Curso Online de JOHN LOCKE

Curso Online de JOHN LOCKE

Locke nasceu na Inglaterra no dia 29 de agosto de 1632 na cidade de Wrington. Filho de Agnes Keene, John. Faleceu  dia 28 de outubro de 1...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Locke nasceu na Inglaterra no dia 29 de agosto de 1632 na cidade de Wrington.
Filho de Agnes Keene, John.
Faleceu  dia 28 de outubro de 1704 na cidade de High Laver no Reino Unido.
Como o primeiro dos grandes filósofos empiristas ingleses, Locke quis determinar os limites do conhecimento humano.
Uma vez que isso se dá através dos sentidos, sua aquisição deve ser gradual, limitada pela natureza finita de nossa experiência, que deixa algumas coisas fora do nosso alcance.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 10 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • JOHN LOCKE

    JOHN LOCKE

  • Locke nasceu na Inglaterra no dia 29 de agosto de 1632 na cidade de Wrington.
    Filho de Agnes Keene, John.
    Faleceu  dia 28 de outubro de 1704 na cidade de High Laver no Reino Unido.

  • Como o primeiro dos grandes filósofos empiristas ingleses, Locke quis determinar os limites do conhecimento humano.
    Uma vez que isso se dá através dos sentidos, sua aquisição deve ser gradual, limitada pela natureza finita de nossa experiência, que deixa algumas coisas fora do nosso alcance.

  • O pai de Locke lutou ao lado dos parlamentaristas na Guerra Civil inglesa.
    Locke permaneceu fiel à ideia de que o povo, não o monarca, é o soberano supremo.

  • Estudou na Westminster School e em Oxford, onde se formou em medicina e, mais tarde, tornou-se professor. 
    Nessa época, seu contato com a escolástica aristotélica não o atraiu para a filosofia.

  • A partir de 1675, porém, passou alguns anos na França, onde estudos da filosofia de Descartes provocaram nele um duradouro impacto.
    Em 1681, pouco após seu protetor, o conde de Shaftesbury, ser julgado por traição, partiu para a Holanda, onde trabalhou em seu Ensaio sobre o entendimento humano. 

  • Defendeu ativamente a ascensão de Guilherme de Orange e retornou à Inglaterra após a Revolução Gloriosa de 1688.
    Em 1690, Locke publicou o Ensaio e os Dois tratados sobre o governo, as obras que lhe valeram sua reputação. 

  • PRINCIPAIS IDÉIAS:

    PRINCIPAIS IDÉIAS:

  • Locke foi profundamente influenciado pela teoria "corpuscular" da matéria, de Robert Boyle, uma restauração da ideia dos antigos atomistas de que o Universo é composto por partículas pequenas demais para serem vistas, e em cujos termos o comportamento e a aparência de todas as coisas materiais podem ser explicados. 

  • Esses corpúsculos sólidos podem ser descritos em termos geométricos - possuem posição, tamanho e forma e se movem no espaço -, mas nossa percepção de qualidades, como cores, odores e sons, é resultado dos arranjos insensíveis dessas partículas.
    A visão da realidade de Locke é, portanto, firmemente mecanicista.

  • Locke abraça uma teoria "representativa" da percepção, isto é, a percepção é consequência do impacto de objetos físicos sobre os nossos órgãos dos sentidos, e as sensações produzidas são como uma imagem da realidade.
    Só temos acesso direto às nossas próprias sensações e devemos inferir delas a natureza do mundo lá fora.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • JOHN LOCKE
  • PRINCIPAIS IDÉIAS:
  • POLÍTICA
  • A defesa da escravidão
  • Imaterialidade da alma
  • Em uma passagem do Livro IV, capítulo 2, seção 6, Locke escreve:
  • LIVROS
  • INFORMAÇÕES DO LIVRO
  • INFORMAÇÕES TÉCNICAS
  • INFORMAÇÕES DO LIVRO
  • INFORMAÇÕES TÉCNICAS
  • INFORMAÇÕES DO LIVRO
  • INFORMAÇÕES TÉCNICAS
  • INFORMAÇÕES DO LIVRO
  • INFORMAÇÕES TÉCNICAS
  • REFERÊNCIAS