Curso Online de Mecanismos da Atenção

Curso Online de Mecanismos da Atenção

Este curso tem como principal objetivo facilitar os estudos e a compreensão sobre os mecanismos da atenção, ou seja, excelente material p...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 2 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 0 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

Este curso tem como principal objetivo facilitar os estudos e a compreensão sobre os mecanismos da atenção, ou seja, excelente material para prova ou concurso.

Psicóloga Ione Barbosa da Cruz CRP-SP 06/87819 - Pós Graduação em Psicopedagogia - FMU/SP, Graduação em Psicologia pela Unicsul - Univesidade Cruzeiro do Sul. Especialização em Terapia Comportamental - Núcleo Paradigma. Psicóloga Clínica de orientação Cognitivo Comportamental. Curso de Extensão em Terapia Cognitivo Comportamental/ Técnicas pela ITC - Instituto de Terapia Cognitiva com Dr. Frank Dattilio e Membro da ABPC - Associação Brasileira de Psicoterapia Cognitiva.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • ATENÇÃO

    ATENÇÃO

  • É geralmente definida como nossa habilidade de seletivamente focar em uma coisa, ideia ou tarefa enquanto filtramos as outras distrações.

    ATENÇÃO

  • É uma qualidade da percepção que funciona como uma espécie de filtro dos estímulos ambientais, avaliando quais são os mais relevantes e dotando-os de prioridade para um processamento mais profundo.

    Também é entendida como o mecanismo que controla e regula os processos cognitivos

    A concentração e focalização são essenciais para o processo da atenção

    A atenção

  • Ou seja:

    Atenção é um processo cognitivo pelo qual a pessoa focaliza e seleciona estímulos, estabelecendo relação entre eles. A todo instante recebemos estímulos, provenientes das mais diversas fontes, porém só atendemos a alguns deles, pois não seria possível e necessário responder a todos.

  • Para que a atenção atue são necessários três fatores básicos:

    Fator fisiológico, onde depende de condições neurológicas e também da situação contextual em que o indivíduo se encontra;

    Fator motivacional: depende da forma como o estímulo se apresenta e provoca interesse;

    Fator Concentração: depende do grau de solicitação e atuação do estímulo, levando a uma melhor focalização da fonte de estímulo.

    As alterações da atenção desempenham um importante papel no processo de conhecimento. Em geral estas alterações são secundárias, decorrem de perturbações de outras funções das quais depende o funcionamento normal da atenção. A fadiga, os estados tóxicos e diversos estados patológicos determinam uma incapacidade de concentrar a atenção.

  • Vale frisar que a atenção está sempre conectada ao grau de consciência do sujeito. Por esta razão não se deve crer que ela seja uma prática mental independente. No caso de uma pessoa, por exemplo, com perturbação de sua esfera consciente, ela normalmente apresenta modificações no seu grau de atenção e manifesta uma amplificação da atenção passiva, revelando-se hipervigilante.

    Quando o sujeito está entorpecido, considera-se que ele está hipovigilante, como quando alguém está deprimido.

  • Como qualquer uma das nossas habilidades cognitivas, nossa atenção melhora com a prática.

    Desenvolver nossa atenção nos ajuda a processar mais informações eficientemente.

    Se a memória controla o balde onde nossos pensamentos são armazenados, então a atenção é a mangueira que enche o balde.

  • Teoria do Filtro:

    Broadbent (1998) definiu que os indivíduos possuem uma capacidade limitada de atenção, na qual somente os estímulos relevantes são atendidos ou processados. O sistema atencional atua como um filtro que abre para as informações a serem atendidas e fecha para as ignoradas. Assim, os estímulos não atendidos são rejeitados nos estágios iniciais do processamento das informações. Contudo, outros pesquisadores alegaram que alguns estímulos da atenção auditiva ficariam no inconsciente podendo ser acessado em um determinado momento, ou seja, não seria totalmente excluídos.

  • O DESENVOLVIMENTO DO PROCESSO DE ATENÇÃO

    PROCESSOS AUTOMÁTICOS:

    Não requer controle ativo pelo sujeito, pode ocorrer a outros processos

  • A atenção involuntária é aquela que se impõe por si mesma ao sujeito. Ela não é fruto de nenhum ato de vontade ao contrário, resulta passivamente das preocupações dominantes do momento.
    Não depende de nosso esforço. É aquela atenção que aplicamos as coisas que acontecem sem a interferência da nossa vontade.
    É suscitada pelas características dos estímulos, ou seja, ocorre diante de eventos inesperados no ambiente e o indivíduo não é agente de escolha da sua atenção.

    Algumas características dos estímulos que "chamam" nossa atenção são: intensidade, tamanho, cor, novidade, movimento, incongruência e a repetição. É um tipo de atenção mediada por processamento automático das informações e não requer controle consciente do indivíduo e funcionar para diferentes atividades. Este tipo de atenção está intimamente ligado à reação de orientação na qual o indivíduo movimenta os olhos e a cabeça em direção ao estímulo de modo a permitir condições de processamento.

  • A atenção voluntária envolve a seleção ativa e deliberada do indivíduo em uma determinada atividade, ou seja, está diretamente ligada às motivações, interesses e expectativas. Ela é mediada pelo processamento controlado das informações, no qual os efeitos facilitadores da tarefa desempenhada são acompanhados pelos efeitos inibidores sobre as atividades concorrentes. Desse modo, se atentamos a uma modalidade (exemplo: leitura), outras modalidades podem ficar inibidas exemplo: insensíveis aos sons que chegam.
    Isto é, para que o ser humano possa escolher os elementos que tem relevância para o desenvolvimento de suas atividades, é necessário que tenha acontecido a apropriação dos significados, e esta, por sua vez, acontece através da interação com o meio e com a cultura.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...
Autorizo o recebimento de novidades e promoções no meu email.

  • ATENÇÃO