Curso Online de Conceitos Fundamentais da Psicanálise

Curso Online de Conceitos Fundamentais da Psicanálise

A Psicanálise foi criada pelo neurologista austríaco Sigmund Freud, com o objetivo de tratar desequilíbrios psíquicos. Este corpo teórico...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 25,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

A Psicanálise foi criada pelo neurologista austríaco Sigmund Freud, com o objetivo de tratar desequilíbrios psíquicos. Este corpo teórico foi responsável pela descoberta do inconsciente. e a partir de então passou a abordar este território desconhecido, na tentativa de mapeá-lo e de compreender seus mecanismos, originalmente conferindo-lhe uma realidade no plano psíquico. Sendo assim a proposta do curso é abordar os principais conceitos criados da teoria psicanalítica.


  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA PSICANÁLISE

    CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA PSICANÁLISE

  • APARELHO PSÍQUICO

    Segundo Laplanche & Pontalis (1980):
    “é a expressão que sublinha certas características que a teoria freudiana atribui ao psiquismo: a sua capacidade de transmitir e de transformar uma energia determinada e a sua diferenciação em sistema e influências.”

    APARELHO PSÍQUICO

  • Ao falar de aparelho psíquico Freud sugere uma certa organização de uma disposição interna apoiada em uma certa ordem que acarreta uma sucessão temporal determinada. Implica a idéia de um trabalho mental, cuja função é manter em um nível mais baixo possível a energia interna de um organismo (homeostase).

  • A sua diferenciação em supestruturas ajuda a conceber as transformações da energia e o funcionamento dos investimentos, contra-investimentos e superinvestimentos.

  • Na tua 1ª tópica (1897) Freud propôs um modelo topográfico de aparelho psíquico subdividido em três sistemas:
    consciente
    pré-consciente
    inconsciente

  • A Psicanálise, portanto, tem como propósito restabelecer as conexões pertencentes aos triangulos, esclarecendo a natureza da defesa, ansiedade e impulso em relação nas três principais áreas, fazendo as ligações entre elas.

  • 1. Consciente:

    É definido como aspectos da função mental – pensamentos, sensações e sentimentos – que encontram-se claramente identificados pelo individuo em um dado momento e neles focaliza a sua atenção.

    1. Consciente:

  • 2. Pré-consciente:

    Esta relacionado aqueles processos mentais que podem ser trazidos à consciência sem o mínimo gasto de energia psíquica.

    2. Pré-consciente:

  • 3. Inconsciente:

    É caracterizado por todas as funções mentais que não fazem parte da percepção consciente do indivíduo, exigindo grande quantidade de energia psíquica para serem trazidos à consciência.

    3. Inconsciente:

  • Em sua 2ª tópica (1923) Freud, ao desenvolver seu modelo estrutural ou funcional, divide o aparelho psiquico em três grandes grupos funcionais: ID, EGO e SUPEREGO que, embora sejam apostados distintamente, são abstrações e não possuem vida própria independente uma das outras.

  • De uma forma geral, o modelo estrutural remete-nos a noção de estrutura, que pode ser definida de modo geral como a maneira pela qual um conjunto concreto é visto em sua organização. Vale a pena destacar a noção de estrutura de Psicanálise.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 25,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA PSICANÁLISE
  • APARELHO PSÍQUICO
  • 1. Consciente:
  • 2. Pré-consciente:
  • 3. Inconsciente:
  • 1. ID
  • 2. EGO
  • 3. SUPEREGO
  • 2. CONFLITO PSÍQUICO (MODELO CONFLITUAL)
  • 3. SINTOMA
  • Causas ou motivações em psicopatologia psicanalítica
  • 4 – MECANISMOS DE DEFESA DO EGO
  • 5 – PRINCIPAIS MECANISMOS DE DEFESA
  • 6 – MODELO DEFICITÁRIO
  • 7 – RELAÇÕES DE OBJETO
  • 8 – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS