Curso Online de EDUCAÇÃO INFANTIL: PROPOSTAS PEDAGÓGICAS E LUDICIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR

Curso Online de EDUCAÇÃO INFANTIL: PROPOSTAS PEDAGÓGICAS E LUDICIDADE NO ESPAÇO ESCOLAR

O curso Educação infantil: propostas pedagógicas e ludicidade no espaço escolar tem como visão o aperfeiçoamento do profissional da educa...

Continue lendo

Autor(a):

Carga horária: 100 horas

De: R$ 50,00 Por: R$ 29,90
(Pagamento único)

Mais de 30 alunos matriculados no curso.

Certificado digital Com certificado digital incluído

O curso Educação infantil: propostas pedagógicas e ludicidade no espaço escolar tem como visão o aperfeiçoamento do profissional da educação infantil na busca de um fazer docente que compreenda as múltiplas relações da criança com o mundo ao seu redor. Parte-se do princípio de que elas sentem e pensam o mundo de forma própria ao mesmo tempo em que utilizam as mais diferentes linguagens para se expressar, têm ideias e elaboram hipóteses originais sobre aquilo que observam e desejam desvendar.
Por intermédio do lúdico e respeitando as etapas da 1ª infância, preparar para o processo de alfabetização futura aprimorando a oralidade, percepção auditiva, criatividade, coordenação motora fina, associação lógica, respeito as diferenças e autoconhecimento para que se desenvolva a autonomia e confiança.

Equipe de professores especialistas, mestres e doutores nas disciplinas de administração, história, pedagogia, psicologia, sociologia, matemática, língua portuguesa,ciências biológicas, produção cultural, administração pública,engenheiros, advogados, cineastas, fotógrafos, jornalistas, profissionais e técnicos da saúde.



  • Aqui você não precisa esperar o prazo de compensação do pagamento para começar a aprender. Inicie agora mesmo e pague depois.
  • O curso é todo feito pela Internet. Assim você pode acessar de qualquer lugar, 24 horas por dia, 7 dias por semana.
  • Se não gostar do curso você tem 7 dias para solicitar (através da pagina de contato) o cancelamento ou a devolução do valor investido.*
  • Adquira certificado ou apostila impressos e receba em casa. Os certificados são impressos em papel de gramatura diferente e com marca d'água.**
* Desde que tenha acessado a no máximo 50% do material.
** Material opcional, vendido separadamente.

Modelo de certificados (imagem ilustrativa):

Frente do certificado Frente
Verso do certificado Verso
  • Práticas Pedagógicas na Educação Infantil

  • Histórico da Ed.Infantil no Brasil

  • Educação Indígena

    As crianças indígenas eram instruídas desde cedo pelos idosos
    nas aldeias;
    Desenvolviam atividades como cerâmica,confecção de colares e outros objetos artesanais.

  • Educação jesuítica

    A criança índia foi vista pelos padres como tabula rasa, papel
    branco, para quem tudo podia ser ensinado.
    as estratégias desenvolvidas com a criança índia foram o ensino da língua, o teatro, a música e rituais cristãos acoplados ao ensino mnemônico.
    Além do ensino religioso, as instruções das habilidades de ler, escrever e contar estiveram presentes nas chamadas Casas de bê-á-bá ou Confrarias dos meninos.

  • Educação dos escravos

    a criança escrava entre 6 e 12 anos já começa a fazer
    pequenas atividades como auxiliares.
    a partir dos 12 anos eram vistos como adultos tanto para o trabalho quanto para a vida sexual.
    a criança branca, aos 6 anos, era iniciada nos primeiros
    estudos de língua, gramática, matemática e boas maneiras.

  • A criança no sec. XVII

    Até o século XVII a sociedade não dava muita atenção às crianças,a mortalidade infantil alcançava níveis alarmantes, por isso a criança era vista como um ser ao qual não se podia apegar, pois a qualquer momento ela poderia deixar de existir.
    As crianças eram vistas como miniaturas dos adultos.
    a socialização da criança e a transmissão de valores e de conhecimentos não eram assegurados pelas famílias e passava a conviver com outros adultos, ajudando-os em suas tarefas. ( Áries, 1978 ).

  • A criança no sec. XVIII

    Em meados do século XVIII e ao longo do século XIX, a criança
    passou a ser o centro de interesse educativo dos adultos.
    Segundo OLIVEIRA,
    [...] a [criança] começou a ser vista como sujeito de necessidades e objeto de expectativas e cuidados situados em um período de preparação para o ingresso no mundo dos adultos, o que tornava a escola [pelo menos para os que podiam freqüentá-la] um instrumento fundamental (2005, p.62).

