Curso Online de Forças Intermoleculares

Curso Online de Forças Intermoleculares

São forças que mantém as moléculas unidas umas com as outras. À exceção dos plasmas, toda a matéria é composta de átomo combinados em mol...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

São forças que mantém as moléculas unidas umas com as outras. À exceção dos plasmas, toda a matéria é composta de átomo combinados em moléculas.

Grau de Escolaridade: 2º grau Completo - Médio/Técnico. Colégio Santa Maria - 1º e 2º ano do Ensino Médio/Técnico em Química. Colégio Mercúrio - 3º ano do Ensino Médio/Técnico em Química. 3° grau Cursando 2° período em Bacharelado em Química na Unigranrio.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos - Forças Intermoleculares - Ponto de Fusão - Ponto de Ebulição - Polaridade - Solubilidade

    Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos - Forças Intermoleculares - Ponto de Fusão - Ponto de Ebulição - Polaridade - Solubilidade

  • Polaridade

    Polaridade

    A polaridade de uma molécula refere-se às concentrações de cargas da nuvem eletrônica em volta da molécula. É possível uma divisão em duas classes distintas: moléculas polares e apolares.

  • Polaridade - Molécula

    Polaridade - Molécula

    Conceitos para Relembrar I:

    Molécula: é um conjunto eletricamente neutro de dois ou mais átomos unidos por pares de elétrons que se comportam como uma única partícula.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade – Molécula e Átomo

    Polaridade – Molécula e Átomo

    Conceito para Relembrar II:
    Molécula: Quando iniciou-se o estudo e formulação da teoria atômica, era dado o nome de átomo a qualquer entidade química que poderia ser considerada fundamental e indivisível. As observações no comportamento dos gases levaram ao conceito de átomo como unidade básica da matéria e relacionada ao elemento químico, desta forma, houve uma distinção da molécula como "porção fundamental de todo composto", obtida pela união de vários átomos por ligações de natureza diferente.

    Conceitos para Relembrar III:
    Basicamente, o átomo abriga em seu núcleo partículas elementares de carga elétrica positiva (prótons) e neutra (nêutrons), este núcleo atômico é rodeado por uma nuvem de elétrons em movimento contínuo (eletrosfera). A maioria dos elementos não são estáveis, por isso, quando dois átomos se aproximam, há uma interação das núvens eletrônicas entre si. Esta interação se dá também com os núcleos dos respectivos átomos, isto acaba por torná-los estáveis. Os átomos se ligam e formam agregados de moléculas.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade

    Polaridade

    Molécula polar - A soma vetorial, dos vetores de polarização é diferente de zero.
    Moléculas polares possuem maior concentração de carga negativa numa parte da nuvem e maior concentração positiva noutro extremo.

    Molécula apolar - A soma vetorial, dos vetores de polarização é nula.
    Nas moléculas apolares, a carga eletrônica está uniformemente distribuída, ou seja, não há concentração.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade

    Polaridade

    A concentração de cargas (em moléculas polares) ocorre quando os elementos ligantes possuem uma diferença de eletronegatividade. Esta diferença significa que um dos átomos (o de maior eletronegatividade) atrai os elétrons da nuvem com maior força, o que faz concentrar neste a maior parte das cargas negativas.
    Toda ligação de dois átomos diferentes resulta em polarização, já que os átomos possuirão eletronegatividades diferentes. Exemplo: HCl, CaO, NaCl.
    Ligação de dois átomos iguais resulta em moléculas apolares. Ex: O2, N2, Cl2. Mas não é necessário serem dois átomos iguais para haver apolaridade, como por exemplo dos compostos alcanos.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade

    Polaridade

    A distribuição espacial dos átomos que formam uma molécula depende das propriedades químicas e do tamanho destes. Quando muito eletronegativos os átomos formam ligações geralmente covalentes, pois apresentam aspecto equilibrado e simétrico.
    Se houver maior afinidade sobre os elétrons compartilhados, a distribuição espacial é deformada e modificam-se os ângulos da ligação, que passa a ser polar.
    No caso das substâncias iônicas, é nítida a diferença no que se refere à força de atração entre os elétrons, estes se deslocam de um átomo para outro. No caso do sal de cozinha, (cloreto de sódio - NaCl), no estado sólido, consiste de íons positivos de sódio e íons negativos de cloro. As forças elétricas existentes entre esses íons formam os seus cristais.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade - Eletronegatividade

    Polaridade - Eletronegatividade

    Conceitos para Relembrar IV:
    A Eletronegatividade é uma propriedade periódica que mede a tendência relativa de um átomo ou molécula em atrair elétrons, quando combinado em uma ligação química. Com sentido oposto à eletronegatividade usa-se o termo eletropositividade.
    Os valores da eletronegatividade são determinados quando os átomos estão combinados. Por isso, para os gases nobres, que em condições normais são inertes, não apresentam valor de eletronegatividade.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade – Eletronegatividade

    Polaridade – Eletronegatividade

    Conceitos para Relembrar V:
    A eletronegatividade de um átomo está intimamente relacionada com o seu raio atômico:
    Quanto menor o raio atômico, maior a atração que o núcleo do átomo exerce sobre o elétron que vai adquirir, portanto maior a sua eletronegatividade. Como conseqüência, esta propriedade tende a crescer na tabela periódica:
    Da esquerda para a direita e de e baixo para cima.
    Concluindo-se que o elemento mais eletronegativo da tabela é o flúor.

    Propriedades Físicas

  • Polaridade

    Polaridade

    Tabela de Eletronegatividade

    Propriedades Físicas

  • Forças Intermoleculares

    Forças Intermoleculares

    Forças intermoleculares são as forças que ocorrem entre uma molécula e a molécula vizinha.
    Durante as mudanças de estado da matéria ocorre somente um afastamento ou uma aproximação das moléculas, ou seja, forças moleculares são rompidas ou formadas.

    Forças intermoleculares têm origem eletrônica: surgem de uma atração eletrostática entre nuvens de elétrons e núcleos atômicos.
    São fracas, se comparadas às ligações covalentes ou iônicas.

    Propriedades Físicas


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos - Forças Intermoleculares - Ponto de Fusão - Ponto de Ebulição - Polaridade - Solubilidade
  • Polaridade
  • Polaridade - Molécula
  • Polaridade – Molécula e Átomo
  • Polaridade
  • Polaridade - Eletronegatividade
  • Polaridade – Eletronegatividade
  • Polaridade
  • Forças Intermoleculares
  • Força de Van der Walls
  • “Lagartixa de Van der Walls”
  • Forças Intermoleculares 1. Dipolo- Dipolo
  • Forças Intermoleculares 1. Dipolo – Dipolo
  • Forças Intermoleculares 2. Dipolo – Dipolo Induzido
  • Forças Intermoleculares 3. Pontes de Hidrogênio
  • Forças Intemoleculares 3. Pontes de Hidrogênio - Água
  • Forças Intermoleculares 3. Pontes de Hidrogênio
  • 3. Pontes de Hidrogênio
  • Resumo
  • Ponto de Ebulição
  • Ponto de Fusão
  • Solubilidade
  • Hidrocarbonetos
  • Álcoois
  • Éter
  • Ácidos Carboxílicos
  • Aldeídos e Cetonas
  • Éster e Cloretos de Ácidos
  • Densidade