Curso Online de O ESTRESSE OU STRESS  NOSSO DE CADA DIA

Curso Online de O ESTRESSE OU STRESS NOSSO DE CADA DIA

O estresse ou stress, é um dos males que muitos de nós sofremos pelas tarefas e multidões de funções que exercemos nesse século ...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 10 horas

De: R$ 40,00 Por: R$ 23,00
(Pagamento único)

Mais de 5 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O estresse ou stress, é um dos males que muitos de nós sofremos pelas tarefas e multidões de funções que exercemos nesse século dos apressados, correndo contra o tempo.
Este é um dos sintomas que desencadeiam outros problemas de saúde tais como depressão, transtornos de ansiedade, pânico ,fobias, problemas orgânicos como hipertensão, dores musculares, problemas de coluna, AVC, colesterol alto, diabetes ,transtornos alimentares e outros.
Uma torturante dor nas costas ou um diálogo tenso com o chefe ou até mesmoconflitos familiares e estar preso no engarrafamento com buzinas e motoristas impacientes buzinando e xingando, nos deixam com os nervos à flor a da pele, não é verdade? Contas para pagar, relacionamentos afetivos e sociais, falta de tempo e outros fatores que enfrentamos no nosso dia a dia.
Portanto, queremos trazer com este curso , manejos de tratamento, como se conhecer em estado de estresse, como prevenir e os cuidados específicos para que nós, seres humanos , tenhamos uma vida mais saudável e mais feliz apesar do contexto em que estamos inseridos.
Vamos trazer informações tais como: as causas do estresse, seus sintomas, prevenção , o que acontece em nosso corpo e na nossa mente que nos deixa tão irritados, impacientes e com mau humor em diversas situações . O que podemos fazer para administrar o que sentimos e evitar problemas maiores de saúde física e mental e contribuindo para um bem estar social e afetivo de qualidade para todos.
Capítulos:
1- Objetivo
2-Introdução
3- Causas do estresse
4- Reações emocionais ao estresse
5- Reações físicas ao estresse
6- Dicas para monitorar o estresse :
7- Monitorando seu progresso
8-Controlando seu estilo de vida
9- Lidando com o problema
10- Faça anotações
11- Sintomas emocionais
12- Como surge o stress e sua reação no cérebro
13-Os Hormônios estressores
14-Indicadores do estresse
15-Homeostasia
16- Mudanças comportamentais e fisiológicas
17-Consequências do estresse:
* Efeitos cardiovasculares
*O stress e as perturbações gastrointestinais
18- O lado positivo do estresse: Eustress e Distress
19- Controlar o estresse
20-Stress e nutrição
21- Stress nas crianças
22- Stress nos estudantes
23- stress ocupacional
24- Stress nos Docentes ( Relação professor x aluno)
*Alguns problemas que envolvem a profissão docente.
*Fatores que favorecem o aparecimento do stress nos docentes.
25- Como tratar o estresse:
26- Mudança de pensamentos
Considerações finais
Referências Bibliográficas
Agradecimentos

Psicóloga Clínica Graduada pela Fumec/MG com experiência em atendimentos clínicos em consultório há 8 anos (Atendimentos para jovens, adultos e idosos), Clínica da Faculdade de Ciências Médicas com Dr. Paulo César Pinho Ribeiro( Pediatra) e Dra. Marília Makarooun (Psiquiatra)na Clínica de Saúde Mental de Adolescentes da Fundação Libanesa/MG por 5 anos consecutivos. Cursos de formação em Psicanálise, experiência em CTI,UTIP, PA em Hospital Geral,Hospital Socor e Mater Dei ( Coordenadora Marisa Decat e Simone Borges) e supervisão de Júnia Antônia Souza Lima).Cursos de Psicanálise e Hospital. Curso abordagem psicológica sobre a dor crônica com Dra.Magna Rosane. Cursos de Neuropsiquiatria em atendimentos adultos e idosos.Curso de Atenção Mindfulness. Curso de Psicossomática, Curso em Psicologia Clínica, e tratamento de Ansiedade e afins. Atualizando constantemente em cursos e pós-graduações. Atendimentos em Consultório particular e atendimentos online dentro das normas de resoluções do Conselho Federal de Psicologia.Escreve artigos para Psiconlinews.Escreve artigos para Psicologia Viva Startup e atende pacientes presencial no consultório e online na Plataforma da Psicologia Viva.Professora graduada em Língua Inglesa pela FALE/UFMG em 2000 desde então professora atuante em escolas , Colégios e cursos de idiomas, aulas particulares e também aulas online.Deus, Amor, compromisso e dedicação são os meus pilares na vida e profissão.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • O estresse ou stress nosso de cada dia !

