Curso Online de Composição Musical
5 estrelas 2 alunos avaliaram

Curso Online de Composição Musical

Este é um excelente curso para músicos e arranjadores,que desejam fazer belas composições ou simplesmente arranjos, porque, nele, você ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 3 horas

Por: R$ 50,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este é um excelente curso para músicos e arranjadores,que desejam fazer
belas composições ou simplesmente arranjos, porque, nele, você
aprenderá regras básicas de como dispor as notas musicais na partitura,de uma
forma lógica e inteligente.
Estudará o encadeamento dos acordes e condução das vozes,aprenderá a fazer
modulações embelezando suas peças musicais.
Os ensinamentos aqui apresentados, são para todos os tipos e gêneros musicais,
pois que os princípios que regem a música erudita (clássica), são os mesmos da música popular.

Adenilton Santana é músico(Contrabaixista e violonista), terapeuta holístico(Cromoterapia, Florais de Bach, Aromaterapia,etc.); desenhista, serígrafo, estudante das ciências naturais e ciências ocultas. É médium psicógrafo intuitivo.


"excelente, me ajudou muito. Era o que eu estava procurando."

- Jair Roberto Castor Maciel Filho

- Guilherme Augusto De Castro Silva

  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • autor: adenilton santana

    composição musical

    curso
    de

    todos os direitos autorais reservados para todos os países.

  • Seja bem-vindo!

    seja bem-vindo!

    a composição musical não é algo abstrato, ou seja, um dom que alguns privilegiados possuem e só eles.
    os sons musicais se combinam seguindo algumas regras que estão ao alcance de todos. é óbvio que muitos possuem mais talentos que os outros, mas isto acontece em todos os ramos do conhecimento.cada um traz consigo aquele ”algo mais” que não se ensina!
    mas, sendo conhecedor de algumas regras, qualquer um pode fazer suas composições.
    várias regrinhas terão de ser estudadas e alguns requisitos serão necessários para um desenvolvimento perfeito das lições.
    por um sistema intuitivo de aprendizado, vou provar que esta tarefa é possível!

    02

  • Requisitos Preliminares

    requisitos preliminares

    a) conhecimento das escalas(maior e menor)
    em suas diferentes formas.
    b) tonalidades e sua progressão por quintas.
    c) alterações.
    d) valores das notas e das pausas.
    e) sinais de indicação de compasso.
    f) claves de sol e de fá.
    g) intervalos em todas suas formas.
    h) formação de acordes.

    03

  • Graus da Escala

    graus da escala

    os graus da escala e os acordes feitos sobre eles, designam-se por meio de algarismos romanos, i – vii.
    em maior: i, iv e v são acordes perfeitos maiores;
    ii, iii e vi são acordes perfeitos menores;
    vii é um acorde diminuto.

    04

  • em menor: i e iv são acordes perfeitos menores;
    v e vi são acordes perfeitos maiores;
    ii e vii são acordes diminutos;
    iii é um acorde aumentado.

    nome das notas mais importantes da escala:
    i tônica
    v dominante
    iv subdominante
    vii sensível

    o acorde de dominante é um acorde perfeito em ambos os modos. sua terça é a sensível.

    05

  • Notas Reais

    notas reais

    notas reais são aquelas que formam o acorde. o acorde de dó maior, por exemplo, é formado pelas notas dó-mi-sol. estas notas se combinam entre si e você deverá fazer vários exercícios na partitura usando estas notas; então,as notas do-mi-sol, formam o acorde de primeiro grau, assim como as notas ré-fá-lá formam o acorde de ré menor que é o acorde do segundo grau da escala de dó maior, sendo portanto,suas notas reais.

    06

  • Notas Melódicas

    notas melódicas

    as notas melódicas são aquelas estranhas ao acorde.veja os exemplos de notas melódicas em vários acordes indicadas em letras minúsculas:
    i – dó – ré – mi – fá – sol – lá - si
    ii – ré – mi – fá – sol – lá – si – dó
    iii –mi – fá – sol – lá –si – dó – ré
    iv – fá – sol – lá – si – dó – ré – mi
    v – sol – lá – si – dó – ré – mi – fá
    vi – lá – si – dó – ré – mi – fá – sol
    obs:no v grau a nota fá pode ser considerada nota real.
    ainda voltaremos a estudar as notas melódicas quando formos usá-las como notas de adorno!

    07

  • Recomendações Iniciais

    recomendações iniciais

    a – não ultrapassar, por enquanto, o limite de quinta justa composta.

    b – não repetir seguidamente qualquer nota na mesma altura.

    c – não escrever intervalo além de quinta justa, tanto subindo como descendo.

    08

  • d – não usar alteração alguma, ascendente ou descendente.

    e – evite-se mais de três graus conjuntos na mesma direção.

    f – evite-se mais de quatro notas na mesma direção.

    09

  • g – evite-se bordadura além de duas vezes no mesmo exercício.

    h – a última nota da melodia não deve ser alcançada por grau disjunto,mas sempre por grau conjunto.

    i – pode-se usar o salto de quarta justa ou aumentada e o de quinta justa ou diminuta desde que em seguida,escreva-se o intervalo de segunda em direção contrária.

    10

  • Notas de Adorno

    notas de adorno

    as notas melódicas podem ser usadas como enfeite das notas reais.a bordadura surge sempre depois da nota real e seguida da mesma nota.as bordaduras inferiores podem ser usadas por semitons.este tipo de nota melódica só é usada por grau conjunto,isto é,tom ou semitom.

    as bordaduras podem ser sucessivas.neste caso, usamos uma superior e outra inferior ou vice-versa.

    11


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 50,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Seja bem-vindo!
  • Requisitos Preliminares
  • Graus da Escala
  • Notas Reais
  • Notas Melódicas
  • Recomendações Iniciais
  • Notas de Adorno
  • O Movimento das Vozes
  • Condução das vozes
  • Melodia
  • Melodia com Células
  • Novos Recursos Expressivos
  • Elasticidade
  • Estruturação Melorrítmica
  • Encadeamento
  • Função Harmônica dos Acordes
  • Tons Vizinhos
  • Pseudopolifonia
  • Intervalos
  • Energias Convergentes e Divergentes
  • Exemplo de exercício a seis vozes
  • Acordes Invertidos
  • Período Musical
  • Progressões Harmônicas
  • Considerações Finais