Curso Online de 1929: UM CAPITALISMO EM CRISE

Curso Online de 1929: UM CAPITALISMO EM CRISE

No começo de 2008, o desemprego no Brasil estava em torno de 8%. É um índice alto, que causa insegurança entre os trabalhadores. Se algum...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 6 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

No começo de 2008, o desemprego no Brasil estava em torno de 8%. É um índice alto, que causa insegurança entre os trabalhadores.
Se alguma pessoa de sua família já esteve desempregada, você sabe como é: tudo fica mais difícil.
Agora, pense em um desemprego de 25%, ou mais, na maioria dos países. São milhões de pessoas sem trabalho e sem salário, milhões passando fome.
Pois exatamente isso que aconteceu a partir de 1929, quando Nova York entrou em pânico e o mundo capitalista ingressou na Grande Depressão.

Produziu cursos na área de Instrumentação Cirúrgica, onde é formado desde 2003. Autor de mais de 100 cursos na área da saúde onde atuou por mais de 15 anos na enfermagem onde é formado desde 2004. Também produziu aproximadamente 200 cursos na área da educação (Geografia e História principalmente) onde cursou Licenciatura em História de 2009 a 2013. Autor também de alguns cursos de Administração onde cursa atualmente o 3º semestre em Administração e Gestão pela IERGS em Porto Alegre - RS. Pós-Graduado em História do Brasil pela PROMINAS.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • 1929: UM CAPITALISMO EM CRISE

    1929: UM CAPITALISMO EM CRISE

  • No começo de 2008, o desemprego no Brasil estava em torno de 8%. É um índice alto, que causa insegurança entre os trabalhadores.
    Se alguma pessoa de sua família já esteve desempregada, você sabe como é: tudo fica mais difícil.

  • Agora, pense em um desemprego de 25%, ou mais, na maioria dos países. São milhões de pessoas sem trabalho e sem salário, milhões passando fome.
    Pois exatamente isso que aconteceu a partir de 1929, quando Nova York entrou em pânico e o mundo capitalista ingressou na Grande Depressão.

  • O AMERICAN WAY OF LIVE

    O AMERICAN WAY OF LIVE

  • Após a Primeira Guerra Mundial, a população dos Estados Unidos passou por um período de grande euforia.
    Durante o conflito, os países europeus tiveram que diminuir sua produção de bens (roupas, alimentos, etc.) e utilizar as fábricas para produzir armas.

  • Para suprir suas necessidades, passaram a importar produtos fabricados nos Estados Unidos. Isso fez com que a economia norte-americana crescesse muito.
    Além disso, no Estados Unidos se incentivava a aquisição de bens materiais, como automóveis rádios, eletrodomésticos, valorizando a vida consumista.

  • Todos queriam ter seu carro, sua geladeira, sua casa própria e consumir muitas outras coisas.
    Exaltava-se ainda a família branca tranquila e feliz, a mulher em seu papel de dona de casa submissa ao marido e o homem trabalhador e provedor do lar.

  • Esse modo de vida era chamado de American Way of live.
    Em meados da década de 1920, esse cenário, começou a mudar. Na Europa, países como a França e a Inglaterra, em franca recuperação econômica dos efeitos da Primeira Guerra Mundial, diminuíram suas importações de produtos agrícolas e industriais dos Estados Unidos.

  • Apesar disso, as empresas estadunidenses não diminuíram sua produção. Assim, nos galpões das fábricas começaram a se formar grandes estoques de mercadorias que deixavam de ser vendidas.
    Sempre que isso acontece, os economistas dizem que há uma crise de superprodução.

  • Ou seja, as fábricas produzem, mas não há compradores. Diante disso, a indústria foi obrigada a diminuir suas atividades e a demitir trabalhadores.
    O desemprego, por sua vez, provocou a queda do poder aquisitivo da população.

  • No setor agrário não era diferente. Com a alta produtividade, os preços dos gêneros agrícolas caíram.
    Contudo, com a perda da capacidade de compra da população, os produtos não eram comercializados.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • 1929: UM CAPITALISMO EM CRISE
  • O AMERICAN WAY OF LIVE
  • PÂNICO EM NOVA YORK
  • O MERCADO DE AÇÕES
  • OS TRABALHADORES E A GRANDE DEPRESSÃO
  • AS CONSEQUÊNCIAS MUNDIAIS DA CRISE
  • O BRASIL SOB O IMPACTO DA CRISE
  • A REAÇÃO ESTADUNIDENSE
  • JOHN MAYNARD KEYNES
  • REFERÊNCIAS