Curso Online de Monte seu Tele entrega de Pizza em casa

Curso Online de Monte seu Tele entrega de Pizza em casa

Milhares de pessoas tem aberto um tele entrega a partir de suas casas . Monte seu Delivery de Pizzas e ganhe muito dinheiro com seu própr...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 12 horas

Por: R$ 69,00
(Pagamento único)

Certificado digital Com certificado digital incluído

Milhares de pessoas tem aberto um tele entrega a partir de suas casas . Monte seu Delivery de Pizzas e ganhe muito dinheiro com seu próprio negócio!

Web designer formada em ciência da computação, professora e Artesa.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
  • Tele entrega
    Pizza em casa

    Tele entrega
    Pizza em casa

  • Atualmente a correria diária das grandes cidades, aliada a certa dose de comodidade, tem
    alterado os hábitos das famílias que procuram cada vez mais os serviços de fast foods e
    entregas á domicílio. Porém, a forte concorrência e a variedade de produtos deste segmento
    vêm aumentando a cada dia, o que obriga as organizações a investirem em produtos
    diferenciados, de qualidade e rapidez no atendimento com o objetivo de satisfazerem os seus
    consumidores. Este estudo tem por objetivo geral ensinar o serviço de tele-entregas, potencializar suas ações de
    mercado com o objetivo de se tornar mais competitiva. Para tal, foram demarcados os
    seguintes objetivos específicos: avaliar o mix de produtos e serviços oferecidos pela empresa;
    identificar os concorrentes estabelecidos no mesmo mercado em que a empresa desempenha
    suas atividades; avaliar o histórico de faturamento da empresa; identificar junto aos clientes
    atuais da Pizzaria, quais são as suas expectativas em relação aos serviços e
    produtos oferecidos de casa que trabalham com o disk pizza. A presente pesquisa é
    predominantemente qualitativa, adotando o sistema de aporte qualitativo delimitando a
    população e grupo de indivíduos identificados como clientes do serviço de tele-entrega

  • História
    A história da pizza começou com os egípcios.[3] Acredita-se que eles foram os primeiros a misturar farinha com água. Outros afirmam que os primeiros foram os gregos, que faziam massas a base de farinha de trigo, arroz ou grão-de-bico e as assavam em tijolos quentes. A novidade foi parar na Etrúria, na Itália.

    Ao contrário do conhecimento popular e do fato ser considerada tipicamente italiana, os babilônios, hebreus e egípcios já misturavam o trigo e amido e a água para assar em fornos rústicos há mais de 5 000 anos. A massa era chamada de "pão de abraão", era muito parecida com os pães árabes atuais e recebia o nome de piscea.

    Os fenícios, três séculos antes de Cristo, costumavam acrescentar coberturas de carne e cebola ao pão; os turcos muçulmanos adotavam esse costume durante a Idade Média e, por causa das cruzadas, essa prática chegou à Itália pelo porto de Nápoles, sendo, em seguida, incrementada, dando origem à pizza que conhecemos hoje.

    No início de sua existência, somente as ervas regionais e o azeite de oliva, comuns no cotidiano da região, eram os ingredientes típicos da pizza. Os italianos foram os que acrescentaram o tomate, descoberto na América e levado à Europa pelos conquistadores espanhóis. Porém, nessa época, a pizza ainda não tinha a sua forma característica, redonda, como a conhecemos hoje, mas sim dobrada ao meio, feito um sanduíche ou um calzone.

  • A pizza era um alimento de pessoas humildes do sul da Itália, quando, próximo do início do primeiro milênio, surgiu o termo picea, na cidade de Nápoles, considerada o berço da pizza. "Picea" indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima. Servida com ingredientes baratos, por ambulantes, a receita objetivava "matar a fome", principalmente a da parte mais pobre da população. Normalmente, a massa de pão recebia, como sua cobertura, toucinho, peixes fritos e queijo.

    A fama da receita correu o mundo e fez surgir a primeira pizzaria de que se tem notícia, a Port'Alba, ponto de encontro de artistas famosos da época tais como Alexandre Dumas, que, inclusive, citou variações de pizzas em suas obras.[carece de fontes]

    Chegou ao Brasil da mesma forma, por meio dos imigrantes italianos, e, hoje, pode ser encontrada facilmente na maioria das cidades brasileiras. Até os anos 1950, era muito mais comum ser encontrada em meio à colônia italiana, tornando-se, logo em seguida, parte da cultura deste país. Desde 1985, comemora-se o dia da pizza no dia 10 de julho

  • Introdução
    O pizzaiolo é o profissional que prepara pizzas, calzones e outras
    especialidades que vão ao forno; salgado ou doce. É a pessoa
    responsável por preparar as massas, recheios, temperos e
    aperitivos de uma pizzaria, restaurante, hotel ou outro
    estabelecimento alimentício que serve pizza. Um pizzaiolo também
    pode supervisionar outros pizzaiolos dentro de um estabelecimento
    grande, para que as produções sejam bem efetivadas.

  • CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS

    : um pizzaiolo, acima de tudo,
    deve identificar-se com o ramo alimentício e gostar de cozinhar. É
    necessário que conheça os ingredientes que têm em mãos e saiba
    utilizar corretamente seus instrumentos de trabalho. Além disso, o
    pizzaiolo precisa saber manter a calma na hora de maior movimento
    do local onde trabalha. Características desejáveis são boa
    disposição física (pois ficar horas na frente de um forno não é tarefa
    fácil, principalmente no verão), ter boa memória, boa vontade,
    capacidade de ouvir sugestões e críticas, dinamismo, ter afinidade
    por culinária, gosto por servir, paciência, agilidade, disponibilidade
    de tempo, perseverança e noções de estética (feeling) na hora de
    montar/apresentar a comida

    CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS

  • QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA: para ser pizzaiolo, não é
    necessário ter uma formação de curso superior específico, sabendo
    ler e escrever corretamente está ótimo. Este curso irá oferecer ao
    futuro pizzaiolo noções completas de todos os processos para se fazer uma pizza com qualidade e economia. Você também
    aprenderá noções básicas de gerenciamento, para quem quiser
    abrir sua própria pizzaria ou o pizza-delivery.

  • PRINCIPAIS ATIVIDADES DO PIZZAIOLO

    :
    - fabricar a massa das pizzas
    - pré-assar a massa das pizzas no forno
    - fabricar os temperos, recheios e coberturas que serão usados
    para 'montar a pizza'
    - arrumar os ingredientes de maneira ordenada e bonita em cima da
    massa para ser servida
    - montar, assar, fatiar e servir a pizza
    - supervisionar um estabelecimento que serve pizzas
    ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES: o pizzaiolo pode
    exercer sua atividade em pizzarias, bares, hotéis, restaurantes e
    buffets. Ele também pode trabalhar em eventos e festas promovidos
    por empresas ou famílias. Essa profissão também pode ser
    exercida como meio alternativo e também participar de concursos
    alimentícios que acontecem frequentemente no país

    PRINCIPAIS ATIVIDADES DO PIZZAIOLO

  • Segurança Alimentar

    DTA - Doenças Transmitidas por Alimentos: as DTA´s são
    doenças provocadas pelo consumo de alimentos contaminados,
    que ocorre quando micróbios ou bactérias prejudiciais à saúde,
    parasitas ou substâncias tóxicas estão presentes no alimento.
    Os sintomas mais comuns de DTA´s são vômitos e diarreias,
    podendo também apresentar dores abdominais, dor de cabeça,
    febre, alteração da visão, olhos inchados, dentre outros.
    Para adultos sadios, a maioria das DTA dura poucos dias e não
    deixa sequelas; para as crianças, as grávidas, os idosos e as
    pessoas doentes (ou com imunidade baixa), as consequências
    podem ser mais graves, podendo inclusive levar à morte.

    Segurança Alimentar

  • A contaminação, que normalmente ocorre por parasitas, substâncias tóxicas e micróbios prejudiciais à saúde, entram em contato com o alimento durante a manipulação. A maioria das DTA´s está associada à contaminação de alimentos por micróbios prejudiciais à saúde. Contaminação por parasitas: ameba, giárdia e vermes podem estar presentes no solo, na água e no intestino dos homens e dos animais, podendo então contaminar os alimentos e causar doenças. Contaminação por micróbios: se não forem tomados alguns cuidados, os micróbios que contaminam o alimento podem se multiplicar rapidamente e causar doenças. Vale lembrar que medidas simples, como lavar as mãos, conservar os alimentos em temperaturas adequadas e o cozimento correto, evita ou controla a contaminação dos alimentos. Essas medidas simples fazem parte das boas práticas numa cozinha. O que são micróbios: são organismos vivos tão pequenos que só podem ser vistos em um microscópio. Também são conhecidos por microrganismos

  • Condições em que se multiplicam os micróbios: eles se multiplicam nos alimentos quando encontram condições ideais de nutrientes, umidade e temperatura. Quando encontram condições ideais, os micróbios se multiplicam rapidamente. Como são prejudiciais à saúde, podem se multiplicar em temperaturas entre 5ºC a 60ºC (a chamada zona de perigo). Eles preferem temperaturas de verão ou do nosso corpo (em torno de 37ºC). A maioria dos alimentos contém umidade suficiente para a multiplicação dos micróbios. Esses alimentos devem ser conservados em temperaturas adequadas e chamados de alimentos perecíveis. Os alimentos secos (não perecíveis), não possuem umidade suficiente para a multiplicação dos micróbios, sendo conservados em temperatura ambiente. Exemplos de alimentos perecíveis: carne, leite pasteurizado, iogurte, presunto e queijo. Exemplos de alimentos não perecíveis: arroz, biscoito, farinha, sal, etc


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 69,00
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS
  • PRINCIPAIS ATIVIDADES DO PIZZAIOLO
  • Segurança Alimentar
  • Boas Práticas na Cozinha
  • Temperos e Especiarias
  • As pizzas mais consumidas no Brasil
  • Dicas Práticas
  • Abertura da Massa
  • Como Abrir a Massa de Pizza
  • Construir Relacionamento
  • O que é Delivery