    O estresse ou stress nosso de cada dia !

  • Capítulos:

    1- Objetivo
    2-Introdução
    3- Causas do estresse
    4- Reações emocionais ao estresse
    5- Reações físicas ao estresse
    6- Dicas para monitorar o estresse :
    7- Monitorando seu progresso
    8-Controlando seu estilo de vida
    9- Lidando com o problema
    10- Faça anotações
    11- Sintomas emocionais
    12- Como surge o stress e sua reação no cérebro
    13-Os Hormônios estressores
    14-Indicadores do estresse
    15-Homeostasia
    16- Mudanças comportamentais e fisiológicas

  • 17-Consequências do estresse:
    Efeitos cardiovasculares
    O stress e as perturbações gastrointestinais
    18- O lado positivo do estresse: Eustress e Distress
    19- Controlar o estresse
    20-Stress e nutrição
    21- Stress nas crianças
    22- Stress nos estudantes
    23- stress ocupacional
    24- Stress nos Docentes ( Relação professor x aluno)
    Alguns problemas que envolvem a profissão docente.
    Fatores que favorecem o aparecimento do stress nos docentes.
    25- Como tratar o estresse:
    26- Mudança de pensamentos
    Considerações finais
    Referências Bibliográficas
    Agradecimentos

  • 1-Objetivo :
    O estresse é um dos sintomas que desencadeiam outros problemas de saúde tais como depressão, transtornos de ansiedade, pânico ,fobias, problemas orgânicos como hipertensão, dores musculares, problemas de coluna, AVC, colesterol alto, diabetes ,transtornos alimentares e outros.
    Uma torturante dor nas costas ou um diálogo tenso com o chefe ou até mesmo conflitos familiares e estar preso no engarrafamento com buzinas e motoristas impacientes buzinando e xingando, nos deixam com os nervos à flor a da pele, não é verdade? Contas para pagar, relacionamentos afetivos e sociais, falta de tempo e outros fatores que enfrentamos no nosso dia a dia.
    Portanto, queremos trazer com este curso , manejos de tratamento, como se conhecer em estado de estresse, como prevenir e os cuidados específicos para que nós, seres humanos , tenhamos uma vida mais saudável e mais feliz apesar do contexto em que estamos inseridos.

  • Vamos trazer informações tais como: as causas do estresse, seus sintomas, prevenção , o que acontece em nosso corpo e na nossa mente que nos deixa tão irritados, impacientes e com mau humor em diversas situações . O que podemos fazer para administrar o que sentimos e evitar problemas maiores de saúde física e mental e contribuindo para um bem estar social e afetivo de qualidade para todos.

  • 2-Introdução:

    Uma pesquisa realizada pelo Departamento de Saúde e Segurança da Inglaterra constatava uma estatística de que meio milhão de britânicos sofrem de doenças relacionadas ao stress no trabalho, e esta não é uma estimativa provável.
    O alerta da Organização Mundial da Saúde – OMS – prevendo que a depressão se transforma no maior gatilho para a morte e incapacitação nos próximos anos, associando-se a infarto e acidente vascular cerebral. “Nos Estados Unidos 80% das faculdades de Medicina incluem a cadeira opcional ‘Espiritualidade e Saúde’ formalmente no currículo, contra apenas três no Brasil”, explica o cardiologista Álvaro Avezum, que preside o GEMCA – Grupo de Estudos em Espiritualidade e Medicina Cardiovascular da SBC. O grupo da Sociedade Brasileira de Cardiologia se propõe a conduzir pesquisas epidemiológicas e clínicas para avaliar cientificamente espiritualidade e doença cardiovascular.

