Curso Online de Introdução ao Existencialismo

Curso Online de Introdução ao Existencialismo

Uma introdução ao Existencialismo, seus fundamentos, princípios e autores relacionados. Apresentação de temas existenciais: liberdade, an...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 4 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 30,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Uma introdução ao Existencialismo, seus fundamentos, princípios e autores relacionados. Apresentação de temas existenciais: liberdade, angústia e autenticidade.

Bruno Carrasco, psicoterapeuta existencial e professor. Graduado em Psicologia, licenciado em Filosofia e Pedagogia, pós-graduado em Ensino de Filosofia e especializado em Psicoterapia Fenomenológico-Existencial, possui formação em Educação Participativa e Arteterapia. Possui interesse em diversas áreas, tais como a psicologia, a filosofia, as artes e a pedagogia. Busca somar conhecimentos e experiências de modo a compreender cada ser humano de maneira aprofundada, reconhecendo suas particularidades e seus distintos modos de ser e de se pronunciar.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.
  • Introdução ao EXISTENCIALISMO

    Introdução ao
    EXISTENCIALISMO

  • O que significa existir?

    O que significa existir?

    O existencialismo tem como intuito compreender a existência humana, com questões do tipo:
    >O que é existir?
    >Quais as condições que envolvem o existir humano?

    A palavra existir vem do latim exsistĕre, que significa ser, estar, nascer, manifestar-se, aparecer, emergir. Expressa a ideia de se colocar no mundo, expressar seu modo de ser e assumir aquilo que se é.

  • Refletir sobre a existência...

    Refletir sobre a existência...

    A reflexão sobre a existência gera questionamentos desde a Grécia Antiga, porém se desenvolveram mais intensamente durante os séculos XIX e XX, tendo como representantes os filósofos Soren Kierkegaard, Arthur Schopenhauer, Friedrich Nietzsche, Merleau-Ponty, Jean-Paul Sartre, Martin Heidegger, e os escritores Dostoiévsky, Tolstói, Oscar Wilde, Hermann Hesse, Fernando Pessoa, entre outros.

  • O existencialismo...

    Questiona e contraria concepções filosóficas que estão fortemente enraizadas em nossa cultura ocidental, entre elas o racionalismo, que supervaloriza a razão em detrimento da emoção e a metafísica, que foca seu estudo em conceitos abstratos sobre o que é captado pelos sentidos, classificando, categorizando e generalizando.

    O existencialismo...

  • Existencialismo X Racionalismo

    Existencialismo X Racionalismo

    O racionalismo se inicia com a “Teoria das Ideias” de Platão, onde ele compreende que existem dois mundos: o mundo sensível, que é onde vivemos e sentimos, e o mundo ideal, que é onde estão as essências e as verdades das coisas, que somente temos acesso somente meio da razão.

    A razão, segundo Platão, é o meio para se alcançar a verdade, para chegar até as ideias verdadeiras, que estão fora do mundo sensível. O racionalismo acredita que os sentidos são falsos e o único meio para se alcançar as verdades é a razão.

  • O filósofo dinamarquês Soren Kierkegaard (1813-1855) percebeu que a existência humana é muito mais complexa que teorias e abstrações sobre ela, acreditando ser impossível um sistema racional explicar e dar conta da totalidade do ser humano.

  • “Quando você me rotula, você me nega.”
    (Soren Kierkegaard)

    De acordo com Kierkegaard, o ser humano é muito mais do que qualquer teoria, e não há como classificar uma pessoa em sistemas explicativos, pois eles acabam a reduzir sua descrição. Classificar é uma forma de rotular, isso desconsidera a singularidade de cada ser.

  • O significado da existência não está em teorias ou abstrações sobre ela, mas na própria existência.

    O significado da existência não está em teorias ou abstrações sobre ela, mas na própria existência.

  • O existencialismo é um conjunto de reflexões filosóficas e literárias sobre a existência humana, em seu aspecto concreto e singular.

    O existencialismo é um conjunto de reflexões filosóficas e literárias sobre a existência humana, em seu aspecto concreto e singular.

    SINGULAR
    (Peculiaridades)

    CONCRETO (Sem abstrações)

  • Seus principais valores são:

    Seus principais valores são:

    RESPEITO ÀS DIFERENÇAS

    LIBERDADE DE ESCOLHER

    RECONHECER AS EMOÇÕES

    O existencialismo não pretende compreender o ser humano de modo a classificar a pessoa, procurando o que há de igual entre umas e outras, mas entender cada ser em sua singularidade, valorizando suas diferenças.

  • “A existência precede a essência”
    (Jean-Paul Sartre)

    Não existe uma essência que define o ser humano, como ele vai ser. Cada pessoa desenvolve sua essência a partir de sua existência, por meio de suas escolhas e experiências de vida.

    Somos livres para nos inventar, não há nada anterior à nossa existência que vá definir o que seremos.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 30,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • 1. Introdução ao Existencialismo
  • 2. O que significa existir?
  • 3. Refletir sobre a existência...
  • 4. Existencialismo X Racionalismo
  • 5. Valores do Existencialismo
  • 6. Escolhas
  • 7. Características do existencialismo
  • 8. Questões existenciais
  • 9. Liberdade
  • 10. Angústia
  • 11. Autenticida