  • A criança no Séc. XIX

    O que fazer com a educação das crianças menores de 07 anos?
    A escola primária ficava organizada de duas formas: de 07 a 13 anos abrangia o ensino primário e de 13 a 15 o secundário. Até então a mãe, cuidava do filho e protagonizava a educação
    considerada inicial na época, mas com a lei do ventre livre e a pobreza das famílias, muitas acabavam abandonando seus bebês ou entregando-os a “Roda dos Expostos”,que perdurou até 1950.

  • O jardim de infância

    Em 1875 surge o primeiro jardim de infância particular no Brasil, fundado por Menezes Vieira no Rio de Janeiro, apesar de sua escola atender a alta aristocracia da época, Menezes defendia que os jardins de infância deveriam dar assistência às crianças negras libertas pelo ventre livre e às com pouca condição econômica.

  • Desenvolvimento Harmônico da criança
    EM 1882 Rui Barbosa fala que os jardins de infância deveriam desenvolver de forma harmônica a criança.

  • Jardim de Infância Público

    O primeiro Jardim de Infância público é datado de 1896 na
    cidade de São Paulo;
    em 1899 é fundado o IPAI-RJ (Instituto de proteção e assistência à infância do Rio de Janeiro), que mais tarde
    abriria filial por todo o
    território nacional;
    neste mesmo ano que inaugura-se uma creche vinculada à
    fabrica de Tecidos Corcovado no RJ.


Matricule-se agora mesmo Preenchendo os campos abaixo
R$ 29,90
Pagamento único
Processando... Processando...aguarde...

Desejo receber novidades e promoções no meu e-mail:


  • Práticas Pedagógicas na Educação Infantil
  • Histórico da Educação Infantil no Brasil
  • Regulamentação da Educação Infantil
  • Diretrizes Curriculares
  • Processo de revisão DCNEI
  • Perspectivas da atualização das Diretrizes Nacionais Curriculares para a Educação Infantil
  • Organização das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil
  • O brincar na pré-escola
  • Brincar,cuidar e educar
  • O brincar e a aprendizagem significativa
  • O brincar e as experiências motoras
  • O bebê e a interação social
  • O brincar
  • A brincadeira de faz de conta
  • O cuidar
  • O processo de construção de conceitos
  • A organização do espaço
  • Momentos da rotina
  • Os cartazes e sua eficácia
  • Sugestões de cartazes fixos
  • A criança e a arte
  • Teoria x práticas
  • Etapas da Comunicação Infantil
  • Comunicação não-verbal
  • Comunicação pré-verbal
  • Comunicação verbal
  • A formação do educador infantil
  • O perfil do educador infantil
  • Administrar a progressão das aprendizagens
  • As fases do desenvolvimento infantil
  • Atividades práticas
  • Critérios para atendimento em creches
  • Estimulação da coordenação motora
  • Desenvolver o equilíbrio
  • Desenvolver a coordenação visomotora
  • Estimulação da área socioafetiva
  • Desenvolver a identidade pessoal
  • Ampliar o círculo de relações sociais
  • Aprender noções de regras de convivência
  • Desenvolver o autoconhecimento
  • Promover a autonomia
  • Estimular a linguagem
  • Estimular a oralidade
  • Ampliar o vocabulário
  • Comunicar suas necessidades
  • Identidade e autonomia
  • Estimulando a Autonomia
  • Estimulando o movimento
  • Estimulando a musicalidade
  • Estimulação da Percepção
  • Estimulando a linguagem
  • Estimulando o conhecimento
  • Estimulando a aprendizagem matemática
  • Desenvolvimento da linguagem oral e escrita
  • Desenvolvimento das noções lógico matemáticas
  • Desenvolvimento nas artes visuais e música
  • Atividades para estimular a linguagem
  • Brincando com a memória
  • Brincando com seqüências numéricas
  • Aprendendo o alfabeto
  • Psicomotricidade
  • Recursos didáticos
  • Utilidade do material educativo
  • O espaço e a criança
  • O contexto sociocultural e a aprendizagem significativa
  • Simbolização e socialização
  • Trabalhando o EU Histórico
  • Ludicidade
  • Concepção de infância
  • Os desafios da Educação Infantil
  • Políticas Educacionais Atuais
  • Avaliação na educação infantil