  • Álvaro Avezum mostra que nas últimas décadas mudou o perfil da mortalidade no mundo inteiro. Vencidas as doenças infecciosas, que causavam grande mortalidade principalmente na infância, os fatores de risco como obesidade, diabetes, colesterol alto e hipertensão fizeram com que a doença isquêmica do coração e os AVC (derrames) assumissem a liderança como causa de morte. “Nos anos recentes a Medicina tem conseguido importantes vitórias graças à prevenção, principalmente”, lembra.
    “A Organização Mundial da Saúde alerta que a partir de 2030 devemos esperar a depressão e o estresse como principal causa de óbito”, diz ele, “evidentemente não a depressão sozinha, mas com alguma comorbidade ou como fator preditor provável do infarto e do derrame”. E é nesse contexto, diz o médico, que a espiritualidade, os sentimentos associados à solidariedade, uma melhor qualidade de vida decorrente da maior tranquilidade e do combate à ansiedade são importantes.

  • A Medicina reconhece que a espiritualidade é um fator positivo, e Avezum insiste que com isso não quer dizer religiosidade, tanto que no grupo há cardiologistas de diferentes afiliações religiosas, ateus e agnósticos, todos empenhados em buscar comprovações científicas de como a espiritualidade age.
    O médico antecipa que chegará um dia no qual, da mesma forma que hoje um cardiologista recomenda que o paciente pare de fumar, vai dizer ao paciente “que precisa conviver com sentimentos positivos, ter uma vida mais ‘light’, menos agitada e ansiosa, pautada em solidariedade, cuidando da espiritualidade e assim poderá apaziguar-se para obter uma melhor qualidade de vida e ter menos chance de ter uma doença cardiovascular”.

  • Não é à toa que, em alguns momentos, surge aquela desconfortável sensação que incomoda e domina completamente nossas mentes, aqueles pensamentos ruins que nos dominam e limitam a nossa atenção à esfera das preocupações imediatas e causa diversas alterações em nosso organismo, sem no entanto percebemos .
    Neste momento, é importante estarmos alerta : pois os sistemas de alarme do cérebro ativam a secreção de hormônios que nos prepara para lutarmos ou fugirmos . Entre os efeitos dessas substâncias estão o aumento da pressão arterial e a aceleração do ritmo cardíaco e da respiração. E em meio a todo esse turbilhão de efeitos, logo é comprometida nossa capacidade de raciocinar , aprender e refletir sobre as coisas ao nosso redor, nossa memoria falha e até nossa expressão costuma ficar afetada.
    Chegamos a conclusão então, de que o cérebro está em colapso.

  • Isto tudo por culpa do estresse. Embora o diagnóstico pareça bem simples, os efeitos desse estado de estresse têm consequências fortes para nossa mente. Estudos mostram que , em certas situações , a pressão psicológica pode até aumentar nossa capacidade de lembrar , mas precisamente dos fatos que precisaríamos recordar naquele momento.
    Há pessoas que muitas vezes relatam dificuldade para recordar informações na hora de uma conversa com alguém, no trabalho, na escola, na hora de uma prova e recalcam esse sentimento de frustração e de vergonha pelo o que a situação lhes causou. Vivências como esta , lhes trazem uma grande e forte carga emocional negativa ou às vezes positiva, que permanecem fixas na memória.

  • Vamos lembrar de algumas experiências vívidas do ano que se passou , por exemplo. Logo, você vai me dizer que essas foram marcadas por realizações, alegrias, vitórias e ou por dor, estresse , angústia e tristeza.
    Recentemente nós, psicólogos e outros estudiosos e especialistas da saúde, chegamos a uma conclusão pelas pesquisas e segundo a fala dos pacientes que as consequências do estresse dependem de sua duração e do momento de sua ocorrência: os detalhes fazem grande diferença , a forma que cada um interpreta os fatos que ocorrem no seu dia a dia , pode determinar se o estresse melhora ou prejudica a memorização e aprendizado.
    Podemos ressaltar que uma vez que o estímulo à memória só funciona por um curto prazo de tempo, então quando a janela é ultrapassada, o estresse é sempre nocivo. O entendimento das distinções entre diferentes respostas fisiológicas pode levar a novos tratamentos capazes de atenuar ou mesmo reverter os impactos debilitantes do estresse sobre a memória e o aprendizado.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 23,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • O estresse ou stress nosso de cada dia !