagem
  • Introdução à Ergonomia
  • Fases fundamentais da evolução da Ergonomia
  • Correntes da Ergonomia
  • Objecto e objectivo de intervenção
  • Técnicas de análise ergonómica
  • Carga de trabalho
  • Efeitos da carga de trabalho mal prescrita
  • Fisiologia do trabalho
  • Avaliação do custo energético do trabalho
  • Nutrição e trabalho
  • Trabalho estático
  • Efeitos do trabalho estático
  • Trabalho dinâmico
  • Força máxima
  • DORT e LER
  • Causas de DORT e LER
  • Prevenção de DORT e LER
  • Classificação das DORT e LER
  • Lombalgias
  • Lombalgias - factores de risco profissionais
  • Lombalgias - factores de risco pessoais
  • LER do membro superior
  • Antropometria
  • Espaço de trabalho - Antropometria e Equipamentos
  • Antropometria - postura e movimento
  • Interface Homem - Máquina
  • CONCEITO DE TRABALHO POR TURNOS
  • Ritmos biológicos e trabalho por turnos
  • Consequências do trabalho nocturno e por turnos
  • Estratégias de Adaptação ao Trabalho por Turnos DORMIR ANTES ou DEPOIS do TRABALHO? O horário que o trabalhador se sente melhor para dormir é aquele que deve adoptar.
  • Concepção de postos de trabalho
  • Ambiente luminoso e visão
  • Fadiga Visual
  • Ambiente luminoso e visão
  • Ambiente visual confortável
  • Iluminação natural
  • Iluminação artificial
  • Nível de iluminação adequado
  • Coeficientes de reflexão
  • Efeito cromático
  • Ambiente térmico
  • Stress térmico
  • Riscos associados ao stress térmico
  • Avaliação das condições térmicas
  • Conforto térmico
  • Ambiente sonoro
  • Características Principais do Ruído
  • Medição do Ruído
  • Valores limite de exposição
  • Efeitos do ruído
  • Medidas de atenuação do ruído
  • Movimentação Manual de Cargas Conceito
  • Métodos de Elevação Manual de Cargas
  • Cargas Máximas Permitidas